De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

Porque passar o reveillon em Manila, capital das Filipinas

Quem escreveu

Gaía Passarelli

Data

20 de November, 2014

Share

A ilha capital das Filipinas é ponto de partida para praias de areia branca e mar transparente, alguns dos mais populares destinos de mergulho do mundo e resorts tropicais confortáveis. Mas Manila é também uma cidade rica em história, dividida em regiões distintas, pronta para ser explorada.

Centro da Revolução Filipina, que acabou com séculos de dominação espanhola, Manila tem uma história turbulenta que pode ser lembrada com visitas à sua antiga cidade murada, Intramuros. A imponente Catedral de Manila fica dentro da muralha e, destruída e reconstruída através dos séculos por guerras e desastres naturais, está na oitava versão. Manila também abriga a mais antiga Chinatown do mundo: Binondo tem pelo menos 400 anos e celebra a entrada do Ano Novo Chinês com uma festa própria com danças, dragões e serpentes gigantes, sempre entre janeiro e fevereiro.

O lado moderno de Manila pode ser visto nos muitos clubs da cidade e, de dia, principalmente na região da avenida Chino Roces. O Manila Contemporary é um dos locais que abriga exibições de arte, assim como o Ayala Museum.

A Catedral de Manila, por Frisno Boström via flickr / https://flic.kr/p/67pvGa
A Catedral de Manila, por Frisno Boström via flickr.

Porque ir: Para entender melhor a história da presença européia e norte-americana no Sudeste Asiático. Para experimentar uma vida noturna enérgica, em especial nas regiões de Greenbelt e Makati Avenue. E, como estamos na Ásia, para fazer refeições incrível: pense em muita carne de porco, frutos do mar, coco e lamens aromáticos. Não deixe a cidade sem experimentar a sobremesa chamada halo halo.

Fotos em Manila Bay por Ree Dexter via flickr
Fogos em Manila Bay por Ree Dexter via flickr.

O que fazer na virada: Encerre seu último dia do ano vendo o sol se pôr e tomando drinks no deck do Ocean Park. Hotéis como o Edsa Shangri-la fazem festas enormes, com banquetes. O tradicional Peninsula realiza uma festa de gala que na última edição teve O Grande Gatsby como tema. As ruas ficam tomadas de gente para ver a queima de fogos e é costume todo mundo carregar lanternas, velas, soltar foguetes e bater panelas e bastões – o barulho da festa espanta maus agouros. E há, claro, os clubs: Manila se orgulha de ter uma das melhores noites do mundo, com centenas de clubs por onde passam todos os DJs importantes do planeta. Veja a programação atualizada no ManilaClubbing.

Saiba mais
http://www.newyearsevemanila2015.com/

Foto destaque: Manila Bay por Andrew via flickr.

Quem escreveu

Gaía Passarelli

Data

20 de November, 2014

Share

Gaía Passarelli

Gaía Passarelli é paulistana de nascença, autora do livro "Mas Voce Vai Sozinha?"(Globo, 2016) e do blog How to Travel Light. Encontre-a em gaiapassarelli.com

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.