As boas do fim de semana por Jack Apple

Os melhores eventos para curtir em casa ao lado de Jack Apple.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

SXSW

Cobertura pré e pós do SXSW 2020 com as melhores dicas: quais são as palestras, ativações, shows e festas imperdíveis no festival.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

4 podcasts de comida para você se deliciar

Quem escreveu

Renato Salles

Data

25 de February, 2021

Share

Os podcasts de comida estão bombando desde que começou a quarentena. O assunto é um alívio no meio de tanta notícia ruim, e todo mundo gosta. Por isso selecionamos os 4 que mais gostamos para você conhecer.

A era dos podcasts demorou para chegar, mas quando chegou veio com tudo. E a pandemia ainda deu uma boa alavancada nos programas de rádio do século 21, já que a gente tem ficado muuuito tempo em casa e qualquer entretenimento é bem vindo. O que não falta é assunto, e tem podcast do que você quiser. Mas no meio de tanta notícia bizarra e tantos acontecimentos baixo-astral, eu tive que dar um tempo de ouvir vários podcasts fantásticos (desculpe, Medo e Delírio em Brasília) para buscar coisas mais leves, que me dessem um pouco de alento para o coração.

Falou em alento, para mim falou de comida. Quando percebi, já estava seguindo vários programas dedicados a falar do que pomos na mesa e na boca. Comida é uma das poucas coisas que unem a humanidade, e convenhamos, não tem tempo ruim quando esse é o tema. Me descobri viciado em 4 podcasts de comida que tratam do assunto das formas mais diferentes, mas todos tem uma coisa em comum: são puro deleite auditivo.

Cadê a Receita, Rita Lobo? – com Rita Lobo

'Cadê a Receita, Rita Lobo' é um dos nossos podcasts de comida favoritos do ano.

Podemos encerrar as votações, a rainha absoluta da quarentena no Brasil é ela. Ninguém trabalhou tanto quanto a Palmirinha 2.1, que manteve seu Cozinha Prática no GNT, fez lives inúmeras para levar todo mundo para a cozinha, criou uma newsletter semanal, entrou para o boletim diário do Canal Meio, criou cursos de culinária, e ainda estreou seu próprio podcast.

Com tantos canais para dar suas receitas maravilhosas, a Rita achou que pelo menos no áudio ela podia deixar as panelas um pouco de lado para focar nas histórias dos convidados relacionadas a comida: memórias afetivas, truques caseiros, histórias pessoais e muito mais. Daí o nome, meio provocativo. A lista de convidados da primeira temporada passa por artistas, esportistas, jornalistas, cozinheiros e outros. Vira e mexe, escapa alguma receitinha, sim, como o curioso pudim de abóbora do Lulu Santos.

Os episódios tem de 30 a 45 minutos, e são sempre levados pela Rita com a simpatia que é característica dela. Eu recomendo os episódios com Ivete (claro!) que abre a temporada, do chef Thiago Castanheiro e da musa da cozinha Paola Carosella.

Por Aí – com Patrícia Ferraz

Se você lê o jornal Estadão, ou ouve a Rádio Eldorado, você já deve ter topado com as críticas gastronômicas da Patrícia Ferraz. Ela é editora do caderno Paladar, e tem um programete chamado ‘Por Aí’ com drops durante a programação da rádio. Eu sempre gostei das críticas dela, porque ela fala de gastronomia sem nenhuma afetação e muita paixão pelo que faz.

Mas veio a pandemia, e não rolava mais ficar circulando por aqui ou por aí, então a Patrícia teve que se adequar. Assim ela replicou o seu programa de rádio para as plataformas de podcasts, mas adequou o conteúdo para os novos tempos. Surgiu a hashtag #FicaAí, com as dicas dela dos melhores deliveries de São Paulo. Nada escapa ao seu paladar afiado: ela conta se os pratos chegam quentes ou frios, se murcham no caminho da entrega, se as embalagens são bem pensadas e, óbvio, como estava a comida.

Entre as várias dicas deliciosas de lugares e pratos, ela ainda criou uma série de 12 episódios com dicas valiosas de gastronomia da Espanha, para fazer nosso gatilho de viagem disparar como filme de faroeste. E o melhor de tudo: o episódio mais longo tem pouco mais de 3 minutos. São os podcasts de comida mais curtos do mundo!

Table Manners – com Jessie & Lennie Ware

Table Manners é um dos podcasts de comida pioneiros no mundo, e um dos mais divertidos.

Falar de comida é bom demais, e a gente acaba conhecendo bem a intimidade das pessoas. Mas para manjar do tema, tem que saber comer bem! O Table Manners é uma das melhores descobertas do meu ano. O programa é gravado pela cantora inglesa Jessie Ware (se você não ouviu o álbum dela lançado na quarentena, corre!) e sua mãe Lennie. Como não poderia deixar de ser, Lennie é uma grande cozinheira, e a Jessie virou uma profissional do garfo, bem gente como a gente. Numa casa onde se come bem assim, claro que os encontros são sempre à mesa.

Pois as duas resolveram marcar jantares em casa para convidados muito especiais, e enquanto os visitantes provam as receitas de Lennie, as duas tentam arrancar segredos e histórias gastronômicas de gente como Dolly Parton, Kylie Minogue, John Legend, Alanis Morissette, Kiefer Sutherland e Jamie Oliver. As conversas são sempre regadas a bons drinks e nenhum freio.

O podcast começou em 2017 e já está na 11ª temporada. No último ano, muitos episódios foram gravados online, o que é uma pena, mas ainda assim as conversas são saborosas e as anfitriãs são muito divertidas. Entre as perguntas recorrentes estão se os convidados tem bons modos à mesa, e qual seria a última refeição antes de ir para uma ilha deserta, contando entrada, prato, sobremesa e drink. Eu já gostava da Jessie Ware como música, agora gosto ainda mais dela e já me sinto um pouco parte da família.

Panela de Impressão – com Elaine de Azevedo

A gente já se divertiu um monte falando de comida, mas comida é assunto sério. Nunca encontrei alguém que falasse com tanta propriedade e tanta honestidade sobre todo o universo que envolve a alimentação que a Elaine de Azevedo. Ela é nutricionista, socióloga da alimentação, professora PhD, autora do livro Alimentos Orgânicos, e agora durante a pandemia ela virou podcaster, para nossa alegria.

No Panela de Impressão, ela trata de vários temas importantes para entendermos tudo que acontece no mundo em relação à comida. Tem episódio sobre vegetarianismo, alimentos orgânicos, obesidade, lobby da indústria, fome, as lendas da nutrição… enfim, é um mergulho intenso num assunto tão próximo a nós, mas que conhecemos tão pouco.

O melhor é que a Elaine, além de ser uma absoluta craque em tudo que está falando, é também uma ótima contadora de histórias e uma profissional do deboche refinado. Os episódios são curtos (de 10 a 30 minutos) e eu fiquei mais viciado que em qualquer série da Netflix. Se tem um prêmio de podcast de comida do ano, esse com certeza leva a estatueta!

Tem outros podcasts de comida para nos indicar? Manda uma mensagem para nós!

*Imagem de destaque: Rachel Park on Unsplash

Quem escreveu

Renato Salles

Data

25 de February, 2021

Share

Renato Salles

Para o Renato, em qualquer boa viagem você tem que escolher bem as companhias e os mapas. Excelente arrumador de malas, ele vira um halterofilista na volta de todas as suas viagens, pois acha sempre cabe mais algum souvenir. Gosta de guardar como lembrança de cada lugar vídeos, coisas para pendurar nas paredes e histórias de perrengues. Em situações de estresse, sua recomendação é sempre tomar uma cerveja antes de tomar uma decisão importante. Afinal, nada melhor que um bom bar para conhecer a cultura de um lugar.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.