As boas do fim de semana em São Paulo: 13.04

Quem escreveu

Tava Passando

Data

12 de April, 2018

Share

Black Mantra e BNegão tocando Tim Maia Racional

Há 20 anos perdíamos a voz, a irreverência e o balanço gostoso de nosso eterno rei do soul Tim Maia. E para prestar uma mais que merecida homenagem, a banda Black Mantra se junta ao sempre afiado BNegão para tocarem faixas dos discos mais famosos e cultuados do síndico, os dois volumes do Racional (ouça acima). Compostos e gravados quando Tim estava imerso na Cultura Racional, as músicas dos dois plays refletem uma espécie de purificação forçada na vida atribulada do cantor – que logo em seguida se desencantou com a seita e voltou à rotina de excessos. Além da reprodução da obra de Tim, a noite ainda terá o Tamenpi e o DJ Hum no comando do mixer, para esquentar ainda mais a noite. Um show que transpira groove por todos os poros!

Black Mantra e BNegão tocam Tim Maia Racional. Quinta (12.04) às 23h. Ingressos: De R$ 30 a  R$ 15.
Cine Joia. Praça Carlos Gomes, 82, Liberdade

Odair José – “O lado B da Censura”

Se você acha que Odair José é só aquele cantor brega que toca sem parar na rádio AM, já passou da hora de reconhecer que ele é muito mais do que isso e um dos nomes mais importantes da MPB. Injustiçado pela crítica mas adorado pelo público, Odair tem um lado pouco comentado de sua história, quando era perseguido pela censura nos anos 70, visto que suas letras abordavam temas complexos para a época, como prostituição e a famosa pílula anticoncepcional. Ele teve mais de 40 músicas que não passaram pelo crivo dos generais, um número talvez maior até do que Chico Buarque. Nesta série de shows, o cantor revisita esse lado obscuro de sua discografia, em especial o maravilhoso “Filho de José e Maria” (ouça acima), um disco incompreendido pelos fãs, gravado numa fase em que Odair só queria saber de beber e fumar maconha e que causou certo espanto, tanto pelos temas quanto pela sonoridade, muito mais funky do que seus trabalhos anteriores. Acompanhado de ninguém menos que o Azymuth (banda que o acompanhou nas gravações originais), Odair mostra que tem o nome gravado no panteão da música brasileira.

Odair José – “O Lado B da Censura”. Sexta (13.04) às 21h. Ingressos: a partir de R$ 12.
Odair José e Azymuth – O Filho de José e Maria. Sábado (14.04) às 21h e domingo (15.04) às 18h. Ingressos: a partir de R$ 12.
Sesc 24 de Maio. Rua 24 de Maio, 109, Centro

1º Festival Flowresta

Organizado pela novata produtora Flowresta, a primeira edição de seu festival homônimo chega com atrações muito bacanas e divertidas. Além das apresentações dos DJs Rodrigo Bento (Pilantragi), Tahira e das minas incríveis do Feminine Hi-Fi, vai rolar uma homenagem aos Secos & Molhados – por conta da banda Camarão Blues – e também a banda que acompanhou Itamar Assumpção por toda sua carreira, a Isca de Polícia. Mas a grande atração da noite é a reunião da banda Samuca e a Selva com o cantor e compositor Siba (ouça acima), um encontro tão exótico quanto dançante. Com preço do ingresso bastante justo, corre lá para garantir o seu porque estão acabando!

1º Festival Flowresta. Sábado (14.04) às 21h. Ingressos: a partir de R$ 30.
Teatro Mars. Rua João Passalaqua, 80, Bela Vista

Peraí que tem mais

A banda de jazz contemporâneo convida a cantora Izzy Gordon para show gratuito.
Música no Vão – Mental Abstrato convida Izzy Gordon. Quinta (12.04) às 18h. Gratuito.
Vão do MASP. Avenida Paulista, 1578, Bela Vista

Ingressos esgotadíssimos para o ídolo latino americano!
Jorge Drexler. Sexta (13.04) às 20h. Ingressos: esgotados.
Casa Natura Musical. Rua Artur de Azevedo, 2134, Pinheiros

O nome desse show é muito bom, Leoni & Leonardo!
Leo Jaime e Leoni. Sexta (13.04) às 21h. Ingressos: a partir de R$ 50.
Teatro Bradesco. Rua Palestra Itália, 500 (Shopping Bourbon – Loja 263), Perdizes

Uma das bandas mais legais dessa nova leva do groove vai dar um rolê na gringa!
Nomade Orquestra. Sexta (13.04) às 23h. Ingressos: R$ 20.
Mundo Pensante. Rua Treze de Maio, 830, Bela Vista

Isto deve ser lindo demais!
Tias Baianas Paulistas. Sábado (14.04) às 16h30. Gratuito.
Casa-Museu Ema Klabin. Rua Portugal, 43, Jardim Europa

Banda de garagem, clima de boteco, som alto, boné de caminhoneiro, o pacote completo!
Garagera c/ Doctor Explosión (ESP), Voodoo Brothers & SixKicks. Sábado (14.04) às 20h. Ingressos: a partir de R$ 15.
Breve. Rua Clélia, 470, Pompeia

Os artistas que fizeram a imersão no Pulso 2018 apresentam o resultado de seus trabalhos.
Showcase #1 Red Bull Music Pulso. Sábado (14.04) às 17h. Gratuito.
Red Bull Station. Praça da Bandeira, 137, Centro

A banda mais casca-grossa da juventude inicia sua turnê pelas periferias.
Rakta. Sábado (14.04) às 20h. Gratuito.
CCJ – Centro Cultural da Juventude. Avenida Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha

Depois daquele clipe maravilhoso, vamos lá conferir como o rapper se apresenta ao vivo.
Triz Rutzats. Sábado (14.04) às 21h. Ingressos: R$ 20.
Al Janiah. Rua Rui Barbosa, 269, Bela Vista

O DJ do inesquecível grupo carioca Quinto Andar toca junto com o parça Black Alien.
DJ Castro convida Black Alien. Sábado (14.04) às 23h. Ingressos: R$ 20.
Mundo Pensante. Rua Treze de Maio, 830, Bela Vista

A cantora maranhense lança seu segundo disco, cheio de coco, xaxado, tambor de criola e xote!
Alexandra Nícolas. Sábado (14.04) às 0h. Ingressos: R$ 34.
Canto da Ema. Avenida Brigadeiro Faria Lima, 364, Pinheiros

A diva Linn da Quebrada lança seu primeiro vinil, pelo selo da própria Fatiado.
Linn da Quebrada. Domingo (15.04) às 18h. Gratuito.
Fatiado Discos e Cervejas Especiais. Avenida Professor Alfonso Bovero, 382, Perdizes

Quem escreveu

Tava Passando

Data

12 de April, 2018

Share

Tava Passando

Tavapassando e cliquei. Danilo Cabral e Flavia Lacerda registram seu dia a dia e todos os lugares por onde estão passando, em um mini-guia de shows, restaurantes, ruas e pixos no Instagram.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.