De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

As boas do feriado no Rio de Janeiro: 01.05

Quem escreveu

Luiza Vilela

Data

26 de April, 2018

Share

Encerramos abril no Rio de Janeiro com um feriadão (sorte de quem emenda) ou pelo menos um final de semana com bis na terça, o que já é uma delícia. Sexta-feira tem tanta festa que você pode decidir no cara ou coroa. Estamos muito ansiosos pro show de lançamento do disco do Heavy Baile, assim como para a estreia do “Vingadores: Guerra Infinita”. Teremos ainda a controversa Batata Frita de Marechal na House of Food da VOID e a Babilônia Feira Hype pra quem já quiser adiantar a compra do presente de dia das mães. No mais, a Lua Cheia vem aí na segunda e, com ela, além de meditação, mais uma rodada de festas fervidas pra todo mundo acordar de ressaca no dia do trabalhador. Mais merecido impossível!

*Foto em destaque: Heavy Baile por Vincent Rosenblatt

Quem escreveu

Luiza Vilela

Data

26 de April, 2018

Share

Luiza Vilela

Luiza S. Vilela é paulistana naturalizada capixaba, mas foi parar no Rio pra cursar letras há 12 anos e nunca mais saiu. Fugiu da vida acadêmica pra escrever, produzir conteúdo e, mais recentemente, casar pessoas. Já coordenou a editoria de FVM e Culinária da Revista Capitolina e contribuiu com Matador, Noo, Rio Etc, Modices e tantas outras. Bate um papo reto sobre literatura, claro, mas também sobre moda, culinária, feminismo e esportes. Site: www.luizaescreve.com

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.