De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

Podcast: Jogo do CoP #7 - Viagem e esporte

Quem escreveu

Ola Persson

Data

19 de November, 2018

Share

Fazer uma viagem que gira em torno de uma atividade física é fundamentalmente diferente de ir turistar numa cidade ou fazer uma roadtrip? Viajar para fazer uma prova, como por exemplo uma maratona, pode ser conciliado com um rolê turístico?

A ideia de passar uma semana esquiando surge da mesma forma que o plano de passear em Nova Iorque? Uma viagem que demanda um preparo físico começa muito antes de ir pro aeroporto?

Esses são os assuntos que discutimos no episódio #7 do Jogo do CoP. A nossa convidada especial para este podcast foi a Luciana Guilliod, colunista do Fit Happens que sempre alia atividades físicas às suas viagens.

Ouve aí!

*Foto destaque: JR Korpa / Unsplash

Quem escreveu

Ola Persson

Data

19 de November, 2018

Share

Ola Persson

Viaja sempre com uma mochila com camera, laptop e kindle e uma mala pequena de roupas. Nela leva mais uma mala vazia que vai enchendo ao longo da viagem. Não é fã de pontos turísticos, não gosta de muvuca e foge de filas, mesmo que seja para ver algo considerado imperdível. Por isso nunca subiu na Torre Eiffel, mesmo tendo ido várias vezes à Paris. Acredita que uma boa viagem é sentir a cidade como morador. Tanto que foi pra São Paulo em 2008 e ainda está por lá.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.