De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

As boas do mês de maio em Salvador

Quem escreveu

Fernanda Slama

Data

28 de April, 2018

Share

Dia Nacional do Reggae

Israel Vibration. Monstro Musical na terra do dendê. Foto: Divulgação (fonte: site surforeggae).

Uma grande celebração vai acontecer para o Dia Nacional do Reggae. Dois grandes eventos na cidade garantem ótimos encontros de grandes artistas. Um no representativo Centro Histórico da cidade, Pelourinho e outro no “caldeirão” da Fonte Nova. Se prepara porque vai ser só pedrada de musicalidade e positividade! Começa no sábado, dia 05 de maio, na Arena Fonte Nova a festa fica por conta das atrações: Israel Vibration, Ponto de Equilíbio, Nkulee Dube, Haikass e Cacife Clandestino. No outro fim de semana, o Pelô é tomado de boas energias: Ras Mateus, Bruno Natty e DJ Raiz part. Victor Badaró, Deni Rodrigues, Busta Mavi e Fabiana Rasta. Vai ser lindo!

DHZ Festival. Reggae e Rap na Arena – Israel Vibration, Ponto de Equilíbio, Nkulee Dube, Haikass e Cacife Clandestino. Sábado (05.05). Ingressos: pista R$80 / R$40 / Lounge R$140 / R$70.
Arena da Fonte Nova, Salvador.

Dia Nacional do Reggae – Ras Mateus, Bruno Natty e DJ Raiz part. Victor Badaró, Deni Rodrigues, Busta Mavi e Fabiana Rasta. Sexta (11.05), às 19h. Ingressos: $10 / $15.
Largo Tereza Batista. Rua Gregório de Matos, 6. Pelourinho, Salvador.

ILLY em Salvador

Apontada como uma das promessas da Música Popular Brasileira contemporânea, a cantora Illy faz show de lançamento do seu novo clipe, Voo Longe. No repertório da artista baiana radicada no Rio de Janeiro, releituras – que vão de Ângela Maria e Fagner a Magary Lord e Edson Gomes – além de canções do seu elogiado recém lançado primeiro álbum, Voo Longe. O disco tem produção de Alexandre Kassin e Moreno Veloso e composições da turma da extinta Confraria da Bazófia e de Arnaldo Antunes, Djavan, Chico César, Jonas Sá, Quito Ribeiro, Cézar Mendes, Pretinho da Serrinha, J,Velloso, Alexandre Leão, entre outros. A abertura da noite fica por conta de Arnaldo Almeida, ex-integrante da Confraria da Bazófia e que assina três faixas do disco da cantora: “Djanira”, “Ela” e “Algo mais”.

Illy. Quinta (10.05), às 22h. Ingresso: R$20. Commons Studio Bar. R. Odilon Santos, 224. Rio Vermelho, Salvador.

Fafá de Belém

Fáfa de Belém faz show inédito no TCA. Foto: Caio Gallucci (Fonte: revistayacht.com.br)

Sucesso em todo o Brasil, Fafá de Belém apresenta show inédito este mês no TCA. Uma artista com uma carreira marcante na música brasileira, Fafá de Belém, mais uma vez, inova e apresenta um espetáculo totalmente diferente em sua rica trajetória. Convidou Paulo Borges para a concepção geral e direção e, juntos, ousaram em um formato diferenciado que poderá ser conferido no palco. A concepção parte de um resgate artístico e emocional da cantora. Percorre suas atitudes, gestos, memórias, referências, visões de Belém do Pará, uma verdadeira viagem em torno da história da artista. Projeções acontecerão durante todo o espetáculo. As canções do novo CD, também chamado “Do Tamanho Certo Para Meu Sorriso”, serão apresentadas junto com clássicos emblemáticos da carreira de Fafá.

Fafá de Belém. Sábado (12.05), às 21. Ingressos: R$ 150 / R$ 75 / R$ 120 / R$ 60 / R$ 100 / R$ 50. Sala Principal do Teatro Castro Alves. Campo Grande, Salvador. 

Chico Buarque

Chico no TCA. Foto: Divulgação / Leo Aversa.

Chico Buarque desembarca em Salvador com a turnê “Caravanas”, de 17 a 20 de maio, no Teatro Castro Alves. A turnê é inspirada no álbum homônimo lançado pela Biscoito Fino. Os elogios à estreia de “Caravanas” foram unânimes. A sofisticada costura do roteiro também foi enaltecida pela crítica: “O script é meticulosamente arquitetado pelo autor, como se fossem capítulos de um romance. Por meio dos versos ou da sonoridade, tudo está conectado”, “tudo faz sentido no roteiro do show dentro da intenção de abrir alas para o povo e o artista do Brasil”. O show traz ainda 19 canções de diferentes décadas, do início dos anos 1960 até hoje.  Com duração de aproximadamente 1h30, o roteiro inclui duas parcerias de Chico com Tom Jobim, “Retrato em branco e preto” e “Sabiá”, que nunca estiveram presentes em seus espetáculos oficiais. O espetáculo é dedicado a Wilson das Neves, que faleceu no ano passado. Para relembrar uma canção composta com o parceiro e tradicional baterista de várias turnês, Chico interpreta “Grande Hotel”.

Chico Buarque – Caravanas. De quinta a sábado (17, 18, 19.05), às 21h. Domingo (20.05), às 20h.  Ingressos: R$ 490 / R$ 245 / R$ 380 / R$ 190 / R$ 320 / R$ 160.
Sala Principal do Teatro Castro Alves, Campo Grande, Salvador.
Importante: Os ingressos poderão ser parcelados em duas vezes no cartão.

Lenine Em Trânsito

Foto durante a Gravação do dvd. Foto: Divulgação / Rogério von Krüger.

Lançamento nacional da turnê “Lenine em Trânsito”, que marca o lançamento do 13º disco docantor. O set list reserva canções inéditas, além dos hits que marcaram sua trajetória, como“Todas elas juntas num só ser” (parceria com Carlos Rennó) e “É o que me interessa” (comDudu Falcão). A direção musical fica por conta de Bruno Giorgi, que também assume aguitarra, efeitos e vocais ao lado de JR Tosti (guitarra e vocais), Guila (baixo, synth e vocais) ePantico Rocha (bateria e vocais).

Lenine Em Trânsito. Sábado (19.05), às 19h. Ingressos: R$60 /R$30 / R$80 / R$40.
Concha Acústica do Teatro Castro Alves. Praça Dois de Julho,s/n, Campo Grande. Salvador.

NEOJIBA no TCA – Ricardo Castro como solista

NEOJIBA noTCA. Foto: Lenon Reis / Assessoria

O concerto reúne a Orquestra Juvenil da Bahia, a Orquestra Castro Alves e o Coro Juvenil. Depois de estrear em abril com ingressos esgotados, a série NEOJIBA no TCA, em sua segunda edição, traz ao palco do Teatro Castro Alves as principais formações do Programa. Com o tema Contrastes, o concerto apresenta obras europeias e latino-americanas de diferentes séculos. O pianista e maestro Ricardo Castro será solista no Concerto para Piano e Orquestra em lá menor, de Robert Schumann. A Orquestra Juvenil da Bahia se apresenta sob a regência do diretor musical Eduardo Torres, e do maestro venezuelano Eduardo Salazar, e será acompanhada pelo Coro Juvenil na cantata Christ lag in Todesbanden, de Johann Sebastian Bach. Já a Orquestra Castro Alves estará sob a batuta do maestro Marcos Rangel. Compositores como Camargo Guarnieri, Alberto Ginastera, Gustav Holst e Giuseppe Verdi, além de Schumann e Bach, estão no programa da noite. Destaque para Abertura Festiva, de Guarnieri; Estancia, de Ginastera; e Júpiter, o mensageiro da alegria, de Holst.

NEOJIBA no TCA – Orquestra Juvenil da Bahia. Coro Juvenil do NEOJIBA. Orquestra Castro Alves. Solista: Ricardo Castro Regência: Eduardo Torres, Eduardo Salazar e Marcos Rangel. Quinta (03.05), às 19h. Ingressos: R$ 4 / R$ 2.
Sala Principal do Teatro Castro Alves. Campo Grade, Salvador. 

Mateus Aleluia

O grande Mateus Aleluia durante a coletiva de imprensa para o show e lançamento do livro ‘Nós os Tincoãs’. Foto: Fernanda Slama

Uma visão em um pôr do sol em Luanda inspirou Mateus Aleluia no segundo disco solo da carreira: “Fogueira Doce”. “É um vermelho que não distorce, um fogo que não queima, só faz aquecer”, conta o cantor e compositor, que cria com suas músicas uma cosmogonia própria, passeando entre temas da cultura afro brasileira, do candomblé e da filosofia para, enfim, desaguar no amor. O lançamento do álbum acontece em uma curta temporada de apresentações em três grandes cidades do país: Brasília, São Paulo e Salvador. “Fogueira Doce” chegou às principais plataformas digitais no dia 26 de abril. Esta é a primeira vez que o artista tem suas músicas disponíveis para download e streaming. Na canção “Convênio de Orum”, conta com a participação especial do amigo Carlinhos Brown. Também tem participações especiais de dois filhos de Mateus Aleluia: Fabiana e Mateus Aleluia Filho. O show em Salvador conta ainda com as participações de Rebeca Tárique e o Maestro Ubiranta Marques.

Mateus Aleluia. Terça (08.05), às 20h. Ingressos: R$ 40 / R$ 20.
Sala Principal do Teatro Castro Alves. Campo Grande, Salvador.

Morgana Moreno e Marcelo Rosário

A flautista Morgana Moreno e o violonista Marcelo Rosário apresentam “Nascente”, show que marca a volta da dupla ao Brasil. Após seis anos vivendo entre Alemanha e Holanda, a volta para casa traz um reencontro com a música brasileira: no repertório releituras da MPB, choros e composições próprias exaltam a riqueza musical do nosso país. Lançando mão de uma formação intimista – flauta e violão – os músicos dialogam através de improvisação, com liberdade e de uma maneira mais despojada. O formato duo permite que os músicos deem visibilidade à essência dos seus instrumentos e à afinidade artística e musical de ambos.

Nascente. Morgana Moreno e Marcelo Rosário. Terça (22.05), às 20h. Ingressos: R$40 / R$20. Teatro Sesi Rio Vermelho. Rua Borges dos Reis, 9, Rio Vermelho, Salvador.

Vanessa da Mata

Vanessa da Matta com o show “Caixinha de Música”. Foto: Divulgação.

Chegou a vez de Salvador receber o show “Caixinha de Música” da cantora Vanessa da Mata. Fruto de CD e DVD homônimos, “Caixinha de Música” traz novas composições, além dos hits de sucesso que tornaram a cantora e compositora mato-grossense conhecida em todo o Brasil. Após três anos rodando o país com as turnês “Segue o Som” e o projeto intimista “Delicadeza”, Vanessa volta com novidades trazidas no mais novo trabalho. Gravado ao vivo, em duas noites de maio, em São Paulo, o show, reúne três novas canções da artista, além da faixa que dá nome ao novo trabalho. Ela apresenta ainda “Orgulho e Nada Mais” e “Gente Feliz”, também registrada em faixa bônus com uma das maiores revelações da cena brasileira, o grupo BaianaSystem.

Vanessa da Mata. Sexta (25.05), às 21h. Ingressos: R$ 150 / R$ 75  / R$ 120 / R$ 60 / R$ 90 / R$45.
Sala Principal do Teatro Castro Alves. Campo Grande, Salvador. 

Peraí que tem mais

Já comece a se preparar para fazer as malas e procurar pousadas. O tradicional Festival de Lençóis, na Chapada Diamantina, retorna depois de um ano sem edição para shows de peso: Àttooxxá, Saulo Fernandes, Tributo a Raul Seixas, Maria Rita, The Baggios e muito mais. Festival de Lençóis. De 31 de maio a 02 de junho. Lençóis, Chapada Diamantina, Bahia. Mais informações, neste link.

O sempre magnífico jazz ao por do sol que já virou um clássico dessa cidade. Figura carimbada daquela lista “Tem que ir” de Salvador!
Jam no Mam. Sábados (05, 12, 19 e 26.05), às 18h. Ingressos: R$8/R$4.
Museu de Arte Moderna da Bahia. Solar do Unhão. Av. Contorno, Salvador.

Os moradores tem um carinho enorme. Os turistas piram! AAAaah! Gerônimo e seus clássicos que cantam a essência da Bahia!
Gerônimo e convidadosToda as terças (01, 08, 15, 22 e 29.05), às 20h. Ingressos: R$40 / R$20.
Largo Tereza Batista. Rua Gregório de Matos, 6. Pelourinho, Salvador. 

Quem escreveu

Fernanda Slama

Data

28 de April, 2018

Share

Fernanda Slama

Foi em uma Festa de Iemanjá, que Fer pediu o Mau em namoro. Depois de anos trabalhando nas fábricas da China, a designer carioca mudou de mala e cuia para Salvador e juntou os quadros na mesma parede que o empresário baiano. São daqueles que não perdem um show, estão sempre na balada, nos melhores restaurantes e exposições. Vivem por ai! Ele conhece a cidade tão na palma que o seu insta é um dos mais bombados. Ela se deleita, deixando o coração tremer com tanta cultura, céu azul e água morna! Instagram: @salvadormeuamoroficial e @salveamoroficial

Ver todos os posts

Comentários

  • Falô, falô; falô....mas nao falô o dia, Local e horário......Não adiantou de nada.. .
    - Douglas
    • Oi Douglas, essa introdução é um resumo do que vai rolar, mas aí tem as seções de cada coisa (festa, show, comida, etc) onde tudo está detalhado com as informações gerais, incluindo endereço, valor, etc... é só clicar nas abas correspondentes. Você fez isso?
      - Lalai Persson

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.