De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

Pommmodoro, pizza napoletana na Mooca

Quem escreveu

Dani Valentin

Data

15 de August, 2017

Share

Faz alguns anos a gente entrou em uma onda de restaurantes mais autênticos, sem dar aquela “abrasileirada” na comida que estamos acostumados. Um dos destaques foram as pizzarias. Se há pouco tempo atrás, as nossas opções eram “coloca mais recheio que está pouco”, em dois anos ganhamos uma lista de boas pizzarias que deixa os amantes do minimalismo e da boa massa de olhos brilhando.
Uma dessas boas opções é a Pizzaria Pommmodoro, que fomos visitar alguns dias atrás. A pizzaria abriu faz pouco tempo e fica na Mooca, o que faz nosso coração bater um pouco mais forte. Quem comanda as coisas por lá é Nicola Turi, importador dono da Tutto Food, que trás várias marcas italianas para cá. Se engana quem pensa que Nicola é de Nápoles, ele é romano, mas apaixonado pelas pizzas da região. Tanto que teve o maior cuidado com a Pommmodoro: além de usar ingredientes somente de primeira linha, foi contratado o pizzaiolo Ciro Bianco, que veio direto de Nápoles, trazendo receitas de família debaixo do braço.

Pizza Marguerita. Foto: Daniella Valentin
Pizza Marguerita. Foto: Daniella Valentin

O cardápio é bem caprichado, começando pelas entradinhas. Tem focaccia com sal e alecrim, mas quem rouba a cena é a focaccia de stracciatella com raspas de limão siciliano. E que delícia ela é, massa no ponto certinho, com recheio na quantidade certa, um ótimo aperitivo para quem quer começar bem.
Focaccia de stracciatella com raspas de limão siciliano. Foto: Daniella Valentin
Focaccia de stracciatella com raspas de limão siciliano. Foto: Daniella Valentin

As pizzas são individuais ou em 6 pedaços. Nós fomos com a clássica Margherita Verace, com molho de tomate, mozzarela di búfala fresca e manjericão, e que, novamente, estava perfeita. Além dela, você pode escolher também outras preciosidades como a Diavola, outro clássico, com mozzarela, linguiça picante, molho de tomate e cebola roxa; a Burrata, que é um dos destaques da casa, com tomate cereja, manjericão, presunto cru italiano, alcachofra e uma burrata bem cremosa no centro; e por fim a Capricciosa, com tomate cereja, azeitonas pretas, alcachofra, presunto cozido e azeite. Na sobremesa, além das pizzas doces, dá para pedir também cannoli ou tiramissú.
Dupla de Cannoli. Foto: Daniella Valentin
Dupla de Cannoli. Foto: Daniella Valentin

O ambiente é bem simples e funciona. É pequeno, com cerca de 30 lugares, e intimista. A nossa sugestão para acompanhar a pizza é um bom vinho, eles têm por lá uma carta enxuta mas com ótimo custo benefício. Aliás, ótimo custo benefício é uma boa definição para o lugar, pela qualidade e quantidade, o preço é bem honesto e é difícil não sair planejando uma segunda visita. Já estamos marcando a nossa.
Pizzaria Pommmodoro
Rua dos Capitães Mores, 180 – Mooca
De terça a quinta e domingos, das 19h às 22:30h; Sexta e sábado, das 19h às 23h
A pizza individual sai em torno de R$ 39
 
* Foto de capa: Daniella Valentin

Quem escreveu

Dani Valentin

Data

15 de August, 2017

Share

Dani Valentin

A Dani gasta todo o seu dinheiro com viagens. Um de seus maiores orgulhos é dizer que já pisou em cinco continentes. É do tipo sem frescura, que prefere localização a luxo e não se importa de compartilhar o banheiro de vez em quando. Adora aprender palavras no idioma do país que vai visitar e não tem vergonha de bancar a turista.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.