Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Como viajar mais barato: 9 passos para economizar na hora de alugar um carro

Quem escreveu

Armando Aguinaga

Data

02 de November, 2016

Share

Existem muitas opções pra você alugar um carro em uma viagem, e muitas formas de conseguir um bom preço (ou ser totalmente roubado!). Parece simples, mas não é. Um aluguel de carro pode ser confuso, frustrante e, muitas vezes, uma enorme dor de cabeça. Abaixo, eu detalho o meu processo quando o assunto é “alugar um veículo pelo menor preço possível”.

Foto: unsplash.com
Foto: unsplash.com

1 – Decida se você vai retirar e entregar o carro na mesma loja ou não

Se você vai devolver o carro na mesma loja que você retirou, normalmente o aluguel é bem mais barato. Se você puder fazer isso, ótimo… já está no caminho certo para o melhor preço.

Quanto mais longe for a distância entre o ponto que você vai retirar e o ponto que você vai entregar o carro, mais caro você pagará. É a chamada taxa de dropoff.

2 – Comece pelas ofertas especiais da National

Não sei se é sorte minha mas, ao longo da minha longa trajetória de viajante, eu tenho encontrado boas ofertas na página de ofertas especiais da National Car. São muitas promoções relâmpago de fim de semana. Mas se você der sorte, vai encontrar alguma oferta que se encaixa com a sua necessidade. Se isso acontecer, nem precisa ir adiante nos demais passos desse post. Pode parar por aqui, fechar negócio porque não há chance de você encontrar uma tarifa melhor por aí.

Foto: unsplash.com
Foto: unsplash.com

3 – Pesquise nos agregadores

RentalCars, o Kayak e o CarRentals são os três sites gringos de destaque entre os chamados “agregadores” quando o assunto é aluguel de carro. Eles são flexíveis e você consegue encontrar o que precisa, dentro da sua preferência (por mais bizarra que seja) em praticamente qualquer lugar do mundo. Mas estamos achando promoções e valores bons na Rentcars.com, que é uma agregadora multinacional de origem brasileira (e nada como estimular o capital nacional)?

Dica Valiosa: Se você vai fazer uma locação de três dias ou mais, faça uma outra busca para conferir se a tarifa semanal não é mais barata que três, quatro ou cinco diárias somadas. Se for, faça a locação pela semana inteira e simplesmente devolva o carro antes da data contratada. Ninguém vai reclamar…

Agora você já pesquisou nos quatro sites e descobriu qual deles te oferece a melhor tarifa e também qual a locadora que oferece essa condição, vamos ao passo 4.

4 – Vá ao site da locadora e compare

Você já tem a informação da melhor tarifa e qual a locadora que o agregador te oferece. Está na hora de descobrir se no site da própria locadora você conseguirá um tarifa melhor ou não. Parece chato e trabalhoso fazer todas essas pesquisas, mas pense que são alguns minutos agora que vão economizar muitos dólares para a sua viagem. Ainda mais se for um período longo de locação.

Dica Valiosa: Alugar um carro numa loja que não seja no aeroporto pode fazer você economizar até 50% do valor total da locação. Se possível, pesquise sempre outras lojas, fora do aeroporto, na sua cidade de destino e compare as tarifas.

Foto: pexel.com
Foto: pexel.com

5 – Sempre pague com o cartão de crédito que te oferece seguro de cortesia

Muitos cartões de créditos brasileiros oferecem seguro cortesia para o carro alugado, quando você efetua o pagamento da locação usando esse cartão. Isso faz com que você não tenha que arcar com nenhum dos planos de seguro que a locadora te oferece. Você vai economizar muito fazendo isso.

Na maioria dos casos, o seguro oferecido pelas operadoras de cartão de crédito é o CDW/LDW, um seguro básico, que protege o locatário contra danos sofridos ao veículo e roubo. Assim você pode abrir mão do seguro com a locadora para utilizar a seguradora do cartão de crédito. Recomendamos entrar em contato com sua empresa de cartão de crédito para conferir se você tem essa facilidade, e sobre acionar o seguro do cartão para cobrir eventuais despesas com aluguel de veículo. Fique de olho nas regras do cartão, pois normalmente o seguro oferecido por eles não cobre danos a automóveis de luxo ou a terceiros.

Dica Valiosa: Numa locação de carro, estar segurado é muito importante. Acontece que muitas vezes, no momento da retirada do veículo, a pessoa que vai te atender vai tentar te oferecer seguros extras (na grande maioria das vezes desnecessários) e até upgrades para o carro que você contratou. Muita atenção nesse momento!!! Se você não é fluente no idioma que o atendente está usando, busque ajuda de alguém da sua confiança que seja. Se isso não for possível e você estiver em dúvida, a minha sugestão é NÃO CONTRATAR NADA EXTRA NEM ACEITAR NENHUM UPGRADE PAGO NO LOCAL DE RETIRADA. Em 99% das vezes é golpe do atendente tentando ganhar uma comissão extra por empurrar “adicionais” no cliente leigo (pra não falar trouxa). O seguro adicional geralmente é para casos raríssimos, e o upgrade oferecido no local sempre é mais caro do que se você tivesse feito pela internet no momento que contratou o carro original. Não caia nessa!

Se por um acaso o atendente te disser que não tem o veículo que você contratou ou similar pra te oferecer, ele é obrigado a te oferecer um upgrade TOTALMENTE GRATUITO.

6 – Opcionais: GPS, cadeirinha de criança, corrente para a roda…

Eu NUNCA contrato esses opcionais e te explico porque.

Eu só uso o GPS do carro caso ele já venha no computador de bordo (gratuito). Caso contrário, os aplicativos do meu celular são infinitamente melhores que qualquer GPS opcional.

A cadeirinha é uma necessidade, segurança em primeiro lugar SEMPRE. Mas isso não significa que a gente tenha que “levar uma facada” pra garantir a segurança dos nossos pequenos. O aluguel de uma cadeirinha na locadora é um roubo. Na maioria das vezes vale mais a pena você comprar uma nova em uma loja popular ou um supermercado e trazê-la pro Brasil. Mesmo se você não quiser trazer, em períodos longos de locação, você vai pagar menos comprando uma do que alugando na locadora. Então, você pode até descartar ela por lá mesmo que estará economizando.

A mesma coisa com as correntes nos pneus para uso em pista com neve e gelo. Só compre uma se houver necessidade e se a legislação do lugar onde você está exigir. A maioria dos carros 4×4 hoje em dia tem um sistema antiderrapagem que eliminam praticamente a necessidade das correntes. Mas no final das contas, vale o que está escrito na lei. Fique bem informado para não ser multado.

Foto: raumrot.com
Foto: raumrot.com

7 – Devolver com o tanque cheio ou vazio?

Sempre que você puder optar, escolha devolver o carro com o tanque cheio. Essa é a opção mais econômica sempre. Isso porque o valor que as locadoras cobram pelo litro ou galão de combustível é sempre maior que o que você vai encontrar nas bombas do posto de gasolina.

Não perca tempo fazendo contas: retire com tanque cheio e devolva com tanque cheio. Simples assim!

8 – A sua idade pode deixar tudo mais caro

Em alguns lugares, se o condutor tiver menos de 25 anos, existe uma taxa extra cobrada na locação. Por isso, se existir alguém no grupo com mais de 25 anos, faça a reserva em nome dessa pessoa e ela ficará responsável pelo carro e terá que ser o principal condutor. Todos pagarão menos.

9 – Decida se você quer atender às necessidades ou realizar um sonho

Independentemente de se você está viajando sozinho, em casal, em um grupo pequeno ou com uma galera gigante, existe sempre uma categoria de carro que vai ser a escolha perfeita para o seu orçamento. Também vai aparecer lá na sua busca aquela categoria premium, de luxo, de carros esportivos… Você vai ter que tomar essa decisão pensando quais são as suas prioridades e objetivos com essa viagem, e quanto você está disposto a investir em uma simples locação de carro. Isso porque pra uns (como eu) o carro é só um transporte, um meio de locomoção pra atender às necessidades do roteiro traçado. Pra outros, é um sonho, um desejo que será realizado de andar por aí dirigindo esse ou aquele modelo por alguns dias nas férias. Essa é uma decisão totalmente particular.

Foto: revac film's&photography
Foto: revac film’s & photography

Vale destacar que muitas vezes a categoria minivan oferece boas tarifas, melhores que a midsize e que a SUV. São veículos grandes, confortáveis, com ótimo espaço interno e porta-malas e com todos os recursos e a conveniência que você precisa numa viagem. É uma bela alternativa para viagens com três ou mais integrantes no grupo.

Se você quiser saber mais sobre travel hacking e como viajar mais barato, visite o meu site, o Trip Hacker.

Bom proveito, e boa viagem!

*Imagem destaque: splitshire.com

Quem escreveu

Armando Aguinaga

Data

02 de November, 2016

Share

Armando Aguinaga

O Armando é jornalista, digital creator e growth. Ele escreve para o CoP e para o Trip Hacker (o site dele) enquanto viaja o mundo em busca de cultura e novas tecnologias. Durante essa jornada, ele nos mostra dicas, técnicas e ferramentas que você vai usar para viajar de forma mais econômica e inteligente.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.