De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

As boas do mês de julho em Belo Horizonte

Quem escreveu

Tiago Belotte

Data

03 de July, 2018

Share

Exposição “Memória do Filme”

Foto: Eustáquio Neves

Já são 16 anos que Beagá não recebe uma exposição do fotógrafo mineiro Eustáquio Neves. Só esse já é um bom motivo pra conferir os trabalhos que ele desenvolveu de lá pra cá. Além disso, ele traz uma série inédita pra apresentar aqui, “Memórias do filme”, que também é um novo passo em sua trajetória. Olha só o que ele diz sobre isso: “Nesta série inédita, percebo que já me sinto maduro o suficiente para ‘minimalizar’ o meu trabalho. Trato o filme de uma ‘forma errada’, uma maneira que ele não foi feito para ser usado. Em outras palavras, dou uma canseira no filme, e o que sobra é o resultado final da imagem que será exposta. Trago também algumas matrizes do meu acervo, que nunca saíram da minha casa. Então o visitante poderá ver alguns dos processos de quem ainda trabalha com filme”.

Exposição “Memória do Filme”. De segunda a sexta, das 10h às 19h; aos sábados das 10h às 14h; até 7 de Julho. Entrada Gratuita.
Galeria de Arte GTO, Sesc Palladium. Av. Augusto de Lima, no 420, Centro

Mostra “Cartografia imaginária: a cidade e suas escritas”

Foto: Lucas Dupin

Uma cidade é também feita de palavras. Não importa o suporte, elas aparecem em todo canto e de alguma maneira traduzem o espírito do lugar. A mostra faz um mergulho na alma verbal de Belo Horizonte e reúne um acervo de múltiplos formatos, constituído por elementos iconográficos (mapas, pinturas, fotografias, lambes, stickers,etc.), literários (primeiras edições de livros, jornais e revistas; poemas e trechos de narrativas), audiovisuais (vídeos, animações) e de artes visuais, a intenção da curadoria é lançar um olhar contemporâneo sobre a história urbana da capital.

Mostra “Cartografia imaginária: a cidade e suas escritas”. De terça à domingo, das 9h às 21h; até 8 de julho. Entrada gratuita.
Galeria de Arte GTO, Sesc Palladium. Av. Augusto de Lima, 420, Centro

Palestra “Carmen Schneider Guimarães: A menina da ilha nas serras mineiras”

Foto: Divulgação

Maria Inês Marreco, doutora em Literatura de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, apresenta uma visão da obra de Carmen Schneider Guimarães, ocupante da cadeira cinco da Academia Mineira de Letras. A obra “Senhoras e Senhores das Artes” ganha especial atenção na análise, bem como o discurso proferido pela Academia em 2003 em homenagem à Carmen e ao dia das mães.

Palestra “Carmen Schneider Guimarães: A menina da ilha nas serras mineiras”. Sexta (06.07) a partir das 17h.
Academia Mineira de Letras. Rua da Bahia, 1.466, Lourdes

Lap03: Festa + Exposição comemorativa – 2 anos Galeria Déjàvu

Foto: Ana Luiza Sampaio

A Galeria Déjàvu tá completando 2 anos de sua vida digital e pra comemorar resolveu fazer uma exposição lá no Guaja. Seu acervo é feito de imagens exclusivas, captadas por fotógrafos consolidados, mas também aqueles que estão começando ou experimentando. No total, 20 fotógrafos independentes, a maioria de Minas Gerais, tem trabalhos originais na galeria. E quinta, dia 12/07, é hora de abrir a exposição e comemorar com degustação de vinhos oferecida pelo Agnaldo Lana da Adega DOC. É gratuito, mas é preciso retirar seu ingresso.

Lap03: Festa + Exposição comemorativa – 2 anos Galeria Déjàvu. Quinta (12.07) das 19h às 23h. Gratuito
Guaja. Av. Afonso Pena, 2881, Funcionários

Peraí, que tem mais

Lançamento oficial do livro de Djamila Ribeiro e bate-papo sobre feminismo negro e literatura com a atriz e dramaturga Grace Passô.
Lançamento do livro “Quem tem medo do feminismo negro?”. Quinta (05.07) a partir das 19h30. Gratuito
Sesc Palladium. Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro

Quem escreveu

Tiago Belotte

Data

03 de July, 2018

Share

Tiago Belotte

Tiago Belotte é apenas um curioso que nas horas vagas está à frente do CoolHow – laboratório de inteligência criativa sediado em Belo Horizonte. Aliás, BH é cidade de nascimento, mas é também uma escolha. Tanto que junto com dois amigos fundou o Beagá Cool – prêmio que virou distrito de negócios criativos, ousados, originais e locais.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.