Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Natura no SXSW

A Natura participou do Festival SXSW, maior evento de economia criativa do mundo, fazendo parte do movimento #BrazilInspiresTheFuture.

As boas do fim de semana no Recife: 13.04

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

12 de April, 2018

Share

Nasuave com MC Igu

Show do paulista MC Igu vai reunir também a galera da cena Trap recifense. Foto: Olebac Films

O Trap tá em alta já faz algum tempo. É uma vertente do rap, só que com batidas mais lentas, graves mais pesados, som imersivo, balanço sensual, clima sombrio e uma orgulhosa galerosidade. Um dos principais nomes do movimento nacional é MC Igu (integrante do grupo Recayd Mob), que chega ao Recife pra cantar na festa Nasuave. É uma chance pra se atualizar também na cena local, com shows de Femigang, 600ml, 9K, Lucas Gaki, LC Gang e do fenômeno jaboatonense Og Thug.

Nasuave com MC Igu. Sexta (13.04) às 21h. Ingressos: R$ 40.
Estelita. Avenida Saturnino de Brito, 385, Cabanga.

Forró Astral: Pré-Temporada Junina

Ainda falta passar abril e maio, mas os recifenses já começaram a organizar festas pré-juninas. A banda Forró na Caixa, que toca sábado no Poço da Panela, está na ramificação da mesma árvore genealógica de Mestre Salustiano, Luiz Paixão, Mestre Ambrósio, Chão e Chinelo, Rabecado, Comadre Fulozinha e Quarteto Olinda. O som da rabeca é o eixo do grupo, que faz músicas próprias e versões para clássicos da MPB e do forró, também com forte influência de Cavalo Marinho. A presença do cantor Martins no vocal de algumas canções gera uma suavidade dançante que reforça o estilo próprio do todo. Os shows são certeiros e é por isso que têm sido sempre recomendados aqui neste guia.

Forró Astral #3: Pré-Temporada Junina. Sábado (14.04) das 17h às 22h. Ingressos: R$ 20 (ou antecipado com desconto).
Casa Astral. Rua Joaquim Xavier de Andrade, 104, Poço da Panela.

Peraí que tem mais:

Banda com som instrumental afrofunkjazzístico no primeiro andar do lendário prédio que já abrigou um hotel-pensão.
Selva. Quinta (12.04) às 21h. Ingressos: R$ 15 (dois por R$ 20).
Texas Café Bar. Rua Rosário da Boa Vista, 163, Pátio de Santa Cruz, Boa Vista, Centro.

Aninha Martins faz um pocket show após apresentação da peça Ela x Ele Na Cidade Sem Fim.
Festival Transborda. Sexta (13.04) às 19h. Ingressos: R$ 15 (meia/ social) e R$ 30 (inteira).
Sexto Andar. Edifício Pernambuco, Avenida Dantas Barreto, 324, Bairro de Santo Antônio, Centro.

O bar que fica na beira da floresta agora recebe a banda Well e o DJ Enzoo.
Sexta-Feira 13. Sexta (13.04) às 20h. Ingressos: R$ 10 (com direito a uma cerveja 600ml, caipirinha ou caldinho).
Quilombo Experimental. Estrada Velha dos Macacos, 248, Dois Irmãos (rua lateral da Biblioteca da UFRPE).

Festa com coco, ciranda, samba-reggae e rap para confirmar a boa fase da cena musical camaragibense.
Sambada de Tuia. Sábado (14.04) das 19h às 5h. Grátis.
Gruta Bar. Rua Carlos Alberto, 70, Vila da Fábrica, Camaragibe.

Reunião dos eternos The Fevers, Pholhas e Fernando Mendes, com renda revertida para o Hospital do Câncer.
Show Beneficente. Sábado (14.04) às 21h. Ingressos: R$ 40.
Classic Hall. Avenida Agamenom Magalhães, Salgadinho, Olinda.

Novo show do cara que tem todo um importante histórico e busca renovação, apesar de ser associado demais aos mesmos suecessos repetidos pelas rádios.
João Bosco. Sábado (14.04) às 21h. Ingressos a partir de R$ 50.
Teatro RioMar. Shopping RioMar. Avenida República do Líbano, 251, Pina.

As bandas Flamboyant, Ela e o Bando, Colt Brothers e Luamarte mostram sua originalidade ao vivo.
Folk-Se. Domingo (15.04) às 15h. Ingressos: R$ 10.
Estelita. Avenida Saturnino de Brito, 385, Cabanga.

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

12 de April, 2018

Share

Júlio Cavani

Durante três meses em Nova York em 2010, Júlio não trabalhou e nem estudou. dedicou todos os dias e noites da viagem a shows, exposições e cinemas. Na verdade, a vida dele é assim o ano inteiro, todos os anos, em qualquer cidade onde esteja. Quando trabalha, procura sempre algo relacionado a arte, filmes e música. Quando tem tempo livre, busca as mesmas coisas (ou ambientes com muita natureza). Também desenvolve os próprios projetos artísticos, influenciado por tudo o que vê e ouve. Ele ainda é conhecido por conseguir provar que sempre é possível encontrar coisas legais para fazer no Recife e por estar em vários lugares ao mesmo tempo.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.