De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

T in the Park: o maior festival de música da Escócia

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

22 de June, 2016

Share

Apresentado por

O T in the Park nasceu em 1994 no Parque Nacional Strathclyde, em Glasgow, e se consolidou como o maior festival escocês. Em 1997 ele se mudou para o norte de Edimburgo, num aeródromo desativado, e desde o ano passado está no Castelo Strathallan. Nada mal passar 4 dias dormindo com vista para ele. O castelo fica a próximo a cidade de Perth, a meia hora de carro da cidade, ou a cerca de 1h30 de carro de Edimburgo. A edição 2016 acontece entre os dias 7 e 10 de Julho.

tinthepark

Em 2015, a mudança de lugar gerou alguns problemas como trânsito para chegar lá e falhas na estrutura, mas os organizadores garantem que para 2016 tudo estará nos eixos. As reclamações foram ouvidas e, nos diversos newsletters que recebi, informações sobre mudanças foram dadas. A área de camping aumentou 28% de tamanho, o festival ganhou um novo camping, o Pink Moon, que já fornece a barraca e tem até banho quente (no camping simples tem água quente também). Para quem já prefere se acomodar com mais conforto, a boa opção é o novo The Residence, que oferece desde diversos tipos de camping, tenda e yurt de luxo a casinhas feitas com madeira compensada. Ficar lá também garante banheiros especiais, banho, salão de beleza, café e bar privados.

A área de camping tem também uma programação especial, que começa na noite anterior ao festival (dia 7, quinta-feira) com tenda própria, a Slam Tent. Ela abre na quinta-feira à noite, primeiro dia do festival, com DJs tocando a noite toda. Nesta área tem também o The Stand Comedy Club, o Club Noir com shows de dança burlesca, e o King Tut’s Wah Wah Tent, comandada pela rádio de Glasgow,  terá a Hot Dub Time Machine, uma festa que viaja por festivais e lugares diferentes mundo afora. Ou seja, o T in the Park é festival para pessoas bem animadas que gostam de festejar non-stop.

Um dos maiores nomes de peso nesta edição é Stone Roses, o único festival em que tocam este ano (pelo menos confirmado até o momento), ou seja, uma grande chance de assistí-los ao vivo (eles tocam também em NY, Manchester e Dublin). Mas o line-up conta com LCD Soundsystem, The Last Shadow Puppets, Faithless, Major Lazer, Disclosure, Red Hot Chilli Peppers, Jamie XX, Travis entre outros:

postert

O T in the Park já ganhou prêmio de “melhor banheiro de festival”. São 85.000 pessoas em média por dia, além dos 70.000 que acampam no festival. O público é na maioria escoceses (78%), e 20% é do Reino Unido e só 2% atravessou o mar para chegar no festival. Entre as curiosidades do festival estão o Joe Strummer (ex-Clash) já ter tocado no camping em uma de suas edições, e o primeiro show 3D do Kraftwerk que aconteceu na edição de 2013. Os escoceses são super animado, o que garante muita diversão.

Ingressos: a partir de £82.50 por dia ou £184 para os 3 dias de festival sem camping.

*A Volta ao Mundo em Festivais de Música é um projeto patrocinado pela KLM Brasil, que faz parte doSkyTeam, oferecendo voos para 1.052 destinos em 177 países. Vem comigo! #fly2fest. 

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

22 de June, 2016

Share

Apresentado por

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.