Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

SXSW

Cobertura pré e pós do SXSW 2020 com as melhores dicas: quais são as palestras, ativações, shows e festas imperdíveis no festival.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.
As boas para curtir o fim do ano em São Paulo

As boas para curtir o fim do ano em São Paulo

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

20 de December, 2018

Share

Apresentado por

Retrospectiva do Cinema Brasileiro

As boas maneiras

Já falamos no guia da semana passada, mas vale repetir. Quem for ficar neste fim de ano em São Paulo sabe que o Sesc garantiu um programão e tanto com a Retrospectiva do Cinema Brasileiro. A mostra traz curtas e longas metragens lançados no último ano. Repetindo aqui a lista de dicas do @tavapassando: o curta “Reforma” (vencedor de vários prêmios no Mix Brasil) que passa antes de “A Moça do Calendário”, o filme de terror super badalado “As Boas Maneiras”, o documentário “Ex-Pajé”, o premiado e elogiado “Arábia”“O Processo” sobre o impeachment de Dilma e “O Animal Cordial” de Gabriela Amaral Almeida.

19ª Retrospectiva do Cinema Brasileiro. Até 02.01, várias sessões. Ingressos: gratuito ou a partir de R$ 3,50.
CineSesc. Rua Augusta, 2075, Cerqueira César

Colette

A atriz inglesa Keira Knightley é uma incógnita, com belezas e vacilos cortantes no currículo. No primeiro grupo, estão os filmes do diretor Joe Wright, com “Orgulho e preconceito” e, especialmente, “Desejo e reparação” na linha de frente. No segundo, decepções como a composição exagerada em “Um método perigoso”. Não sabemos se “Colette” vai para lá ou para cá ou se fica em cima do muro.  A recepção da crítica foi positiva, e o filme foi lembrado em algumas premiações. Se você quer fugir de “Aquaman” – principal estreia do fim de semana -, o longa pode ser uma boa opção. Nele, acompanhamos como uma talentosa escritora eclipsada por um marido abusivo consegue romper o preconceito e a dominação sofrida. Texto dos nossos colaboradores cariocas Filipe & Gustavo.

“Colette”. Confira salas e horários aqui.

Peraí que tem mais

Filmes de todas as épocas que valem ser vistos e revistos, como “Shaft”, “Central do Brasil” e “Pixote, a Lei do Mais Fraco”. 
Revisões 2018 do IMS. Até 29.12, várias sessões. Ingressos: preços variam de acordo com o filme.
IMS Paulista. Avenida Paulista, 2424, Consolação

Espetáculo de dança inspirado em Caetano Veloso criado por uma das companhias mais bacanas da cidade.
Um jeito de corpo – Balé da Cidade Dança Caetano. Quarta (19.12), às 20h; quinta e sexta (20 e 21.12), às 16 e às 20h. Ingressos: R$ 12 a R$ 80.
Theatro Municipal. Praça Ramos de Azevedo, Centro.

Para quem quer ficar no sofá

A incrível jornalista Christiane Amanpour visita 6 grandes cidades para entender como cada uma lida com o sexo e amor. As cidades são Tóquio, Délhi, Beirute, Berlim, Acra e Xangai.
Christiane Amanpour: Amor e Sexo pelo Mundo no Netflix

Para matar as saudades do David Bowie.
Bowie: The man who changed the world no Netflix

Série para amar o odiar. Maniac é uma ficção científica com cara de anos 50 futurista numa espécie de passado que parece futuro. No elenco a dupla Emma Stone e Jonah Hill. Os dois se inscrevem numa experiência bem bizarra que promete ajuda-los a eliminar quaisquer traumas que causem sofrimentos. A série é bem atual.
Maniac no Netflix

Série baseada num podcast, a série surpreende do começo ao fim. Julia Roberts interpreta Heidi Bergman, uma assistente social que atende veteranos de guerra traumatizados com a promessa de facilitar a ressocialização deles na sociedade. Com o tempo vai se percebendo que a história não é nada do que parece. Quem dirige a série é o Sam Esmail, diretor de Mr. Robot.
Homecoming no Amazon Prime

Baseada num romance feminista, I Love Dick se passa em Marfa, no Texas. A história rola em torno de um casal com problemas conjugais e sua obsessão pelo professor Dick. A série é puro deleite para quem gosta de arte. Cada abertura dos episódios traz uma instalação audiovisual e muitas referências de arte contemporânea. Marfa é também uma das protagonistas da série com seu universo que, visto à distância, soa nonsense. Estrelada pelo trio maravilhoso Kevin Bacon, Kathryn Han e Griffin Dunne, a série não deixa de ser uma comédia dramática absurda. A Jill Solloway, criadora da série Transparent, é a diretora.
I Love Dick no Amazon Prime

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

20 de December, 2018

Share

Apresentado por

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

Comentários

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.