Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Nyepi, o dia do silêncio em Bali

Quem escreveu

Angela Mansim

Data

03 de April, 2019

Share

Imagine um dia sem luzes, sem motos ou carros e sem pessoas nas ruas. Um dia em que o som da natureza predomina, o aeroporto fica fechado, não há internet e até os turistas são proibidos de sair dos hotéis. Sim, este dia existe e acontece uma vez por ano em Bali na Indonésia.

O Nyepi é uma experiência muito especial e, apesar de não acontecer na alta temporada, é uma boa desculpa para fazer você visitar Bali. Nyepi é o chamado dia do silêncio, também comemorado como o início do ano balinês.

nyepi, bali, indonesia
Barong, o rei dos espíritos bons, parte da mitologia balinesa. Foto: Pexels.

Os calendários balineses

Em Bali, existem dois calendários: o Calendário Pawukon e o Calendário Saka. O Pawukon é um calendário numérico em que o ano tem 210 dias. O Saka é baseado nas fases da lua e no ano solar, tendo o Nyepi como ínicio do ano balinês.

Uma curiosidade é que, se levarmos em consideração o calendário gregoriano, os balineses nunca fazem aniversário na mesma data. Graças ao sistema que eles utilizam, os aniversários são comemorados duas vezes por ano no nosso calendário.

Uma outra curiosidade é que, segundo o calendário Saka, Bali entrou agora no ano de 1941.

O que é o Nyepi

Em Bali existem muitos feriados, em sua maioria religiosos por conta de seus habitantes majoritariamente hindus e muçulmanos. Entretanto, nada se compara ao Nyepi. Um feriado hindu em que acredita-se que os espíritos visitam a ilha de Bali uma vez por ano.

É por isso que este é o dia do silêncio, onde as pessoas devem se comportar como se não existissem habitantes na ilha.

nyepi, bali, indonesia
Procissão balinesa. Foto: Pexels.

E quem não respeitar?

Pelo Nyepi ser um feriado institucionalizado, existe sim fiscalização nas ruas feita pelo Pecalang. O Pecalang é formado pelos agentes de segurança local do Banjar, organizações comunitárias e administrativas da ilha.

Além de ser desrespeitoso não colaborar com a tradição local, o Pecalang tem o poder de aplicar multas diversas, inclusive para os turistas desavisados.

Por isso, fique atento para seguir as regras, a partir da meia noite até às seis horas da manhã do dia seguinte. No Nyepi é proibido deixar luzes acessas nas ruas (como luzes externas em residências e comércios), sair de casa (a não ser em caso de emergência) e fazer barulho.

nyepi, bali, indonesia
Trajes típicos para cerimônia balinesa. Foto: Pexels.

O que fazer no Nyepi

Seja pelos locais ou pelos turistas, a recomendação é sempre a mesma: garantir comida com antecedência (exceto se você quer seguir a tradição de jejuar no dia), fazer download de muitos filmes e preparar para relaxar em casa.

O que muitos turistas fazem é comprar pacotes em hotéis para o Nyepi. Dentro de grandes estabelecimentos é possível passar despercebido e seguir a vida normalmente na piscina aproveitando o restaurante do hotel.

Na minha experiência pessoal, aproveitei ao máximo lendo um bom livro e ficando em silêncio durante um bom período do dia. Este também é um momento excelente para quem quer tentar a meditação ou optar também pelo clássico dia do Netflix (offline, pois não tem internet).

O importante é abrir o coração para viver essa experiência, talvez não exista nada parecido em nenhum outro lugar do mundo. Na correria da vida, até esquecemos o que é o silêncio total.

A semana de preparativos

Melasti

Assim como outras datas especiais em Bali, o Nyepi resulta em uma semana inteira de preparativos.

Inicia-se a semana com a cerimônia de Melasti, um ritual de limpeza para purificação do mundo. Neste dia os hindus vão aos templos e também realizam os rituais em praias.

Na crença hindu, Tirta Amerta, a fonte de água dos rios ou mares, é considerada a fonte da vida. Por isso, além de realizar orações, todos os objetos sagrados que pertencem a um templo e todos os equipamentos sagrados, são limpos e purificados.

nyepi, bali, indonesia
Balinês orando em templo. Foto: Pexels.

Tawur Kesanga

No dia anterior ao Nyepi acontece o Tawur Kesanga, uma cerimônia para purificar a terra. É neste dia que acontecem os famosas procissões do Ogoh-Ogoh.

O Ogoh-Ogoh é uma tradição recente na ilha, iniciada na década de 80, onde os jovens das comunidades preparam bonecos gigantes de papel machê representando os espíritos maus.

No final da cerimônia, todos os bonecos são queimados, com o intuito de limpar o mundo do karma ruim.

nyepi, bali, indonesia
Procissão do Ogoh-Ogoh em Kuta, Bali. Foto: Angela Mansim.

Para proteger as residências e comércios dos espíritos, as pessoas colocam pequenas casinhas triangulares feitas com folhas, chamadas de Sanggah Cucuk.

Essas casinhas são uma oferenda ao diabo (Bhuta Kala). Os balineses acreditam que com isso o diabo não atrapalhará os homens durante a purificação para o Nyepi.

nyepi, bali, indonesia
Sanggah Cucuk, a oferenda feita dias antes do Nyepi. Foto: Angela Mansim.

Ngembak Geni

Após o Tawur Kesanga, acontece o Nyepi e a partir das seis horas do dia seguinte, inicia-se o ano novo balinês com o Ngembak Geni. O Ngembak Geni é o dia do perdão, quando os balineses dão as boas-vindas ao novo ano.

Neste dia também acontece o Omed-Omedan Festival no sul de Denpasar. Para muitos solteiros, entre 17 e 30 anos, essa é uma tradição para conhecer pessoas diferentes.

No festival, aproximadamente 40 homens e 60 mulheres ficam na frente um do outro e começam a se empurrar. Em indonésio, omed-omedan significa “empurra-purra”.

No meio da agitação, as pessoas tentam se agarrar e se beijar enquanto o público joga baldes de água em todos.

nyepi, bali, indonesia
Procissão balinesa. Foto: Unsplash.

Este é um período místico e interessante para estar em Bali, vale muito a pena a visita.

Além de tudo, é possível aproveitar as praias e atrações na baixa temporada, quando não há muitas pessoas na ilha. Uma super recomendação sobre quando viajar para Bali.

Não se esqueça que as datas do Nyepi mudam todo ano. Por isso, planeje a visita com atenção aos calendários.

*Foto do destaque: Sul de Bali ao entardecer – Unsplash.

Quem escreveu

Angela Mansim

Data

03 de April, 2019

Share

Angela Mansim

Designer, especialista em perrengues, comida de rua e gestão de marcas. Come, dorme e se teletransporta por aí no jeitinho simples da vida local. Radicada em Bali e procurando sempre a próxima ilha para ancorar.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.