Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

A road trip perfeita de Porto Alegre aos cânions de Cambará do Sul

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

30 de January, 2019

Share

Tá com 3 dias livres em Porto Alegre e com vontade de se aventurar pelo interior? Essa rota é queridinha dos brasileiros por vários motivos: possibilidade de ir de carro, suas belezas naturais e o famoso acolhimento colono. Escolhemos um roteiro para fazer de uma vez só a parte germânica e suas casinhas típicas, Canela, Gramado e os cânions. Porque nem todo mundo consegue fazer duas ou até três viagens separadas.

Ivoti

Foto: Turismo Ivoti

Ivoti é a nossa primeira parada, por estar aproximadamente a 55 quilômetros de distância de Porto Alegre, é um pulinho. No entanto, parece outro mundo: a antiga colônia alemã de 20 mil habitantes tem um charme que vale a pena tirar um tempinho para olhar! Confesso que a primeira coisa que pensei foi: taí um interior a la Europa que teria vontade de morar.

Ao chegar na cidade de carro, o pórtico de 10 metros de altura recepciona o visitante. Sua localização é próxima à BR-116 e já anuncia o gostinho da arquitetura estilo enxaimel. Essas casinhas com ares germânicos são um patrimônio preservado e podem ser vistas em praticamente toda a cidade. Porém, vale se programar para ir no segundo domingo do mês no Núcleo de Casas Enxaimel, onde acontece uma feira onde são vendidos lanches, bebidas, doces, produtos coloniais, flores e artesanatos. Caso não seja possível, passe no Núcleo de Casas Enxaimel de qualquer jeito, pois ele fica aberto 24 horas e é um passeio gratuito e super charmoso.

Foto: Vanessa M.

TEM QUE PARAR na  Queijaria e Loja Nova Alemanha.  Não é sempre que você compra queijo de vacas e cabras felizes (que, aliás, estão ali do lado… então fique à vontade para entrevistá-la sobre suas condições de trabalho). Os preços são ótimos comparados aos das capitais, e você ainda pode comprar algo pra levar como marmita na viagem.

Se você tiver com o tempo curto, 1 a 3 horinhas podem ser suficientes para sentir a magia do local. Porém, a praça Neldon Holler, a Igreja Matriz, a Ponte do Imperador e o Museu Cláudio Oscar Becker também são algumas daquelas coisas para fazer caso você queira tirar um tempinho pra curtir a mais (não que seja imperdível). Ivoti também tem a alcunha de Cidade das Flores.

Núcleo de Casas Enxaimel
Distância de POA: 55 km
Endereço: Tuiuti, s/n | Bairro Feitoria Nova, Ivoti
Horário: Aberto 24 horas

Queijaria e Loja Nova Alemanha
Endereço: Avenida Presidente Lucena, 7761, Nova Vila, Ivoti
Horário: Diariamente das 9 às 18 horas

Picada Café

Foto: Turismo Parque Jorge

Continuando pela BR-116, a nossa próxima parada saindo de Ivoti é a cidade de Picada Café. O Parque Histórico Jorge Kuhn é ótimo para tomar aquele chima de final de tarde – que você pode providenciar por lá mesmo.  Para uma visita guiada é necessário agendamento prévio mas, honestamente, não precisa. Outras paradas são o Pinheiro Multissecular, o Labirinto Verde e o Morro do Vento: para dar aquele close no Insta ou desconectar e dar  aquele respiro real de natureza da região.

Parque Municipal Histórico Jorge Kuhn
Distância de POA: 90 km
Endereço: 929 – Rua Professora. Marta W Kirchner, 707, Picada Café
Telefone: 54 3285-2161

Horário: aberto diariamente do nascer ao pôr do sol

Morro Reuter

Foto: Vanessa M.

Amo aquelas estradinhas cheias de curva, florestas, flores e com aquelas placas “cuidado veadinho na estrada”, sabe? Pois é bem assim a BR-116 que leva a Morro Reuter: curvas sinuosas e árvores exóticas compondo um túnel verde. Tome um Dramin para o enjoo, mantenha os vidros do carro bem abertos e nada de dormir nessa hora do passeio!

Para quem sobe a serra, a primeira atração turística é o Belvedere, um mirante construído na época do asfaltamento da BR-116. Lá você pode estacionar facilmente no Km 218, entre os municípios de Dois Irmãos e Morro Reuter, e dar uma bisolhada na vista cerca de 600 metros acima do nível do mar para a região do Vale do Sinos. Merece uma foto e uma paradinha. 

A próxima parada é no Armazém Klauck para beber alguma coisa ou comprar alguma iguaria típica da região (já tem sua própria cuia? A hora é agora!). A construção é de 1920 e o mobiliário se mantém o mesmo. Antigamente, era uma parada importante para a cidade por servir como centro distribuidor de mercadorias. Portanto, vale a pena entrar e respirar o ar do começo do século passado.

Depois das suas paradas em Morro Reuter, é hora de seguir viagem para Gramado.

Armazém Klauck
Endereço: BR116, N° 23516, Km 210 – Em frente a Igreja de Picada São Paulo
Horário: de 8h às 19h 

Gramado

Bom, Gramado tem milhões de posts por aí em blogs vizinhos, não é mesmo? Eu fui pensando no frio, no chocolate, no fondue. Mas tenho a dizer que, pessoalmente, peguei uma época muito ruim e me desapontei horrores. Trânsito infernal, muitas lojas, restaurantes ruins com preço de medianos e restaurantes medianos com preços de brincos de turmalina. 

Mas contudo porém entretanto….(e outros advérbios de adversidade à escolha) – não dei tempo suficiente à cidade para gravar em pedra meu desgosto. Por isso vou deixar aqui duas coisas que não fiz, mas gostaria de ter feito.

Fonte: Mundo Chocolate Lugano

A primeira é visitar uma fábrica de chocolate. Nunca deixei esconder minha vontade de ser um Oompa Loompa alguma vez na vida. Diz que rola algo similar no Mundo de Chocolate Lugano, uma loja com visitação e degustação contendo um parque temático. Logo em sua entrada, há uma fonte enorme que jorra chocolate o tempo todo (lembra do filme?). A visita custa 35 reais para adultos e já inclui a degustação.

Aproveitando que você já está na Avenida Borges de Medeiros, uma das ruas principais da cidade, você pode dar uma passeada pela Rua Coberta (a vantagem é que você poderá fazer esse passeio mesmo se estiver chovendo, o que não é incomum na região úmida de Gramado). O nome da Rua Coberta é Rua Madre Verônica, mas ela é conhecida dessa forma porque é toda coberta com telhado de vidro. A Rua Coberta faz a ligação entre a Avenida Borges de Medeiros e a Rua Garibaldi e fica próximo ao Palácio dos Festivais. Daí você desabrocha o turista-consumista que existe em você e vai fundo: artesanatos, lojas de couro, lojas de comida e muitos cafés. 

A outra fábrica de chocolate é a Prawer. Com uma charmosa touquinha que se veste na entrada para o tour, você recebe uma degustação de chocolate quente –  é a primeira fábrica de chocolate artesanal do Brasil.

Fábrica de chocolate Prawer
Endereço: Avenida das Hortênsias, 4100.
Horário: Segunda a sexta das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h00.

Mundo dos chocolates Lugano
Endereço: Avenida Borges de Medeiros, 2497, Gramado.
Horário: Quinta a domingo, das 9h30 às 20h00. Sexta e sábado, das 9h30 às 21h30.

Canela

 Se você quiser fondue e chocolate quente, mas sem os preços absurdos e a movimentação de Gramado, a recomendação é dormir em Canela. A apenas 6 quilômetros, nossa última parada antes de chegar aos cânions também tem fábricas de chocolate, mas para variar um pouco, recomendamos um delicioso fondue à noite e uma parada para dormir.

O fondue do Chez Lys Blanc é famoso na cidade e super bem avaliado no Trip Advisor. Opte pelo rodízio, que contém 3 tipos: o de queijo, o de carnes na pedra, e por último o de chocolate. O lugar é lindo e tem estacionamento próprio.

Foto: Pousada Cravo e Canela

Para descansar as pernas da viagem, nossa recomendação é a Pousada Cravo e Canela, que tem piscina coberta aquecida, sauna e fica a 700 metros da Praça da Matriz. No dia seguinte, vá fazer uma visita a Igreja de Pedra, que é o ponto central da cidade e que pode ser avistada de vários pontos da cidade.

Depois de curtir um pouco a cidade, é hora de seguir caminho para Cambará e chegar aos cânions.

Pousada Cravo e Canela
Endereço: Rua Tenente Manoel Correa, 144, Canela

Chez Lys Blanc
Endereço: Avenida Osvaldo Aranha, 437 – Canela
Horário: Terça a domingo, de 19 às 23:30

Telefone: +55 54 3282-3083

Cambará


Chegamos finalmente ao ponto alto da viagem.  Nossa recomendação é passar a noite nas Cabanas do Casarão, umas cabaninhas baratas e aconchegantes. No Parque Nacional de Aparados da Serra e no Parque Nacional da Serra Geral, você pode rodar quase mil metros de altitude entre os cânions Itaimbezinho e Fortaleza. Esses cânions ficaram mais famosos depois de aparecerem aparentemente em uma novela, mas estão entre os maiores cânions do mundo. Por isso, recomendamos pelo menos dois dias para conhecer um pouco da região com tranquilidade.

Foto: Vanessa Mathias

No primeiro dia, você pode se dedicar a explorar o Cânion Itaimbezinho, que dá para chegar caminhando pela estrada de terra, porque as estradinhas internas da região não são muito boas para andar de carro. Quando chegar na entrada do parque, você vai pagar uma taxa de estacionamento e ingresso para cada visitante.

O Parque Nacional de Aparados da Serra é bem estruturado e é gerenciado pelo órgão ambiental do governo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) e tem cachoeiras impressionantes.

Você pode escolher entre essas 3 trilhas:

  • Trilha do Cotovelo. Sem guia. Borda do planalto. Cambará do sul.
  • Trilha do Vértice. Sem guia. Borda do planalto. Cambará do Sul.
  • Trilha do Rio do Boi. Recomendado guia. Fundo do cânion. Praia Grande.
  • O dia seguinte, depois de um boooooom descanso, você pode dedicar ao Cânion Fortaleza, a 23 quilômetros de Cambará do Sul, no Parque Nacional da Serra Geral. Esse passeio vai exigir mais de você, pois tem menos estrutura que o anterior, mas também controlado pelo ICMBio. Nesse parque você não paga pelo ingresso e o cânion tem 7,5 quilômetros de extensão. O nome “Fortaleza” vem da imponência dos seus paredões, que lembram muralhas.

As recomendações,  inspiradas do site Viajar pelo Mundo, são as seguintes:

  • Trilha do Mirante e Borda do Cânion (subida de aproximadamente 2 quilômetros)
  • Trilha da Cachoeira do Tigre Preto e Pedra do Segredo (atravessa por dentro do rio)

Para comer há poucas opções, porém vale experimentar a famosa polenta com queijo do Casarão.

Foto: Vanessa Mathias

Cabanas do Casarão Pousada Rural
Endereço: RS 427 Km 9 Estrada Para O Canyon Itaimbezinho, Cambará do Sul
Telefone: (54) 99620-0181

 

*Foto destaque: Wikicommons – Jjunoo

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

30 de January, 2019

Share

Vanessa Mathias

Seu exacerbado entusiasmo pela cultura, fauna e flora dos mais diversos locais, renderam no currículo, além de experiências incríveis, MUITAS dicas úteis adquiridas arduamente em visitas a embaixadas, hospitais, delegacias e atendimento em companhias aéreas. Nas horas vagas, estuda e atua com pesquisa de tendências e inovação para instituições e marcas.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.