De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do fim de semana no Rio: 03.08

Quem escreveu

Luiza Vilela

Data

02 de August, 2018

Share

The And

Inspirada livremente nas peças pós segunda guerra de Beckett (pelas fotos, mais precisamente em “Happy Days”), a peça “The And” leva ao palco do SESC Copacabana uma personagem errante, expulsa de todos os lugares, incapaz de se calar, contando a própria historia movida pelo desejo de encontrar um local para ficar quieta e sossegada. Com dramaturgia de Isabel Cavalcanti, a peça levanta a pergunta: “O que se pode tentar ainda?” , refletindo sobre a nossa estarrecedora realidade. Isabel divide a direção com o ator e diretor Claudio Gabriel.

The And. De 27 de julho a 26 de agosto. Sextas e Sábados às 19h, Domingos às 18h. Ingressos a partir de R$ 15, no local.
SESC Copacabana. Rua Domingos Ferreira, 160 – Copacabana. 

Respeita, cep 20.000

Pra quem não sabe ou nunca foi a um CEP, fica a dica do documentário acima, que conta parte da imensa história da noite de microfone aberto mais incrível e mais antiga do Rio. Nesta quinta, o microfone é só das mulheres, depois de um incidente horrível na última edição – uma das poetas que iria ler se deparou com o homem que tentou estuprá-la na plateia. As minas voltam agora com uma edição do CEP dedicada ao respeito. Vai ser histórico, aconselho muitíssimo não perder.

CEP 20.000 – Respeita. Quinta (02.08) às 20h. Ingressos a R$ 5, na porta.
Espaço Cultural Sérgio Porto. Rua Humaitá, 163 – Humaitá.

Peraí, que tem mais

O Kiev Ballet, uma das maiores companhias de dança clássica do mundo, está de volta ao Brasil como parte de uma inédita turnê pela América do Sul, e vai apresentar na  Jeunesse Arena dois espetáculos deslumbrantes: “Dom Quixote” e “Paquita”.
Kiev Ballet | Rio de Janeiro.
Domingo (05.08) às 18h. Ingressos a partir de R$ 70, aqui.
Jeunesse Arena. Av. Embaixador Abelardo Bueno, 3401 – Barra da Tijuca. 

Criação do ator e diretor Fabricio Moser, o solo autobiográfico Laura retorna ao circuito na Sala Baden Powell, em Copa. A peça parte de um inventário de objetos, lembranças e fotografias familiares, entrevistas e registros em vídeo, arquivos e objetos reais de uma mulher assassinada por seu amante em 1982.
Laura, de Fabricio Moser. De 4 a 27 de agosto. Sábados, domingos e segundas às 19h. Ingressos a partir de R$ 20, aqui.
Sala Baden Powell. Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 160 – Copacabana. 

Quem escreveu

Luiza Vilela

Data

02 de August, 2018

Share

Luiza Vilela

Luiza S. Vilela é paulistana naturalizada capixaba, mas foi parar no Rio pra cursar letras há 12 anos e nunca mais saiu. Fugiu da vida acadêmica pra escrever, produzir conteúdo e, mais recentemente, casar pessoas. Já coordenou a editoria de FVM e Culinária da Revista Capitolina e contribuiu com Matador, Noo, Rio Etc, Modices e tantas outras. Bate um papo reto sobre literatura, claro, mas também sobre moda, culinária, feminismo e esportes. Site: www.luizaescreve.com

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.