Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do fim de semana no Recife: 05.07

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

04 de July, 2019

Share

Exposição de Adriana Varejão

Detalhe de uma das obras expostas no Mamam

Uma das melhores exposições de arte contemporânea apresentadas no Recife nos últimos anos está atualmente em cartaz no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam) e é imperdível. Por uma Retórica Canibal reúne peças de várias épocas da artista carioca Adriana Varejão, que é consagradíssima internacionalmente, mas mostrou pouca coisa no Nordeste. É uma ótima oportunidade para conhecer uma obra fortemente crítica, violenta e ao mesmo tempo plasticamente bela e delicada, com uma cada vez mais oportuna revisão sobre as contradições históricas das entranhas do Brasil. Pertencente ao acervo do Mamam, um dos mais incríveis trabalhos apresentados é uma parede revestida com azulejos que retratam plantas e fungos proibidos no país.

Por uma Retórica Canibal. Exposição aberta de terça a sexta, das 12h às 18h; Sábados e domingos, das 13h às 17h. Até 8 de setembro. Grátis.
Mamam. Rua da Aurora, 265, Boa Vista, Centro.

Peraí que tem mais:

O coletivo artístico Phantom 5 reúne obras de 16 potentes artistas em uma exposição com provocações visuais sobre as catástrofes do cotidiano contemporâneo.
Cataclismo. Abertura nesta quinta (04.07) às 19h. Entrada grátis.
Garrido Galeria. Rua Samuel de Farias, 245, Casa Forte.

O polêmico curta-metragem do cineasta Marcelo Pedroso é tema de um livro. Vídeos do projeto Vurto serão exibidos no lançamento.
Em Trânsito. Quinta (04.07) às 19h. Entrada grátis.
Castigliani Cafés Especiais. Estrada do Encanamento, 323, Parnamirim.

O livro que questiona as contribuições das maiores empresas da internet é relançado em português e debatido no lançamento no Recife.
A Ideologia Californiana. Quinta (04.07) às 19h. Entrada grátis.
Inciti. Rua do Bom Jesus, 191, Bairro do Recife, Centro.

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

04 de July, 2019

Share

Júlio Cavani

Durante três meses em Nova York em 2010, Júlio não trabalhou e nem estudou. dedicou todos os dias e noites da viagem a shows, exposições e cinemas. Na verdade, a vida dele é assim o ano inteiro, todos os anos, em qualquer cidade onde esteja. Quando trabalha, procura sempre algo relacionado a arte, filmes e música. Quando tem tempo livre, busca as mesmas coisas (ou ambientes com muita natureza). Também desenvolve os próprios projetos artísticos, influenciado por tudo o que vê e ouve. Ele ainda é conhecido por conseguir provar que sempre é possível encontrar coisas legais para fazer no Recife e por estar em vários lugares ao mesmo tempo.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.