De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Uma experiência em design no hotel The Thief Oslo

Quem escreveu

Domingos Lepores

Data

18 de March, 2019

Share

É difícil não associar design com Escandinávia. Simplicidade, minimalismo, funcionalidade e durabilidade são as principais características do design escandinavo, que surgiu nos anos 1920 e se tornou sinônimo de bom gosto em meio à estética do “mid-century modern” a partir dos anos 1950.

Desde então, o design escandinavo passou a ser conhecido e identificado pelos quatro cantos do mundo, tornando o “designed in Scandinavia” similar ao “made in Germany”, em termos de tradição e qualidade.

E, ao contrário da impressão que se pode ter num primeiro momento, o design não é empregado apenas em objetos de decoração, mas sim em todo tipo de objeto que é concebido e “desenhado” com a finalidade de facilitar nossa vida cotidiana, deixando-a, de quebra, mais agradável.

the thief, oslo, hotel design
A Ópera de Oslo num final de tarde. – foto: Domingos Lepores | Awesome Berlin

Apesar de a Escandinávia estar um pouco distante, nada pode ser comparado a uma experiência in loco, não é mesmo? Ainda que a capital norueguesa seja menos concorrida em relação a  outras capitais nórdicas como Copenhague ou Estocolmo, Oslo pode ser uma ótima escolha para se dar um mergulho profundo no design escandinavo. A cidade exala arte por todos os lados e é a única da Noruega que conta com um hotel design: The Thief Oslo.

the thief, oslo, hotel design
A entrada do hotel. – foto: Domingos Lepores | Awesome Berlin
the thief, oslo, hotel design
O calçadão de Tjuvholmen. – foto: Domingos Lepores | Awesome Berlin

Localizado numa área recentemente renovada da cidade, chamada Tjuvholmen, um distrito que já foi lar de criminosos e que é agora um hub de arquitetura e arte contemporâneas, em meio a ruas e praças exclusivas para pedestres. O hotel fica nos arredores do porto e é cercado de canais, proporcionando vistas espetaculares para o fiorde de Oslo e para os prédios vizinhos com fachada de tijolo vermelho aparente.

the thief, oslo, hotel design
Nascer do sol (sim, NASCER!) visto a partir de um dos quartos. – foto: Domingos Lepores | Awesome Berlin

O renomado museu de arte contemporânea Astrup Fearnley, projetado pelo arquiteto italiano Renzo Piano, é contíguo ao The Thief e, não por acaso, as obras de arte em exposição nas dependências do hotel são emprestadas do acervo do museu. Além disso, os hóspedes têm acesso livre e grátis ao museu!

the thief, oslo, hotel design, museu astrup fearnley
Exposição no Museu Astrup Fearnley. – foto: Domingos Lepores | Awesome Berlin

O The Thief Oslo é um lifestyle hotel, baseado em práticas sustentáveis, com foco em produtos locais. Como não poderia deixar de ser, os 116 quartos, espalhados pelos oito andares do prédio, têm mobiliário escandinavo, assim como a roupa de cama e banho também é assinada por designers noruegueses. Cada uma das suítes é decorada com obras de arte provenientes do Museu Astrup Fearnley. Elas também possuem sacadas privativas, com janelas do chão ao teto.

the thief, oslo, hotel design
O lobby do hotel. – foto: Domingos Lepores | Awesome Berlin

E porque desperdício não rima com Noruega e com sua reputação mundial em matéria de energia renovável, os quartos são equipados com um sistema de iluminação automático, que só funciona com a presença do hóspede!

the thief, oslo, hotel design
O restaurante. – foto: Domingos Lepores | Awesome Berlin

O restaurante do hotel é fora de série e mereceria um post exclusivo! Além de oferecer um esplêndido café da manhã (incluído nas diárias) em sistema de buffet, com uma seleção de frutas, smoothies, pães, geleias, iogurtes, queijos (não deixe de provar o brunost, o queijo marrom que é uma joia da culinária norueguesa!) e pratos como ovos mexidos preparados na hora e à vista dos hóspedes, o restaurante é aberto para almoço e jantar. Durante nossa estadia por lá, para o jantar, como era uma segunda-feira, seguimos o Meatless Monday e optamos por entrada e prato principal vegetarianos, embora os hits do cardápio sazonal sejam os pratos preparados com frutos do mar, outra especialidade norueguesa.

the thief, oslo, hotel design
Esse queijo marrom!! – foto: Domingos Lepores | Awesome Berlin

Como entrada, a mousse de beterraba com avelãs, parmesão e fatias de beterraba amarela e vermelha marinadas, era não só linda, mas também deliciosa, assim como o prato principal: aipo dourado na manteiga, couve, nabo marinado e creme de aipo.

the thief, oslo, hotel design
O prato principal. – foto: Domingos Lepores | Awesome Berlin
the thief, oslo, hotel design
A passagem que dá acesso ao spa. – foto: Domingos Lepores | Awesome Berlin

O The Thief Spa fica num prédio anexo ao hotel, com acesso através de um elevador panorâmico e de uma passagem subterrânea, em tons de azul e verde, evocando as fantásticas cores das auroras boreais. Além das massagens oferecidas com argila orgânica Rhassoul do Marrocos, a área conta com piscina coberta, sauna seca e a vapor e banho turco. A sauna a vapor é um deleite não apenas para a pele como também para os olhos: no centro da sala fechada, a água evapora através de um grande cristal aquecido e iluminado. E, para completar o cenário de sonhos, o teto é salpicado de minúsculas lâmpadas, criando o efeito de um céu estrelado.

O interior da sauna a vapor. Foto: The Thief.

Todo o cuidado com o design não valeria nada se a qualidade do serviço não estivesse à altura. E, por isso, vale dizer que nenhum hotel em Oslo alia conforto, design e dedicação ao hóspede como o The Thief!

THE THIEF
Landgangen 1, 0252 Oslo, Noruega
Telefone: +47 24 00 40 99
[email protected]

*Foto do destaque: The Thief – Divulgação

Quem escreveu

Domingos Lepores

Data

18 de March, 2019

Share

Domingos Lepores

No seu aniversário de sete anos, ganhou um globo terrestre e pouco depois já sabia (quase) de cor o nome das capitais dos países do mundo. Ainda não conheceu a Ásia e a Oceania, mas mudou há cinco anos para Paris e mora há dois em Berlim. É péssimo em senso de orientação. Sempre acaba se perdendo nas ruas transversais e achando aquele café ou loja que você vai ver indicado na edição de um guia de viagem só no ano seguinte.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.