Os melhores eventos do mês de janeiro em Curitiba

Quem escreveu

Cristiano Castilho

Data

25 de January, 2018

Share

Patrocínio

Festa da Rádio Kombi – Pré-Psicodália

Foto: Emilia Senapeschi

O Carnaval já bate na porta (já?) e um destino certeiro desde sempre é o Festival Psicodália 2018, um pequeno paraíso intocado em meio a esse mundo muito louco. Antes do evento, que tem em seu lineup Jorge Ben Jor, Arrigo Barnabé, Lô Borges e muitos outros, a pedida é um esquenta com as músicas balançantes da Rádio Kombi, a rádio “oficial” do festival. Na pista, além de amor gratuito, música brasileira, funk, latinidades, balcan music e outras coisas boas. Ah, você pode concorrer a um par de ingressos para o Psicodália doando um rádio 220v ou bivolt – ele será essencial no carnaval.

Festa da Rádio Kombi – Pré-PsicodáliaSábado (13.01) às 17h. R$5.
A Caiçara – Rua Claudino dos Santos, 90, Largo da Ordem.

Só o Soul Salva de Verão

Foto: Divulgação

Aquele soul maroto com talco a gosto. Nem bem o ano começou e a lendária festa Só o Soul Salva chega chegando, com Janine Mathias, DJ Zost, Isa Todt e Sooundman Pako mandando o melhor do neo soul, northern soul, R&B e uma pitada de funk. Pra dançar até o verão acabar.

Só o Soul Salva de Verão. Sábado (13.01) às 22h. R$30.
Paradis Club – Rua Paula Gomes, 306.

Pera aí, que tem mais

Também no Paradis, a Festa Brasilidades começa o ano no pique, com “samba, suor e sacanagem”. A MPB não careta invade o Paradis pra ajudar a aquecer este verão com carinha (até agora) de outono. No som, Gil PretoGabriel Castro e a dupla estrondosa Téo Ruiz & Estrelinski Ruiz.
Brasilidades – Samba, Suor e Sacanagem. Sexta-feira (12.01) às 22h. R$30.
Paradis Club – Rua Paula Gomes, 306.

Hits cafonas de todas as épocas estão na programação do Pré-Carnaval Cafonalha, que vai do brega ao axé, do pagode ao batidão em duas cervejas. Pra dançar como e com quem quiser ao som de Luís Giusti (Funketon), Gil Preto (Brasilidades) e Gabriel Castro.
Pré-Carnaval Cafonalha. Sexta-feira (19.01) às 22h. R$30.
Paradis Club – Rua Paula Gomes, 306.

O 351 abre o jardim para a Festa das Excluídas Edição Verão, que traz André CardosoJacconAna Guimarães, e Bila Sampaio para dar uma aquecida no seu corpitcho.
Festa das Excluídas Edição Verão. Domingo (21.01) às 15h. R$12.
351 – Rua Trajano Reis, 351, São Francisco.

10afinados&daí, o “pior-melhor bloco da cidade”, abre os trabalhos carnavalescos com um arrastão do bem na Rua São Francisco. Batucada, fantasia e purpurina são bem-vindos.
Berro de Carnaval. Sábado (13.01) às 16h20. Gratuito.
Rua São Francisco, Centro.

Tem mais pré-carnaval!

Saca só os dias em que nossos bloquinhos preferidos estarão nas ruas:

Saí do armário e me dei bem: 12 e 26 de janeiro, Paço da Liberdade
Garibaldis e Sacis: 20, 21, 27 e 28 de janeiro; 3 e 4 de fevereiro. Locais e horários ainda não divulgados
10afinados & daí?: 13, 20 e 27 de janeiro; 3 e 17 de fevereiro, Funerária da Rua São Francisco
Bloco Burlesco Cachorras: 19.01 e 2.02, Bar da Paulina – Rua Jaime Reis
SiriBloco: 11.01, Erva Doce Bar – R. Paula Gomes
Bloco Carnavalesco Segura O CUritiba: 13 de janeiro, Fidel Bar; e 11 de fevereiro no Largo das Artes
Urso do Seu Lourenço: 12 de fevereiro em Morretes e 13 de fevereiro em Curitiba
Bloco Brasilidades e Juana Profunda: 21 de janeiro no Samba Pastel & Birita, Rua São Francisco 

Quem escreveu

Cristiano Castilho

Data

25 de January, 2018

Share

Patrocínio

Cristiano Castilho

Curitibano, é graduado em jornalismo pela UFPR e pós-graduado em jornalismo literário pela ABJL. Foi repórter, editor e colunista do jornal Gazeta do Povo. Trabalha na Rádio Educativa de Curitiba, é editor do blog Pista 1, no portal Bem Paraná, e colaborador da revista VICE Brasil.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.