De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

Como alugar e onde andar de bicicleta em Vancouver

Quem escreveu

Luciana Guilliod

Data

27 de November, 2018

Share

Toda lista de “melhores cidades no mundo para morar” inclui Vancouver. Não é à toa. Multicultural, ostentando natureza em todo canto, gastronomia diversificada e um clima razoável para os padrões canadeneses, Vancouver é cidade que faz todas as outras chorarem escondido no banheiro.

Há mais um fator que contribui para uma excelente qualidade de vida: ser amigável à bicicleta. Nesse quesito, mais uma vez Vancouver tirou a sorte grande. O respeito ao ciclista beira o inimaginável: em plena Granville Bridge, uma ponte com seis faixas para carros, há uma faixa de pedestres. Fiquei boquiaberta quando os motoristas pararam imediatamente para eu passar.

O centro de Vancouver é abraçado pelo Seawall, a maior calçada do mundo, cujos 28km de extensão são compartilhados por pedestres e ciclistas, com faixas bem demarcadas para cada um, e margeado pela English Bay e pelo Vancouver Harbour.

Como alugar bicicleta em Vancouver
Ciclovias e ciclofaixas garantem a segurança (foto: Luciana Guilliod)

A cidade tem ciclovias (faixas separadas nas calçadas) que garantem a segurança no tráfego do centro e ciclofaixas (pedaços da rua destinados ao tráfego de bicicletas) nas vias transversais. Algumas ruas são “designated bikeways”, nas quais o número de magrelas supera o de carros.

Numa cidade onde o aeroporto internacional está a apenas 10km de distância do centro, os pontos de interesse são perto e é fácil pedalar de um lugar ao outro. Caso queira ir mais longe, bikes são bem-vindas no transporte público, incluindo o SkyTrain, o SeaBus e os ônibus municipais, que têm racks na dianteira para transportar as magrelas.

Existem dois tipos de aluguel de bicicleta em Vancouver: as compartilhadas ou as alugadas em loja.

Bicicletas compartilhadas

O primeiro tipo é conveniente se seus deslocamentos forem pelo centro, durarem menos de meia hora e você quiser deixar a bike parada bastante tempo entre um afazer e outro. Há muitas estações em Downtown Vancouver, e nas proximidades do Stanley Park e do False Creek, mas ainda não há estações em North Vancouver. As bikes compartilhadas vêm com tranca e capacete, já que o uso do acessório é obrigatório por lá.

Depois de rápido registro na Mobi, escolha o seu plano: o passe de 24 horas custa CAD $9.75 e permite um número ilimitado de viagens de até trinta minutos – mas tenha em mente que 30 minutos adicionais custam CAD $5. Há também passes mensais e anuais, mas infelizmente nenhum de cinco dias ou uma semana, tempo ideal para sua estada na cidade.

Aluguel de bicicleta em loja

Bike Stanley Park
Luciana no Stanley Park, rolé ciclístico número 1 de Vancouver.

Um clássico do rolê ciclístico lazer é uma volta no Stanley Park. A Denman Street, a dois quarteirões (com ciclofaixa) do parque, concentra várias lojas como a Bikes and Blades , English Bay Bicycles, Jo E Cycles, e a Yes Cycle, minha escolhida.

O percurso no Stanley Park pelo Seawall tem nove quilômetros planos, com vistas espetaculares do skyline de Downtown, de North Vancouver e da Lions Gate Bridge. Há muitos trechos para parar e apreciar o cenário e o miolo do parque tem incontáveis trilhas para brincar de off road. Separe uma manhã ou tarde inteira para o passeio.

O Stanley Park é a grande atração de Vancouver, mas não subestime o False Creek. Uma voltinha por lá vai te fazer querer esticar sua estada na cidade, não importa quanto tempo você já tenha reservado. Uma boa opção por lá é a Cycle BC Rentals & Tours, que também organiza tours de bike e aluguel de motos e scooters. A Reckless Bike Stores possui lojas perto da Granville Island, English Bay e False Creek e tem opcionais como cadeirinhas infantis e trailers.

Além das bicicletas de passeio, as lojas têm vários modelos para alugar: infantis, tandem, mountain bikes, fixas. Os preços são bem parecidos, variando entre 25 a 30 dólares por três horas de passeio.

Dicas ciclo-gastronômicas

Musette Café Vancouver
O Musette é excelente bike café para repor as energias (foto: Luciana Guilliod)

O Musette Café é uma super dica local de bike café. O decor é lindo, com vários jerseys antigos de ciclistas profissionais, o atendimento é simpático e a comida é uma delícia – os ovos no purgatório foram uma das melhores refeições da viagem.  Há ainda uma lojinha de itens ciclísticos e o Musette também organiza tours e aluga bicicletas.

Aqui você encontra um roteirinho para unir o prazer de pedalar ao de degustar uma boa cerveja artesanal.

Lembre-se: o uso de capacete é obrigatório, a velocidade máxima é de 15 km/h e os ciclistas devem pedalar no mesmo sentido das vias, obedecendo o fluxo de veículos, exceto quando as placas indicarem o contrário. Enjoy the ride!

*Foto do destaque: Unsplash

Quem escreveu

Luciana Guilliod

Data

27 de November, 2018

Share

Luciana Guilliod

Carioca da Zona Norte, hoje mora na Zona Sul. Já foi da noite, da balada e da vida urbana. Hoje é do dia, da tranquilidade e da natureza. Prefere o slow travel, andar a pé, mala de mão e aluguel de apartamento. Se a comida do destino for boa, já vale a passagem.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.