De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

24h na cidade do Porto

Quem escreveu

Gaía Passarelli

Data

12 de November, 2014

Share

Tão célebre quanto a capital Lisboa, Porto é a segunda cidade de Portugal e capital do norte do país. É uma cidade histórica e de trabalhadores, diferente de Lisboa (onde estava a nobreza) ou Coimbra (onde fica uma das universidades mais antigas da Europa). Conhecida como “a cidade invencível” por ter resistido à cercos e ter abrigado judeus e mouros durante a Inquisição, Porto é hoje uma capital de cultura e gastronomia, cheia de bares, restaurantes, lojas e galerias. É isso que justifica sua escolha como Melhor Destino Europeu em 2014, passando por cima de cidades como Viena e Milão.

Porto é uma cidade enérgica, onde dá tranquilamente para se perder por uns dias. Mas se você tem um dia só, tudo bem: aqui está o que você não pode deixar de ver. Chegar ali é fácil e também funciona como escala: há voos diretos do Brasil e a cidade tem uma das principais estações ferroviárias dessa parte da Europa. Portugal tem oferta enorme de design hostels modernos e bacanas, mas nada bate a experiência de alugar um quarto num prédio antigo. Muita gente jovem oferece casas e apartamentos no AirBnb, então se Porto está na sua rota, perca um tempinho procurando algo. A região da Miguel BombardaRosário, onde estão concentradas lojas, galerias e cafés, é a área legal para ficar.

Foto: Francisco Oliveira
Foto: Francisco Oliveira

Manhã: Rua das Flores

Uma porção de lojas, cafés e casas de chocolate se avizinham nessa rua transformada em calçadão. Dica: quanto mais longe da estação de trem, menos lojas de quinquilharias para turistas você verá.  Meu dia em Porto começou na Mercearia das Flores, que serve delícias orgânicas e locais. Mas há vários. Escolha um local, peça um café e um pastel de nata e comece o dia.

Depois de encher a barriga vale subir a rua em meio aos grupos guiados e entrar na estação São Bento: os murais de azulejos mostrando cenas de Portugal estão entre os mais belos do país. Continue o rolê até a , enorme catedral da cidade. Atrás dela, meio escondida, fica a Igreja de Santa Clara (cujas portas só abrem às 14h).

Foto: Gaía Passarelli
Uma manhã qualquer na Rua das Flores. Foto: Gaía Passarelli

Almoço: Taste of Porto Food Tour

Food tours são muito legais, e uma visita rápida a uma cidade fértil em opções gastronômicas pode ser a situação ideal para aproveitar algo assim. A Taste of Porto Food Tour dura algo cerca de três horas e meia. São seis paradas, começando no Mercado Municipal, o Bolhão, e terminando com degustação de vinhos na Taberna do Largo. O roteiro é feito caminhando e ouvindo as histórias do host André, um apaixonado pelo Porto que apresenta aos convidados locais que poderiam passar batido sem acompanhante. Como o pequeno restaurante Flor dos Congregados, já na terceira geração, escondido numa pequena viela no centro velho. O segredo é comer pequenas porções para conseguir experimentar tudo. Difícil, claro.

Detalhe do pequeno salão do restaurante Flor dos Congregados. Foto: Gaía Passarelli
Detalhe do pequeno salão do restaurante Flor dos Congregados. Foto: Gaía Passarelli

Tarde: Vila Nova de Gaia

A vista mais bonita do Porto fica em Vila Nova de Gaia, do outro lado do Douro – basta atravessar a imponente D. Luis I, ponte que liga as duas cidades. Em Vila Nova estão os armazéns dos produtores do vinho do Porto, muitos com nomes ingleses como Graham’s e Churchill. Um passeio bem mais original (e arejado!) é o Cantinho das Aromáticas, uma plantação de ervas aromáticas que exporta chás e temperos para vários restaurantes e hotéis na Europa. A visita é rápida mas deliciosa, com pausas para cheirar variedades de tomilhos e manjeronas. Um pombal do século XI domina a vista. Encerre tomando um chá na lojinha, onde também se vende sementes e óleos.

Foto: Gaía Passarelli
Foto: Gaía Passarelli

Pôr-do-sol: arte na Miguel Bombarda e chip and tonic com vista para o Douro

De volta a Porto dê uma caminhada pelo distrito das artes, nome dado ao entorno da Rua Miguel Bombarda onde estão concentradas pequenas galerias e lojas. No fim da tarde a movimentação de gente bacana é grande – tire uma horinha para abrir o apetite e admirar as criações de novos artistas “tripeiros” (o nome informal dos nativos do Porto).

Depois disso, volte para a beira do Douro: poucas experiências são mais agradáveis que beber um chip and tonic (vinho do Porto branco seco com água tônica e cítricos, leia mais aqui) vendo o lento rio passar. Basta caminhar pelo Cais do Ribeira e escolher uma mesa. Se quiser algo mais tranquilo, com boa comida e vista espetacular, procure o Virtudes, restaurante e wine bar.

Casas da Cais Ribeira, beirando o Douro. Foto: Edna Winti
Cais do Ribeira, beirando o Douro. Foto: Edna Winti

Noite: Casa da Música

Balada? Sim, a cidade tem. Uma caminhada na região da Miguel Bombarda é suficiente pare encontrar flyers e a programação atualizada da cidade. Mas que tal algo totalmente diferente, como assistir uma apresentação numa sala de concertos projetada pelo holandês Rem Koolhaas? Obrigatória para quem pira em arquitetura, a Casa da Música fica um pouco fora do centro, na região da Boavista. Inaugurada em 2001, quando Porto foi Capital Européia da Cultura, é linda por fora e por dentro. E a programação nunca pára.

Foto: Wojtek Gurak
Foto: Wojtek Gurak

Late night: comer uma francesinha

Não tem nada de “inha” aqui. Esse sanduíche de prato é onipresente e quase sinônimo de comida do Porto. Livremente inspirado no croque monsieur francês, leva presunto, queijo, pão, carne e vem num prato cheio de batatas fritas, coberto por um saboroso molho de carne cor de ferrugem. Cada restaurante e família tem sua receita e cada apreciador tem sua preferida. Dizem que se perguntar para dez pessoas, você terá dez respostas diferentes.

O blog Oporto Cool, que dá dicas bacanas da cidade, indica a francesinha servida no Bufete Fase, considerada “a francesinha por excelência”. Mas quem fica aberto até mais tarde é o Café Santiago, que desde 1959 serve a francesinha que alguns citam como a melhor da cidade. Peça “com um fino” e sinta-se local.

Foto: Nuno Cardoso
Foto: Nuno Cardoso

*foto destaque Neirfy – shutterstock.com

Quem escreveu

Gaía Passarelli

Data

12 de November, 2014

Share

Gaía Passarelli

Gaía Passarelli é paulistana de nascença, autora do livro "Mas Voce Vai Sozinha?"(Globo, 2016) e do blog How to Travel Light. Encontre-a em gaiapassarelli.com

Ver todos os posts

Comentários

  • Já passei férias em Porto Seguro e até visitei a reserva de índios no Monte Pascoal. Gostei muito. Por isso espero que os amigos Brasileiros a visitar o Porto e passar férias nas montanhas do Douro. Espero que gostem.
    - Manuel Simao
    • O Douro é das coisas mais maravilhosas desse planeta
      - Priscilla Dieb
  • Thanks for the info ! I'm in love with this city ! Follow me on facebook : https://www.facebook.com/home.portugal.immo?ref=hl I'll share good info too :-)
    - Home Portugal
  • Sou paulistana e vivo no Porto. Conheço e vivo o Porto como uma legítima tripeira. Completamente apaixonada pelo Porto. O Porto é meu porto. Muito bom artigo! De fato não bastam 24hs no Porto. É uma cidade pequena mas com muita coisa fixe (legal) para ver e fazer. Vale ainda visitar a Rota do Chá na Miguel Bombarda, o Tuareg na Cordoaria, o Armazém do chá tem sempre bons concertos para a galera do Rock, o Hard Club, os jardins do Palácio de Cristal, no Cais de Gaia tem um barzinho simpático chamado Pé D'Água, que tem a minha francesinha favorita, a noite as Ruas do Piolho/ Adega Leonor e Galerias de Paris são tomadas por uma multidão, ponto de encontro de todos, madrugada adentro nas ruas, bares e clubes.
    - Janne Alves de Souza
    • Concordo contigo. O Porto é uma cidade fascinante. O jardim do Museu de Serralves, o Parque da Cidade, caminhar pela orla na Av. Brasil, ou pela R. do Ouro, margeando o rio Douro.
      - George
  • Oi Gaía, adorei o seu artigo. Captou bem alguns dos locais e experiências mais cool da cidade. E fico feliz por ter gostado. Obrigado!
    - O PORTO COOL
  • Muito obrigada pelo artigo. Venham ao Porto.Adoramos mostrar aos turistas a nossa linda cidade!
    - Rita
    • E que cidade linda vocês têm <3
      - Gaía Passarelli
  • Taste of Porto Food Tour na lista!!!
    - Priscilla Dieb
    • Ah, você fez? :D
      - Gaía Passarelli
      • Não... Tá na lista agora pro Natal... Vamos todo ano, o marido é de lá. Tá delícia o guia
        - Priscilla Dieb
  • Fiz o tour com degustação na Graham's e super recomendo.
    - Gui S
    • Eu fiz a da Real Companhia Velha, que é cheia de história e muito interessante. Mas o que mais gostei em Vila Nova foi esse jardim de ervas mesmo.
      - Gaía Passarelli

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.