Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

SXSW

Cobertura pré e pós do SXSW 2020 com as melhores dicas: quais são as palestras, ativações, shows e festas imperdíveis no festival.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Cantando com a pequena sereia no Castro

Quem escreveu

Dani Valentin

Data

08 de September, 2015

Share

Primeiro, uma música para acompanhar o post:

Para quem não conhece, o Castro Theatre é um dos teatros mais bonitos em São Francisco. Construído em 1922, é um dos poucos lugares do país ainda em funcionamento dessa época, o design exterior faz lembrar uma catedral mexicana, enquanto no interior existem influências espanhola, oriental e italiana. O teatro é tão lindo, mas tão lindo, que até o bebedouro vira objeto para fotos.

f8grapher / Shutterstock.com
f8grapher / Shutterstock.com
O bebedouro mais bonito que já vi na vida
O bebedouro mais bonito que já vi na vida

Hoje a programação do teatro é composta majoritariamente por filmes cult ou clássicos, apresentações especiais, palestras de pessoas inspiradoras e sing-alongs. E é sobre esse último que eu quero falar, afinal, um pouco de breguice é bom para todo mundo. Na primeira vez que vim para São Francisco, eu já tinha visto que rolavam os sing-alongs no Castro. Na época, acho que era Rocky Horror Picture Show que estava passando e eu fiquei super interessada, mas infelizmente não consegui ir. Me prometi que iria na próxima vez que viesse.

Os espetáculos são uma daquelas coisas que você não pode perder quando visita a cidade, mesmo se sing-along não for o seu negócio. Ocorre uma ou duas vezes ao mês, sempre no final de semana. Isso varia um pouco, por isso é bom ficar de olho na agenda deles, mas é provável que sempre tenha alguma coisa no último final de semana do mês. Os dias também variam: é normal ir de sexta a domingo, mas às vezes é somente um dia. Ingressos são vendidos antecipadamente no ticketweb e custam em torno de 18 dólares.

O filme desse mês foi ‘A pequena sereia’ e eu consegui ir assistir no sábado passado. Eu tinha muito poucas lembranças desse filme, assisti quando era pequena e não assisti de novo. Peguei alguns vídeos das músicas no Youtube antes de ir, para relembrar e não fazer feio na cantoria hahaha.

Não tem lugar marcado no ingresso, por isso se quiser pegar um lugar decente, é bom chegar com uns 20 minutos de antecedência no lugar. Eu cheguei, mas resolvi tomar cerveja em um boteco na frente, ou seja, meu lugar era péssimo, mas nada que tire a diversão do evento todo. Logo de cara, você é recebido pela Ariel e pelo príncipe Eric, distribuindo brindes. No saquinho: uma coroa, um bastão que brilha no escuro, um vidrinho para fazer bolhas de sabão e um rolinho que quando apertado estoura. Tudo para ser usado durante a exibição do filme. O legal é que ao entrar na sala, todo mundo está com a sua coroa e seus bastões, sejam crianças, adultos ou velhinhos. Todo mundo entra no clima mesmo.

20150829_165009 20150829_164939 20150901_120401

Enquanto você espera dar a hora, um senhorzinho toca em um órgão os clássicos da Disney. Antes de tudo, as instruções. Nada muito fora do comum, só tentar manter a brincadeira saudável. Além disso, são dadas instruções do que fazer quando acontece alguma cena. Pois é, não é só cantar, mas quando a víbora aparece devemos fazer um zzz, quando a Ariel está quase beijando o príncipe é muac muac. E depois disso, chamaram todas as crianças que foram fantasiadas para um pequeno desfile na frente. Eram mais de 20 e uma mais bonitinha que a outra.

20150829_165030 20150829_165334

E assim começa o filme. As cantorias são tímidas, vão aumentando conforme o desenrolar do filme, mas na minha sessão ficou tímida até o final. Já os gritos para a Ariel não se deixar enganar pela Úrsula, esses eram mais calorosos. E palmas, sempre palmas depois de uma música. Os apetrechos entregues na entrada são todos usados sem censura.

Se vale a pena? Super vale! É um programa divertido, sem pretensões e você ainda tem a chance de conhecer um lugar lindo de morrer. Não recomendo para pessoas que têm pouco tempo na cidade, mas para todas as outras a dica é: Não fiquem envergonhados, aqueçam o gogó e encarnem a Mariah Carey que existe em vocês.

* Foto de capa: Dan Schreiber / Shutterstock.com

Quem escreveu

Dani Valentin

Data

08 de September, 2015

Share

Dani Valentin

A Dani gasta todo o seu dinheiro com viagens. Um de seus maiores orgulhos é dizer que já pisou em cinco continentes. É do tipo sem frescura, que prefere localização a luxo e não se importa de compartilhar o banheiro de vez em quando. Adora aprender palavras no idioma do país que vai visitar e não tem vergonha de bancar a turista.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.