De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

As boas do fim de semana no Rio de Janeiro: 10.08

Data

09 de August, 2018

Share

Djonga

O rapper Djonga | Foto: Divulgação

Nova sensação do rap, o mineiro Djonga sobe ao palco do Viaduto de Madureira, neste fim de semana, para oficializar o lançamento do elogiado álbum “O menino que queria ser Deus”. A noite empoderada também tem as participações de Dree Beatmaker e dos DJs Negralha, Tamy e Bruno X.

Djonga no Viaduto de Madureira. Sexta-feira (10.08), às 22h. Ingressos a partir de R$ 30, aqui.
Viaduto de Madureira. Rua Carvalho de Sousa, s/nº – Madureira.

Alcione

A cantora Alcione | Foto: Divulgação

Para os fracos ou para os fortes, Alcione é sempre o remédio certo. Diz aí: nunca curou uma fossa com o rádio ligado na tal estranha loucura? Jamais encerrou uma noite num karaokê, com a voz imitando os graves da loba? Por isso tudo e mais um pouco, é preciso assistir (ao menos uma vez) ao show da Marrom. Neste finde, ela entoa clássicos do repertório no Vivo Rio – de “Você me vira a cabeça” e “Meu ébano” a “Sufoco” e “Faz uma loucura por mim”. Um clássico é um clássico.

Alcione – Eu Sou a Marrom. Sexta-feira (10.08), às 22h. Ingressos a partir de R$ 150, aqui.
Vivo Rio. Avenida Infante Dom Henrique, 85 – Aterro do Flamengo.

Zélia Duncan

Zélia Duncan canta no teatro da Caixa Cultural | Foto: Roberto Setton

Aos fãs ardorosos de Zélia Duncan, eis a chance de ver a cantora bem de pertinho. Neste finde, ela apresenta um show intimista, em formato voz e violão, tête-à-tête com o público. O repertório inclui apenas os sucessos do repertório da artista, como “Alma”, “Catedral” e “Improvável”.

Zélia Duncan no Teatro Caixa Nelson Rodrigues. Sábado (11.08) e domingo (12.08), às 20h. Ingressos a R$ 20 (balcão) e R$ 30 (plateia).
Caixa Cultural (Teatro Nelson Rodrigues). Avenida República do Chile, 230 – Centro.

Peraí, que tem mais

De volta de uma turnê elogiada em Portugal, a banda Cícero & Albatroz lança, enfim, seu quarto de disco de inéditas aqui no Rio. O resultado é uma expansão da sonoridade indie já explorada nos outros trabalhos. Vale prestar atenção.
Cícero & Albatroz no Galpão Ladeira das Artes. Sexta-feira (10.08), às 20h30. Ingressos a partir de R$ 40, aqui.
Galpão Ladeira das Artes. Rua Conselheiro Lampreia, 225 – Cosme Velho.

BNegão descansa um pouquinho a voz, mas ataca de DJ, com sets de bass e dancehall. Coisa inédita, hein. Showzaço.
BNegão Bota Som. Quinta-feira (09.08), às 21h. Ingressos a partir de R$ 15, aqui.
Ganjah Lapa. Rua do Rezende, 82 – Lapa.

A cantora Rita Benneditto celebra 15 anos do premiado disco “Tecnomacumba” com uma apresentação especial no Teatro Rival.
Tecnomacumba – 15 Anos. Sexta-feira (10.08), às 20h. Ingressos a partir de R$ 35, aqui
Teatro Rival. Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro.

O tremendão Erasmo Carlos volta aos palcos para lançar o disco “Amor é isso”, em que se joga (de peito aberto!) sobre canções românticas. Imperdível.
Erasmo Carlos no Circo. Sábado (11.08), às 22h. Ingressos a partir de R$ 50, aqui.
Circo Voador. Rua dos Arcos, s/nº – Lapa.

Em nova formação (sem o vocalista João Cavalcanti, que deixou o grupo), o Casuarina lança o CD “+100”, em show que estabelece proximidade com o público. Há sambas inéditos no trabalho.
Casuarina – Lançamento do CD “+100”. Sexta-feira (10.08), às 21h. Ingressos a partir de R$ 25, aqui.
Theatro NET. Rua Siqueira Campos, 143 – Copacabana.

Save the date

Depois de rodar a Europa com uma turnê em formato voz e violão, Mallu Magalhães anunciou uma surpreendente série de shows que faria no Brasil. Foi tudo muito rápido, tanto que ela já está aqui. Na quarta-feira, a cantora sobe ao palco do Theatro NET para entoar canções antigas e atuais do seu repertório.
Mallu Magalhães – Voz e violão. Quarta-feira (15.08), às 21h. Ingressos a partir de R$ 60, aqui.
Theatro NET. Rua Siqueira Campos, 143 – Copacabana.

Data

09 de August, 2018

Share

Filipe Isensee e Gustavo Cunha

Filipe nasceu em Salvador, mudou-se aos 9 anos para Belo Horizonte e, aos vinte e poucos, decidiu encarar o Rio de Janeiro. Há quatro anos conheceu Gustavo, cria da capital fluminense. Jornalistas culturais, gostam de receber amigos em casa e ir ao cinema. Cada vez mais são adeptos de programas ao ar livre - sempre que podem, incluem no passeio Chaplin, esperto vira-lata adotado há um ano.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.