Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

24 horas em Bordeaux, França

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

11 de February, 2015

Share

Bordeaux é uma cidade linda, a mistura do moderno com suas raízes medievais é elegante e encantadora. Parece uma cidade-boutique. A delegaciazinha, a floricultura, o teatro. A loja de doces. Muitas lojas de doce. É tão bucólico que você tem certeza que verá mini-pôneis a qualquer momento.

Mais que doces, só vinho. Vinho em Bordeaux é mais comum que água. Não é exagero. Você pede um prato, vem com vinho. O docinho, com uma tacinha de vinho. Quase certeza que o líquido que sai da fonte no parque é Sauvignon Blanc, mas não me certifiquei.

Como chegar

Bourdeaux tem aeroporto próprio, e é um vôo rápido de várias capitais.

O Aeroporto (Mérignac) é ligado facilmente pelo Ônibus 1 do Terminal B para o Place des Quinconces no centro. Por sua vez, lá tem o tram para qualquer lugar. Custa €1.50.

Mas também fica a apenas 2 horas de Paris pela TGV. Pode variar de 20 a 150 euros, quanto antes você comprar no site oficial da TGV, melhor. Às vezes o site da CI também vende passagens na Europa baratas, vale pesquisar.

Bordeaux
Bordeaux

O que fazer

Comece o dia visitando o Escritório de Turismo deles que é super equipado. Lá eles oferecem diretamente tours diários pela cidade, e tours de vinho para as cidades vizinhas (a preços bons). Aliás, você pode também visitar o site deles com antecedência.

Se for fazer o tour pela cidade a pé, também é bastante fácil.  Comece fazendo o download do guia da cidade:


Do escritório de turismo, vá até o Grand Theatre, a Ópera Nacional de Bordeaux, na Place de la Comedie.  Lá há visitas guiadas e vale a pena entrar, você pode marcar a ida online aqui ou lá no escritório de turismo mesmo.

Grand Theatre
Grand Theatre

No meio da manhã, não esqueça de provar um cannelé de Bordeaux, um docinho típico da região, ótimo com café. Tem uma história a ver com freiras que retiravam as gemas de ovos não usadas, ou algo assim, e faziam para vender. Mas não entendi direito porque não entendia patavina de francês na primeira semana de viagem.

Cannelé de Bourdeaux
Cannelé de Bourdeaux

De lá, você pode atravessar o centro da cidade até o Place de la Bourse (Place Royale). A construção é linda, o espelho d’água é divertido para gente de todas as idades, além de estar ao lado do Rio Garona. Perfeito para um picnic, ou andar, ou simplesmente ‘people-watch’. Atravesse o Rio e ande um pouco do outro lado também (principalmente se for no verão).

Place de la Bourse
Place de la Bourse

Para almoçar, a pedida é o Bistrot Gabriel. À noite, na parte de cima, é um restaurante Michelin star, mas eles tem um almoço por 29 euros com entrada, prato principal e sobremesa. Incrível!

Bistrot Gabriel
Bistrot Gabriel

Para umas compras à tarde, continue pela Rue Saint Catherine, onde você encontra desde boutiques famosas até lojas com preços bastante acessíveis. As lojas perto do Grand Theatre são boutiques incríveis, mas prepare seu bolso.

Rua Saint Catherine
Rua Saint Catherine

No final de tarde, que tal uma degustação de vinhos? A mais interessante é a que você compra no Max Bordeaux Wine Gallery and Cellar (14, cours de l’Intendance; 33-5-57292381; maxbordeaux.com), com um ‘vale degustação’ de 25 a 100 euros. Você escolhe o tamanho, coloca a taça embaixo de uma das milhares de opções. Tudo automatizado.

Para dar um tempinho de tanto vinho, uma das opções é o Ice Room (Hangar 19, Quai des Marques; 33-5-57-00-10-15; iceroom.fr). Uma mistura de ice bar, onde você pode tomar uma vodka a 20 euros, ou um salão branco para tomar uns bons drinks.

Para jantar uma opção super local é o Le Petit Commerce (22 rue du Parlement Saint-Pierre, + 33 5 56 79 76 58, le-petit-commerce.com), bem francês e cheio de gente jovem.

Le Petit Commerce
Le Petit Commerce

Falando em gente jovem, um bar-instituição de Bordeaux é o L’Apollo Bar (19, place Fernand Lafargue), ali ao lado do Petit Commerce. Cheio de jovens universitários.

L'Apollo Bar
L’Apollo Bar

Um pub divertido e com música ao vivo (dependendo do dia, a banda é boa!) é o House of Parliament (11 Rue Parlement Sainte-Catherine+33 5 56 79 38 03).

Houses of Parliament
Houses of Parliament

 

 

 

Mas se tiver mais animado, o Azuli tem dj no segundo andar com electro e house  (55, cours d’Alsace-Lorraine; 33-5-56-79-39-46).

Se estiver por lá, não esqueça de dedicar um dia para passear em Saint Emillion. Mas isso é tópico para outro post.

(A Vanessa viajou para França para Bordeaux, Paris e Nice com o apoio da CI para estudar Francês e culinária. Além de amar a viagem, voltou arrasando no Francês!) 

Créditos foto destaque: Viajenodetalhe

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

11 de February, 2015

Share

Vanessa Mathias

Seu exacerbado entusiasmo pela cultura, fauna e flora dos mais diversos locais, renderam no currículo, além de experiências incríveis, MUITAS dicas úteis adquiridas arduamente em visitas a embaixadas, hospitais, delegacias e atendimento em companhias aéreas. Nas horas vagas, estuda e atua com pesquisa de tendências e inovação para instituições e marcas.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.