As boas do fim de semana no Rio de Janeiro: 07.06

Quem escreveu

Luiza Vilela

Data

07 de June, 2018

Share

Manie e o Passeio Surrealista Dansante

O que acontece quando uma das festas mais legais e diferentes do Rio se encontra com o novo bloco mais surrealista do pedaço? Bom, primeiro acontece esse flyer lindo de morrer, arte do Andrei Yurievitch. Depois acontece uma festa insana, com direito a participação do Dali Saiu Mais Cedo. Locação ainda revelar, mas ali pelo Santo Cristo. Espere ouvir: Electro Swing, RetroBeats, Vintage Remix, Swing, New Jazz e outros ritmos quentes. Cata lá o soundcloud dos migos. 

Manie e o Passeio Surrealista Dansante. Sábado (09.06) às 23h. Ingressos a partir de R$20, aqui.
Local a ser anunciada – Santo Cristo. 

Vaca Profana – Arraia Profano

Está mais do que aberta a temporada das FestArraiás (e dos flyers bonitos, aparentementch). Sexta-feira, para entrar no finde chutando a porta, e com direito à barraca do beijo mais fervida que este River of January já viu. Pode ir montadx, pode não ir. Pode tudo na Vaca Profana, gente. E toca de tudo também.

Vaca Profana – Arraia Profano. Sexta (08.06) às 23:30. Ingressos a partir de R$ 1o, aqui.
Espaço Bella Vista. Avenida Silvio de Noronha, 359 – Aterro do Flamengo. 

Peraí, que tem mais

Mais um arraiá dos bons, dessa vez daqueles bem tradicionais. Este será o terceiro ano da festa no Beco das Sardinhas, no Largo da Paróquia de Santa Rita, Centro Histórico do Rio de Janeiro. Imperdível pra quem gosta de uma boa quermesse!
Pois era noite de São João {Arraiá do Beco das Sardinhas} 3 anos. Sábado (09.06) das 13h às 22h. Gratuito.
Beco da Sardinha – Centro.

Como sabem inventar fervinhos dominicais gostosos esses rapazes da Comuna. A novidade agora é a Cava Cava, para reunir vendedores e entusiastas de vinil. Com um sonzinho rolando, porque ninguém é de ferro.
Cava Cava • 1ª Feira de Discos na Comuna. Domingo (10.06) das 11h às 17h. Gratuito.
Rua Sorocaba, 585 – Botafogo. 

Sucesso no Rio, em Sampa e em minas, a festa CHØCK se une à mostra Corpos Visíveis, na feira TAPA, com a missão de fazer um ode à visibilidade e fortalecimento da juventude LGBTQI+. Toca hip hop, pop, funk carioca e muito mais. Para encerrar o evento com gás.
CHØCK + Corpos Visíveis @ParqueMadureira. Domingo (10.06) das 14h às 20h. Gratuito.
Parque Madureira. 

Quem escreveu

Luiza Vilela

Data

07 de June, 2018

Share

Luiza Vilela

Luiza S. Vilela é paulistana naturalizada capixaba, mas foi parar no Rio pra cursar letras há 12 anos e nunca mais saiu. Fugiu da vida acadêmica pra escrever, produzir conteúdo e, mais recentemente, casar pessoas. Já coordenou a editoria de FVM e Culinária da Revista Capitolina e contribuiu com Matador, Noo, Rio Etc, Modices e tantas outras. Bate um papo reto sobre literatura, claro, mas também sobre moda, culinária, feminismo e esportes. Site: www.luizaescreve.com

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.