De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

As boas do feriado no Recife: 12.10

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

10 de October, 2017

Share

Patrocínio

El Contacto

A Phalanx Formation toca as próprias músicas ao vivo. Foto: Mariana Rodrigues

A Phalanx Formation é um dos mais interessantes projetos de música eletrônica autoral já surgidos no Recife. A dupla, que toca as composições ao vivo, tem um som que combina uma herança colorida da disco music (e ramificações) e um suingue do soul com uma atmosfera quase sombria, em um resultado bem indescritível. Eles participam dessa festa conceitual El Contacto, organizada pelo coletivo de DJs Pop Briseiro (vale a pena ver o vídeo, os poemas e o ensaio fotográfico produzidos por eles).

El Contacto. Quarta (11.10) às 22h. Ingressos de R$ 10 a R$ 20.
Miami Pub. Rua Manoel Borba, 693, Boa Vista, Centro.

Maledita

Celebrar as divas da música pop eternas e meteóricas é uma das propostas da Maledita, ja bastante consolidada na noite recifense, promovida pelo coletivo Golarrolê. Cher, Donna Summer e Madonna estão entre as padroeiras da festa, que nunca vai deixar de tocar também Britney, Lady Gaga, Mariah Carey, Jennifer Lopez, Anitta e outras menos previsíveis estrelas cadentes ou ascendentes. Além de dançar com os DJs Thikos, Gooz e Xande, o público deve ir ao delírio com o show da drag queen bebêzinha natalense Kaya Conky.

Maledita. Quarta (11.10) às 23h. Ingressos: R$ 30.
Biruta. Rua Brazópolis, 148, Brasília Teimosa, Pina.

Peraí que tem mais

Excepcionalmente, a reunião do clubinho de DJs será na véspera do feriado (mas vai rolar novamente também na sexta-feira 13).
Iraq Club. Quarta (11.10) às 22h. Ingressos: R$ 10.
Rua do Sossego, 179, Boa Vista.

A quinta do Pátio de Santa Cruz começa no Texas e segue para a promessa de virote no Toca.
Baile Embrazado. Quinta (12.10) primeiro às 20h (Texas) e depois às 23h (Toca). Ingressos: Grátis (Texas) e R$ 10 (Toca).
Texas Café Bar. Rua Rosário da Boa Vista, 163, Boa Vista, Centro.
Toca. Rua de Santa Cruz, 84, Boa Vista, Centro.

O clima das antigas “festas de prédio” será resgatado. Será que vai tocar música lenta?
Assustado Anos 80. Sexta (13.10) às 22h. Ingressos: R$ 10 (grátis antes de meia-noite).
Mansão do Amor. Rua da Madre de Deus, 268, Bairro do Recife, Centro.

Aquele quintal sempre imprevisível estará aberto para quem ainda não conheceu.
Sexta-Feira 13 do Lesbian Bar. Sexta (13.10) às 22h. Ingressos: R$ 5.
Mesbla. Rua Conde d’Eu, 77, Santo Amaro, Centro.

Mais uma prévia explosiva do Coquetel Molotov com os DJs Aslan Cabral, RA UL e Carol Born.
Nordestinys Child. Sábado (14.10) às 22h. Grátis.
Barchef. Avenida 17 de Agosto, 1893, Poço da Panela.

Catapultada pelo videoclipe Não Pode Esquecer o Guanto, a assassina paraense renasceu com tudo e chega ao Recife em festa para apenas 50 pessoas.
Leona Vingativa & Aleijada Hipócrita. Sábado (14.10) às 21h. Ingressos: R$ 15.
Queens. Rua Professor Júlio Ferreira de Melo, 769, Boa Viagem.

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

10 de October, 2017

Share

Patrocínio

Júlio Cavani

Durante três meses em Nova York em 2010, Júlio não trabalhou e nem estudou. dedicou todos os dias e noites da viagem a shows, exposições e cinemas. Na verdade, a vida dele é assim o ano inteiro, todos os anos, em qualquer cidade onde esteja. Quando trabalha, procura sempre algo relacionado a arte, filmes e música. Quando tem tempo livre, busca as mesmas coisas (ou ambientes com muita natureza). Também desenvolve os próprios projetos artísticos, influenciado por tudo o que vê e ouve. Ele ainda é conhecido por conseguir provar que sempre é possível encontrar coisas legais para fazer no Recife e por estar em vários lugares ao mesmo tempo.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.