De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

Ilhabela in Jazz 2018, escapadinha pré-eleição

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

04 de October, 2018

Share

Não aguenta mais ouvir sobre eleição? Brigou com todos os amigos no WhatsApp? Quer fugir de tudo isso? Nesse finde rola o segundo fim de semana do festival Ilhabela in Jazz: 05 e 06 de outubro. Dá pra dar uma esticadinha e ainda voltar para cidade natal exercer o direito civil!

Envolto pela atmosfera da seringueira centenária da Praça Coronel Julião, a programação gratuita vai do jazz contemporâneo à fusão com outros ritmos, como forró, flamenco e até afrobeat.

Foto: Paola Pretto

Hermeto Pascoal, o mago alagoano, encerra o festival no dia 06 de outubro, às 22h30. Airto Moreira & Grupo, percussionista (que junto com Hermeto e Eumir Deodato forma a tríplice da psicodelia jazzística brasileira) reside nos EUA e é aquele músico que o mundo venera e o Brasil pouco conhece. Oportunidade incrível de vê-lo ao vivo e de graça, na sexta-feira.

Foto: Rogério Von Kruger

O público poderá ainda prestigiar um tributo a Victor Assis Brasil, saxofonista brasileiro que foi um dos mais aclamados instrumentistas do país. E para celebrar a cultura local, todas as datas abrem com bandas locais, como Elaine Christina e Banda Benix.

Foto Victor Kobayashi

Além disso não podemos deixar de comentar que Ilhabela, por si só, com uma das turísticas mais sofisticadas do país, gastronomia premiada e pousadas ultra charmosas, é motivo de sobra para um bate e volta. Euzinha mesma estou indo para lá, e louca para aproveitar as águas limpas e respirar um pouco de Mata Atlântica.

Sexta (5/10)

18h30 – Banda local
19h30 – Tributo a Victor Assis Brasil
21h – Fabio Gouvea Quinteto
22h30 – Airton Moreira & Grupo

Sábado (6/10)

18h30 – Banda local
19h30 – Fábio Peron Trio
21h – Gabriel Grossi Quinteto
22h30 – Hermeto Pascoal Big Band

Ilhabela in Jazz

05 e 06 de Outubro
Centro Históricode Ilhabela
Praça Coronel Julião, S/N
A partir das 18h30
Gratuito

Como chegar à Ilhabela

Foto Castelhanos – Prefeitura Ilhabela Divulgação

Ilhabela está localizada no eixo São Paulo – Rio, próxima de cidades como Ubatuba e Paraty. Distante 210 quilômetros da capital paulista, há várias maneiras de chegar à ilha.

Saindo da capital paulista, uma das opções é pegar as Rodovias Ayrton Senna / Carvalho Pinto (SP-70) ou Presidente Dutra (BR-116) no sentido norte. As estradas contam com pistas duplicadas e apresentam pavimento em boas condições. Na altura da cidade de São José dos Campos, sair para a Rodovia dos Tamoios (SP-99), no sentido Litoral (Caraguatatuba e São Sebastião). Essa via, que está terminando as obras de duplicação, dá acesso à Rodovia Rio-Santos (BR 101), em Caraguatatuba. O motorista deve seguir no sentido sul, em direção a São Sebastião, onde há a famosa balsa para Ilhabela.

É possível também optar pela Rodovia Rio-Santos, que pode ser acessada pelo sistema Imigrantes – Piassaguera (sentido Guarujá), ou a partir da Rodovia Mogi-Bertioga (SP-98). Em ambas entrar na bela Rio-Santos, e então tomar o sentido do Rio de Janeiro e seguir até São Sebastião, onde fica a balsa até Ilhabela. Esses caminhos são indicados para quem não tem pressa de chegar e gosta de apreciar a vista, pois a via margeia o litoral e proporciona bons pontos para apreciar o mar, além de acesso a dezenas de praias.

O acesso à Ilhabela é feito por balsa para pedestres, automóveis e ônibus. O tempo médio de travessia é de 15 minutos, e as saídas acontecem a cada 30 minutos, das 6h às 24h. Após este horário, de uma em uma hora, até as 6h do dia seguinte.

Foto Feiticeira Roberto Pavezi Netto – Wikicommons

Onde comer no centro

Do boteco mais pé-sujo a chefes premiados, Ilhabela realmente tem opções gastronômicas para todos os gostos e bolsos. Chegando em uma sexta à noite, que tal celebrar o início do seu fim de semana? O Marakuthai é uma excelente opção – e um dos nossos favoritos.

O fusion food da jovem chef Renata Vanzetto tem influências asiáticas. Entre os destaques, o Khiri Khiri (bolinha de camarão cremoso) e o Surim (arroz com frutos do mar). As mesinhas de fora, com vista dos barcos na marina, são bem românticas.

Marakuthai
Endereço: Força Expedicionária Brasileira, 495, Ilhabela, SP
Telefone: (12) 3896-5874 / 3896-2810
Horário: De quinta à sábado, das 20h às 0h30

Não se assuste se o casal de proprietários portugueses do PortuBrasil resolver ter uma discussão no meio do restaurante: afinal, você também é de casa. Lá você encontra as alheiras de fabricação própria e os famosos pastéis de Belém.

Portu Brasil Restaurante
Endereço: Rua Chico Reis, 36 – Saco da Capela – Ilha Bela – Brasil
Telefone: (12) 3896-2014
Horário: Quarta a sexta das 19h até último cliente. Sábado e domingo das 14h até último cliente.

Se bateu a famosa “fome de doce”, Ilhabela é agraciada com uma das poucas lojas exclusivas da Sorveteria Rochinha. Quem frequenta o Litoral Norte já conhece o tradicional picolé, e quem não conhece deve provar o de milho verde ou coco queimado.

Sorveteria Rochinha
Endereço: R. Dois Coqueiros, 295 – Praia do Perequê
Telefone: (12) 3895-1270
Horário: Todos os dias, das 14h às 00h

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

04 de October, 2018

Share

Vanessa Mathias

Seu exacerbado entusiasmo pela cultura, fauna e flora dos mais diversos locais, renderam no currículo, além de experiências incríveis, MUITAS dicas úteis adquiridas arduamente em visitas a embaixadas, hospitais, delegacias e atendimento em companhias aéreas. Nas horas vagas, estuda e atua com pesquisa de tendências e inovação para instituições e marcas.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.