As boas do fim de semana em São Paulo: 13.04

Quem escreveu

Tava Passando

Data

12 de April, 2018

Share

SP-Arte/2018

sp arte, bienal, ibirapuera, feira, arte contemporânea, moderna, galerias, exposições

Fim de semana de arte pulsando na cidade! O SP-Arte rola até domingo na Bienal, se estabelecendo como uma plataforma de intercâmbio cultural e artístico entre curadores, colecionadores, artistas, renomadas galerias, obras e admiradores das artes. A programação super intensa reúne dezenas de exposições individuais e coletivas de 132 galerias renomadas do mundo, palestras, performances (com cinco trabalhos de longa duração), lançamentos editoriais, encontros com autores, seção “repertório” com recortes artísticos cronológicos, setor dedicado exclusivamente ao design com mobiliário, iluminação e antiguidades, e muito muito mais. Quatro dias pra mergulhar na arte moderna e contemporânea tanto na Bienal como na cidade toda.

SP-Arte/2018. Quinta (12.04) a sábado (14.04) das 13h às 21h, domingo (15.04) das 11h às 19h. Ingressos: a partir de R$ 45 (inteira) e R$ 20 (meia).
Pavilhão da Bienal. Parque Ibirapuera, portão 3. Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, Vila Mariana

“São Paulo, fora de alcance” de Mauro Restiffe

mauro restiffe, IMS

Depois de sua famosa série de fotos sobre o bairro da Luz e a Cracolândia, e de seus registros sobre as mudanças para a Copa do Mundo, agora Mauro Restiffe traz seu olhar único de São Paulo em uma nova individual no IMS. São Paulo, fora de alcance é o resultado das caminhadas do fotógrafo por bairros centrais e periféricos como Brás, República, Pinheiros, Vila Congonhas e Itaquera apresentando a cidade, o espaço urbano e seus habitantes a partir de sua poética artística, sempre registrada com uma Leica, em preto e branco, com filme de alta sensibilidade.

“São Paulo, fora de alcance” de Mauro Restiffe. De sábado (14.04) às 11h até 26.08, de terça a domingo das 10h às 20h (quintas até as 22h). Gratuito.
IMS Paulista. Avenida Paulista, 2424, Consolação

Outras aberturas de exposições

exposições, galerias, vernissage, poesia concreta

Pelo visto abril é o mês das artes em São Paulo! Depois da enxurrada de novas exposições na semana passada, essa não fica atrás, com novas mostras no Sesc Pompeia, Galeria Superfície, Baró, casa triângulo e muitas outras. Algumas que a gente mais curtiu: “Lugares do Delírio” com 150 trabalhos – entre instalações, mapas, performances, pinturas e objetos – sobre o universo da loucura; “A Poesia e as Artes Visuais” com artistas de distintas gerações (como Ferreira Gullar, Leonilson, Lygia Clark, Mira Schendel, Paulo Bruscky e mais) que destacam o uso da palavra; “MitoMotim” com obras de Waly Salomão, Rosângela Rennó e muitos outros a partir do Acervo Histórico Videobrasil; “Dos meus comunistas cuido eu” do pernambucano Lourival Cuquinha acerca da estrutura fundiária brasileira e “Sem Título”, individual com 15 trabalhos inéditos do artista paulistano Rodolpho Parigi.

Mostra Lugares do Delírio. De terça (10.04) até 01.07, de terça a sábado das 10h às 21:30, domingos das 10h às 19:30. Gratuito.
Sesc Pompeia. Rua Clélia, 93, Pompeia
A Poesia e as Artes Visuais. A partir de terça (10.04), até 30.05, de terça a sexta das 10h às 19h, sábados das 11h às 17h. Gratuito.
Galeria Superfície. Rua Oscar Freire, 240, Jardim Paulista
MitoMotim. Quinta (12.04) às 19h, até 28.07.
VideoBrasil. Avenida Imperatriz Leopoldina, 1150, Vila Leopoldina
Dos meus comunistas, cuido eu – Lourival Cuquinha. A partir de terça (10.04) às 18h. Gratuito.
Baró Galeria. Rua da Consolação, 3417, Cerqueira César
Rodolpho Parigi: Sem título. A partir de terça (10.04). Gratuito.
casa triângulo. Rua Estados Unidos 1324, Jardins

Peraí que tem mais

O fotógrafo apresenta séries em que a paisagem marinha é vista a partir da linha d’água, característica principal do seu trabalho.
Linha D’água, de José Diniz. A partir de terça (10.04) às 19h. Gratuito.
DOC Galeria. Rua Aspicuelta, 145, Vila Madalena

As cantoras Alessandra Leão e Ava Rocha batem papo dentro da programação do Red Bull Music Pulso.
Como a energia feminina se tornou protagonista da música atual. Quinta (12.04) às 20h. Gratuito (com inscrições).
Red Bull Station. Praça da Bandeira, 137, Centro

A Casa de Vidro abre ao público com expo que resgata o ambiente original da residência dos Bardi.
A Casa como Casa. Quinta (12.04) até 02.06, de quinta a sábado às 10h15, 11h45, 14h e 15h30. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).
Casa de Vidro. Rua General Almeiro de Moura, 200, Morumbi

Seminário sobre os têxteis da Coleção MASP Landmann de Arte Pré-Colombiana.
MASP Seminários  – Arte Pré-Colombiana. Sexta (13.04) das 10h às 16h. Gratuito.
MASP. Avenida Paulista, 1578, Bela Vista

A história do mobiliário a partir da coleção de móveis expostos na Casa-museu Ema Klabin.
Uma história do mobiliário na Coleção Ema Klabin. Sábado (14.04) às 11h. Gratuito.
Fundação Ema Klabin. Rua Portugal, 43, Jardim Europa

Retrospectiva do artista paraense Emmanuel Nassar com produções que provocam reflexões sobre o “erudito” e o “popular”.
Emmanuel Nassar: 81-18. Sábado (14.04) às 11h. Gratuito.
Pinacoteca Estação. Largo General Osório, 66, Centro

Série de trabalhos que buscam uma leitura mitológica da realidade através da apropriação de signos e símbolos.
Crônicas de Papel | Gustavo Prata. Sábado (14.04) às 16h. Gratuito.
SUB Galeria. Rua Padre Justino, 672, Butantã

Mostra que abrange todo o trabalho do artista, que já participou da Bienal de Veneza e duas vezes da Bienal de São Paulo.
Claudio Tozzi. A partir de terça (10.04) às 19h. Gratuito.
Galeria Houssein Jarouche. Rua Estados Unidos, 2205, Jardim América

Mais de 60 peças sonoras, mídias musicais e aparelhos eletrônicos que traçam um panorama da música mecânica programada e automática ao redor do mundo.
Do Toque ao Clique: a História da Música Automática. A partir de sexta (13.04) até 29.07, terça a sexta das 10h às 21:30, sábados das 10h às 20:30, domingos das 10h às 18:30. Gratuito.
Sesc Vila Mariana. Rua Pelotas, 141, Vila Mariana

Quem escreveu

Tava Passando

Data

12 de April, 2018

Share

Tava Passando

Tavapassando e cliquei. Danilo Cabral e Flavia Lacerda registram seu dia a dia e todos os lugares por onde estão passando, em um mini-guia de shows, restaurantes, ruas e pixos no Instagram.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.