Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Guia melhores eventos gratuitos da semana em São Paulo: 02 a 07.04

Quem escreveu

Tava Passando

Data

02 de April, 2019

Share

Apresentado por

São Paulo é assim: não tem desculpa e não tem descanso!

Da reinauguração do Boteco Pratododia a festa de trance na rua. De música brasileira no rooftop a show de rap. De banda nova de reggae a jazz misturado com blues. De O Poderoso Chefão a festival de circo. De dança a documentários. De Tarsila do Amaral a Lina BoBardi. De curso de samples a workshops saudáveis. De história em quadrinhos a arquitetura para cachorros. E tudo de graça!

Festas

DJ Julião Pimenta / Foto: divulgação
DJ Julião Pimenta / Foto: divulgação

Nosso querido Boteco Pratododia está de volta! Depois de mais de três meses fechado para reforma, o PDD volta com força total nesta semana, para testar as suas novas instalações e com a mesma good vibe de sempre. De segunda até quarta todas as festas são com entrada gratuita e trazem nas pick-ups alguns dos DJs que têm o Pratododia como segunda casa, como Julião Pimenta (obviamente), MZK, Vivian Marques e Cláudio Costa. Na quinta  ainda dá pra entrar na faixa se colar até a meia-noite e tem o Stran Jah  e o Tamenpi debulhando o melhor da black music. Bem-vindo de volta, PDD!
Semana Pratododia All Stars. De segunda (01.04) a quinta (04.04) a partir das 19h. Gratuito (na quinta somente até 0h).
Boteco Pratododia. Rua Barra Funda, 34, Barra Funda

Lembra daquelas megamixes, aqueles apanhados de hits todos colados um no outro, muito famosos no final dos anos 90 e começo dos 2000? Nesta terça você pode relembrar a parada no Mandíbula, que recebe a festa que leva o mesmo nome dessas coletas, a Mega Mix. Mas não espere somente flahsbacks noventista pois a galera que toca mistura o passado e o presente e dezenas de estilos musicais em sets contínuos, onde você pode ouvir um Neil Young depois de um Egyptian Lover, um Pixies colado com Carly Simon ou a Nicky Minaj fazendo parzinho com o Parquet Courts. Ou seja, um sopão de hits nonstop para você dançar o que der na telha!
0800 MEGA MIX. Terça (02.04) a partir das 19h. Gratuito.
Mandíbula. Praça Dom José Gaspar, 106, Loja 40, República

O disputadíssimo DJ Nuts segue com sua residência na Fatiado, todas as quintas, para todo mundo dançar e aprender com um dos maiores conhecedores de música brasileira, soul e rap do país. Uma verdadeira aula! E no quintal e salinha sempre gostosos da Fatiado ainda tem burgers na brasa, discos de vinil à venda, chopes artesanais e gente legal.
DJ Nuts na Fatiado. Quinta (04.04) a partir das 18h. Gratuito.
Fatiado Discos e Cervejas Especiais. Avenida Professor Alfonso Bovero, 382, Perdizes

O coletivo Metanol é um dos mais atuantes na cena eletrônica paulistana e com tentáculos espalhados pelas mais diversas iniciativas. Das festas gratuitas na rua, passando pelos melhores clubes de São Paulo até seu próprio inferninho (o S/A) e suas transmissões radiofônicas on-line, a Metanol é um celeiro de DJs e produtores que fazem o rolê com muito amor e vontade. Juntando dois destes projetos – festa na rua e transmissão on-line, o coletivo se apresenta no Quartinho, anexo da Void Centro, com um lineup que inclui seu sócio-fundador Akin e mais os convidados Kinkid, otimokarater e o paraguaio P. Lopez.
Metanol Radio Show. Sexta (05.04) a partir das 16h. Gratuito.
Void Centro. Rua Dom José de Barros, 297, Centro

O trance, como o próprio nome denuncia, é um estilo de música eletrônica com o principal objetivo de fazer você entrar entrar em transe, embarcar no vórtex musical e deixar seu corpo ser levado pela batida e pelas tonalidades espaciais. Muito popular por aqui no passado, o estilo ainda arrasta uma galera enorme e tem uma cena sólida, como prova o trampo do coletivo Trance de Rua, que continua apostando no trance como pilar central de suas festas (porém abrindo espaço de vez em quando para o techno e house music). As festas normalmente são feitas na rua, mas nessa edição eles tomam conta de um galpão pertinho do Metro São Bento e já avisam no texto do evento: “Preparem-se para um lineup de primeira e uma decoração flúor que vai transformar nosso galpão em um portal de cores e música!”
Trance de Rua. Sábado (06.04) a partir das 20h. Gratuito.
Rua Líbero Badaró, 605, Centro

Para quem gosta de dançar ao som da riquíssima música brasileira, a dica é chegar cedo no Tokyo neste domingo e aproveitar os sets 100% brazucas da festa Tu Vens, especialista em hits que vão de Tim Maia à Mundo Livre S/A, de Ney Matogrosso a Bezerra da Silva. De quebra, você ainda tem show ao vivo da banda Quarteto São Jorge, com um repertório recheado de brasilidades, o famoso karaokê do Tokyo e o restaurante cheio de delícias. E se o tempo ajudar (estamos torcendo!), você ainda confere um pôr do sol no meio do centrão da cidade!
Tu Vens no Rooftop! Domingo (07.04) a partir das 16h. Gratuito das 16h às 19h, após de R$ 25 a R$ 90.
Tokyo. Rua Major Sertório, 110, República

Shows

Slim Rimografia / Foto: divulgação
Slim Rimografia / Foto: divulgação

O rapper Slim Rimografia tem um currículo tão extenso e completo que abrange os quatro elementos do hip-hop. Ele já foi bboy, grafiteiro, tem uma carreira sólida como MC e de vez em quando até ataca de DJ. O cara tem parcerias com nomes de peso do rap brasileiro como Síntese, Criolo, Emicida, Lay e Tássia Reis, já dirigiu clipes e é um dos principais nomes do freestyle no país. Com esse cartão de visita tão invejável, Rimografia se apresenta de graça no CCJ nesta quinta (04), criando “rimas e batidas ao vivo, improvisando sobre baterias eletrônicas, beatbox e instrumentos acústicos”.
Slim Rimografia. Quinta (04.04) às 20h30. Gratuito.
Centro Cultural da Juventude – CCJ. Avenida Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha

A big band Orquestra Furiosa, formada por 37 integrantes, se apresenta no foyer do Auditório Ibirapuera com regência de Debora Gurgel. O trabalho da banda apresenta nuances de regional de choro, percussão sinfônica e banda de coreto. No repertório, composições de nomes como Antonio Carlos Jobim, Chico Buarque, Milton Nascimento, Fernando Brant, Dorival Caymmi e Paulinho da Viola.
Música no Foyer com Orquestra Furiosa. Sexta-feira (05.04), às 15h. Duração 70 minutos. Gratuito.
Auditório Ibirapuera. Av. Pedro Alvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque do Ibirapuera

O Dia das Boas Ações, neste sábado no Parque do Ibirapuera, tem projetos de sustentabilidade, oficina de percussão corporal, sarau, partidas de tênis, circo e teatro. Mas a grande atração vai se apresentar no palco central, em uma grande celebração do Ilú Obá de Min!
Ilú Obá de Min. Sábado (06.04) a partir das 9h. Gratuito.
Parque do Ibirapuera. Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, Ibirapuera

Little Joe McLerran é um cantor e guitarrista que começou cedo: aos 9 anos de idade ele já se apresentava profissionalmente. Flávio Guimarães é gaitista e cantor, um dos pioneiros do blues no Brasil e fundador da lendária Blues Etílicos. Os dois se apresentam juntos neste sábado (06) no Sesc Santana, propondo um encontro do ragtime jazz com o country & blues, num estilo chamado Piedmont Blues, que é pouco conhecido por aqui. Aproveitando a fase em que o jazz anda na moda por aqui, é um show no mínimo curioso e instigante.
Little Joe McLerran (USA) e Flávio Guimarães. Sábado (06.04) às 19h. Gratuito.
Sesc Santana. Avenida Luiz Dumont Villares, 579, Jardim São Paulo

Até que enfim a nova geração da música reguêra está aparecendo, com nomes como Maneva, Mato Seco, Ambulantes e o Veja Luz, que faz show na faixa no Centro Cultural da Juventude, neste sábado (06). O ritmo jamaicano sempre foi sucesso por aqui, mas uma entressafra de bandas baixou um pouco a bola do movimento e o surgimento de novos representantes do reggae tocado ao vivo rareou. Porém, de uns 7 anos pra cá, uma nova cena se formou e está cada vez mais aumentando sua base de fãs. O Veja Luz é um dos principais responsáveis por esta retomada, mesclando soul e uma pitadinha de música brasileira no seu caldeirão de referências vindas da Jamaica. Confira o resultado desta química ao vivo, é muito divertido!
Veja Luz. Sábado (06.04) às 20h. Gratuito.
Centro Cultural da Juventude – CCJ. Avenida Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha

Na sua décima terceira edição, o Festival Órbita ocupa novamente a Casa das Caldeiras com uma programação enorme e variada. Tem discotecagens da Ju Mineira, Coletivo Cesta e Vinil Pompeia numa das pistas, as irmãs Expensive $H1T no quintal, shows da Katú Mirim e da sensação Edgar, além de video-performances, bazar, espaço infantil e oficinas. Pra passar o dia inteiro na festa e, melhor ainda, entrar na faixa!
Festival Órbita. Domingo (07.04) A partir das 15h. Gratuito.
Casa das Caldeiras. Avenida Francisco Matarazzo, 2000, Água Branca

Cinema, teatro e dança

O Poderoso Chefão / Foto: divulgação
O Poderoso Chefão / Foto: divulgação

Celebrando o aniversário de 80 anos do cineasta Francis Ford Coppola, o MIS organiza uma retrospectiva com seus principais filmes, incluindo a clássica trilogia “O Poderoso Chefão”. Já pensou ver esses clássicos na telona? Ainda tem “Apocalypse Now”, “O selvagem da motocicleta” e outros.
Mostra Coppola 80 Anos. Terça (02.04) a sábado (06.04), várias sessões. Gratuito.
MIS SP. Avenida Europa, 158, Jardim Europa

A Filme Livre é uma mostra de longas, médias e curtas-metragens independentes brasileiros, vindos de todos os cantos do país, com todas as sessões gratuitas. E, além delas, há várias atividades como debates, cursos e oficinas.
18ª Mostra do Filme Livre. Até 22.04, várias sessões. Gratuito.
CCBB São Paulo. Rua Álvares Penteado, 112, Centro

Toda terça de abril vai ter homenagem a Oscarito no Sesc Santana, e essa primeira edição exibe o filme “Barnabé, Tu és Meu” de 1951, dirigido por José Carlos Burle.
“Pintando o Sete: A Comédia de Oscarito”. Toda terça de abril às 20h. Gratuito.
Sesc Santana. Avenida Luiz Dumont Villares, 579, Santana

Em paralelo ao festival É Tudo Verdade, o Itaú Cultural exibe, às terças-feiras, cinco filmes vencedores. Nesta terça tem o primeiro documentário sobre a vida e a carreira de José Mojica Marins, um dos maiores cineastas independentes do Brasil.
Maldito – O Estranho Mundo de José Mojica Marins. Terça (02.04) às 19h. Gratuito.
Itaú Cultural. Avenida Paulista, 149, Paraíso

Uma Cidade do Circo foi montada no Centro Esportivo Tietê esta semana, e traz artistas de várias partes do mundo em apresentações de mágica, malabarismos, contorcionismos, acrobacias, palhaçadas e muito mais. Para levar a família inteira!
Festival Internacional de Circo. De quarta (03.04) a domingo (07.04), várias sessões. Gratuito.
Centro Esportivo Tietê. Avenida Santos Dumont, 843, Luz

O incrível festival de documentários É Tudo Verdade, que sempre traz as melhores histórias reais do mundo há 24 edições, está de volta! Ele rola até a próxima semana, em 4 cinemas da cidade, com 66 títulos e 22 em estreia mundial, entre curtas, médias e longas, filmes brasileiros, latinos e estrangeiros e retrospectivas. Tudo de graça e tudo imperdível!
É Tudo Verdade. A partir de quinta (04.04) até domingo (14.04), várias sessões. Gratuito.
CCSP. Rua Vergueiro, 1000, Paraíso
IMS Paulista. IMS Paulista. Avenida Paulista, 2424, Consolação
Itaú Cultural. Avenida Paulista, 149, Paraíso
Sesc 24 de Maio. Rua 24 de Maio, 109, República

Com direção de Yara de Novaes e Carlos Gradim, a peça do grupo Barracão Cultural conta a história de três irmãos que se encontram para organizar a festa de bodas dos pais.
“Entre”. Quinta (04.04) a sábado (06.04) às 20h, domingo (07.04) às 19h. Gratuito.
Itaú Cultural. Avenida Paulista, 149, Paraíso

O festival Visões Urbanas é um encontro artístico tendo a dança e a cidade como focos principais de sua programação – e tem espetáculos, performances, intervenções, oficinas , exposição, mostra de videodança de artistas do Brasil, Bélgica, Itália, EUA e Ucrânia.
12º VisõeS UrbanaS – Festival internacional de dança. De sexta (05.04) a 19.04, várias sessões. Gratuito.
Vários endereços da cidade

O espetáculo mistura tragédia grega com história do Brasil: um poema cênico no qual Medea, uma mulher negra escravizada em Ouro Preto, narra o sacrifício de seu filho Age, como uma releitura do clássico Medeia de Eurípedes.
Medea Mina Jeje. Sexta (05.04) às 20h. Gratuito.
Espaço Cultural Tendal da Lapa. Rua Constança, 72, Lapa

Como parte da exposição “Taswir – a fotografia árabe contemporânea” do Tomie Ohtake, esta mostra de filmes traz produções de diferentes nacionalidades buscando retratar a realidade política, social e cultural dos países que integram o mundo árabe. São só dois dias mas parece bem legal!
Mostra de Filmes Mundo Árabe Contemporâneo. Sábado (06.04) e domingo (07.04), várias sessões. Gratuito.
Instituto Tomie Ohtake. Rua Coropés, 88, Pinheiros

A sessão do MIS traz o clássico do expressionismo alemão Metrópolis (1927) de Fritz Lang. Após a sessão, o público debate com a historiadora Laura Trachtenberg Hauser as questões centrais do longa.
CineCiência “Metrópolis”. Domingo (07.04) às 16h. Gratuito.
MIS SP. Avenida Europa, 158, Jardim Europa

Exposições e passeios

Abaporu de Tarsila do Amaral / Foto: divulgação
Abaporu de Tarsila do Amaral / Foto: divulgação

O Paço das Artes inaugura, simultaneamente, duas exposições da Temporada de Projetos 2019: “Sussurra para que eu escute”, de Manuel Carvalho, e “O professor deverá ser o último a se retirar, mesmo nos dias de chuva”, de Bruno Novaes.
Bruno Novaes e Manuel Carvalho. A partir de terça (02.04) às 19h, até 09.06. Gratuito.
Paço das Artes. Avenida Europa, 158, Jardim Europa

A mostra reúne 22 imagens das séries Luz Negra (2013), Tranças (2016) e a inédita Ventos da África (2019), todas inspiradas nas culturas africanas e seus símbolos de resistência e preservação de tradições ancestrais, e de como se mantiveram no Brasil.
Roberio Braga, “Ventos, luzes e tranças”. A partir de terça (02.04). Gratuito.
Rua Joaquim Antunes, 177, cj. 12, Jardim Paulistano

A exposição sobre o fotolivro “Amazônia”, de Claudia Andujar e George Love é um desdobramento da exposição “Claudia Andujar: a luta Yanomami” que achou há pouco tempo no IMS, e apresenta anotações e comentários do curador Thyago Nogueira ao lado de reproduções das páginas do fotolivro.
“Amazônia”, de Claudia Andujar e George Love. Até 16.06. Terças a domingos, das 10h às 20h (quinta até 22h). Gratuito.
IMS Paulista. Avenida Paulista, 2424, Consolação

A exposição Noturno apresenta uma instalação com trabalhos inéditos e propõe uma reflexão sobre a obra gráfica da artista traçada mais especificamente a partir de 1998, onde participou da 24ª Bienal Internacional de São Paulo.
Sandra Cinto: Noturno. Até 18.05. Gratuito.
casa triângulo. Rua Estados Unidos, 1324, Jardim América

A mostra coletiva conta com trabalhos de vários artistas renomados da geração de 70: Neide Sá, Falves Silva, Edgar Antonio Vigo, Cildo Meireles, Waltercio Caldas, Vera Chaves Barcellos, Paulo Bruscky, Jota Medeiros, Regina Silveira, Lotus Lobo, Anna Bella Geiger, incluindo a importante obra “Identidade do Artista” de Angelo de Aquino, entre outros.
Novos Meios e Conceitualismo nos Anos 70. A partir de terça (02.04). De terça a sexta das 10h às 19h, sábados das 11h às 17h. Gratuito.
Galeria Superfície. Rua Oscar Freire, 240, Jardim Paulista

O MASP continua o seu ano dedicado a mulheres trazendo de volta ninguém menos que Tarsila do Amaral! A obra de uma das maiores artistas (senão a maior) do país volta a ser exibida, com cerca de 120 trabalhos que enfatizam seus personagens, temas e narrativas – inclusive o Abaporu que não era exposto por aqui há anos. Ao mesmo tempo o MASP traz dezoito obras do Museum of Contemporary Art Chicago (MCA), a expo Lina Bo Bardi: Habitat e o vídeo ‘Minha branquinha’ [Me broni ba] de Akosua Adoma Owusu.
Tarsila: Popular + 3 novidades no MASP. A partir de quinta (04.04). Gratuito às terças.
MASP. Avenida Paulista, 1578, Bela Vista

Sob o tema “cidade, arte e movimento”, os artistas brasileiros Criola e Modular Dreams criaram duas instalações artísticas para ocupar a praça como parte do projeto URBE SOLO.
URBE SOLO / Criola e Modular Dreams. A partir de sábado (06.04) até 19.05. Gratuito.
Praça da Embaixada Nordestina. Rua Vila do Conde, 70, Bom Retiro

No dia 6 de abril de 2019 está prevista a assinatura das escrituras públicas dos terrenos que formam o Parque Augusta 100% público. Vamos comemorar?
A vitória Parque Augusta. Sábado (06.04) das 10h às 19h. Gratuito.
Parque Augusta. Rua Augusta, 200, Consolação

Debates, bate-papos e oficinas

Red Bull Pulso / Foto: Felipe Gabriel (Red Bull Content Pool)
Red Bull Pulso / Foto: Felipe Gabriel (Red Bull Content Pool)

Em comemoração ao Dia Mundial da Saúde, celebrado em 7 de abril, as 39 unidades do Sesc realizam durante todo o mês aulas livres, workshops, vivências, oficinas, shows, cursos, intervenções e passeios destinados a todos os públicos e idades, com foco em vida saudável.
Inspira – Ações para uma vida saudável. De terça (02.04) até 28.04, vários horários. Gratuito.
Vários SESCs da cidade

Exibição de documentário, mesa de conversa e apresentação de coro, em homenagem ao aniversário de Martin Luther King Jr.
16ª Semana Martin Luther King. Terça (02.04) das 19h às 21:30. Gratuito.
Sesc Vila Mariana. Rua Pelotas, 141, Vila Mariana

Ocupação musical com 25 artistas independentes que discutem o futuro do rap, e durante todo o mês tem palestras, workshops e shows gratuitos. Nesta semana tem papo “Qual é o futuro do rap?” e workshop “Construção de Samples e Interface de Sampler Digital”.
Red Bull Pulso. De terça (02.04) a 28.04, vários horários. Gratuito (com inscrições).
Red Bull Station. Praça da Bandeira, 137, Centro

Visita guiada à expo que apresenta, por meio do trabalho de renomados profissionais de arquitetura e design, irreverentes e conceituais casas de cachorros em um pioneiro exercício de escala que leva em conta as atuais relações da sociedade com seus bichos de estimação.
Visita Guiada Architecture for Dogs. Terça (02.04) e sexta (05.04) às 11h, 13h30, 15h e 17h30. Gratuito.
Japan House. Avenida Paulista, 52, Paraíso

Durante o workshop os participantes desenvolverão uma graphic-novel e poderão definir personagens e criar sua própria história, sempre com referência aos animais descobertos e desenhados por Humboldt.
Workshop de Graphic Novel. Terça (02.04) e quarta (03.04) às 22h. Gratuito (com inscrições).
CCSP. Rua Vergueiro, 1000, Paraíso

O curso discute, a partir de textos selecionados da crítica e da ficção, a relação entre cultura e sociedade, com questões como “O que a forma literária nos revela do processo social e do nosso lugar no mundo hoje?”.
Curso Cultura e Sociedade. Quarta (03.04) às 19h. Gratuito.
Sesc Avenida Paulista. Avenida Paulista, 119, Paraíso

O MAM e a ARTEBrasileiros promovem o debate “Sertão: experimentação e resistência”, ligado ao 36º Panorama da Arte Brasileira, com a participação da curadora Júlia Rebouças e do professor Durval Muniz de Albuquerque Jr.
Debate Sertão: experimentação e resistência. Quinta (04.04) às 18:30. Gratuito (com inscrições).
MAM. Parque do Ibirapuera, Avenida Pedro Alvares Cabral, s/nº, Parque Ibirapuera

Bate papo com a atriz, diretora teatral e criadora do Grupo Sensus de Teatro Sensorial Thereza Piffer.
Bate-Papo: Quando a vida imita a arte. Sexta (05.04) às 19h. Gratuito (com inscrições).
Sesc Consolação. Rua Doutor Vila Nova, 245, Consolação

Hugo Canuto e Marcelo D’Salete apresentam e comentam suas mais recentes produções em histórias em quadrinhos – os premiados Conto dos Orixás (2018) e Angola Janga (2017).
“Contos dos Orixás” e “Angola Janga” – Debate entre os autores. Sexta (05.04) às 19:30. Gratuito.
CCSP. Rua Vergueiro, 1000, Paraíso

Roda de conversa com Rodrigo Motta sobre os espaços para publicações e arte impressa independentes, contando a experiência do primeiro ano da Banca Curva.
Conversa: Espaços para publicações e arte impressa independentes. Sábado (06.04) das 11h às 12h. Gratuito (com inscrições).
Estação Pinacoteca. Largo General Osório, 66, Luz

Todos os fins de semana, os educadores do CCBB desenvolvem uma programação especial para integrar crianças e suas famílias em processos de experiência com a arte.
Lugar de Criação. Sábado (06.04) e domingo (07.04) das 10h às 12h e 14h às 16h. Gratuito.
CCBB. Rua Álvares Penteado, 112, Centro

O Fotroca 82 recebe o Fotógrafo Daniel Kfouri, que vai falar sobre sua trajetória e sobre o seu Livro Hi-Fi. Para participar da troca leve uma foto, de sua autoria, impressa no formato 20×30.
Fotroca 82. Domingo (07.04) das 14h às 18h. Gratuito.
Unibes Cultural. Rua Oscar Freire, 2500, Sumaré

Nesta conversa será abordada a questão do que é o tempo de uma forma pragmática à luz da ciência moderna, e discutidas suas propriedades e idiossincrasias.
Sessão Cidadã Especial (gratuita): O que é tempo?. Domingo (07.04) às 17h. Gratuito (retirar ingresso antes).
Planetário do Ibirapuera. Parque lbirapuera, Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, Portão 10, Ibirapuera

*Capa: Tarsila do Amaral, Morro da Favela,​ 1924  | Óleo sobre tela, 63,5 x 75,5 cm | Coleção particular, Rio de Janeiro | Crédito: Jaime Acioli

Quem escreveu

Tava Passando

Data

02 de April, 2019

Share

Apresentado por

Tava Passando

Tavapassando e cliquei. Danilo Cabral e Flavia Lacerda registram seu dia a dia e todos os lugares por onde estão passando, em um mini-guia de shows, restaurantes, ruas e pixos no Instagram.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.