Bombay Saphire no Festival Path

Está pronto para inspirar-se, provocar-se e despertar a mais pura criatividade que existe em você? Acompanhe as novidades do Festival Path, com Bombay Sapphire!

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

As boas do fim de semana no Recife: 11.05

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

10 de May, 2018

Share

Borogodá

Victor Zalma é um mestre na arte dos bregas clássicos e contemporâneos. Foto: Fernando Peres

Lá vêm eles… Tudo começou em São Paulo, mas agora é o Recife que aproveita. Os DJs Victor Zalma e Henrique Koblitz voltaram a morar na terra natal e trouxeram consigo a festa ex-paulistana Borogodá, dedicada principalmente aos estilos clássicos do brega, com uma rica pesquisa musical irresistivelmente dançante. Além dos dois residentes, o DJ Calani (RJ) também participa como convidado desta edição especial dedicada às dores de cornos e variações. O horário é quase uma matinê, com previsão de término para meia-noite (então ainda dá tempo de esticar depois para outras paradas).

Borogodá da Cabeça Enfeitada. Sábado (12.05) às 16h. Ingressos: R$ 10 (antecipado até esta quinta) e R$ 15.
Sexto Andar. Edifício Pernambuco. Avenida Dantas Barreto, 243, Bairro de Santo Antônio, Centro.

Peraí que tem mais:

A Budega chega na Bodega. Música brasileira, mesas, som de vinil e rua.
Melodia de Budega no Antigo. Sábado (12.05) das 17hh às 23h. Grátis.
Bodega do Véio. Esquina entre a Avenida Rio Branco e a Rua Mariz de Barros, Bairro do Recife, Centro.

As performances de Kaya Conky e Byanka Nicoli devem ser o auge da festa, mas os oito (!) DJs podem surpreender.
Carola Drag Open Bar. Sábado (12.05) às 23h. Ingresos: R$ 75.
Espaço Almirante (antigo Vapor 48). Cais das Cinco Pontas, Bairro de São José, Centro.

Festa-parceria entre coletivos da diversificada nova cena eletrônica hellcifense com as DJs Nadejda, Avenoir, Luna, Cortz, Cherolainne e Iara (Pop Briseiro).
Rebuliço Revérse: Curadoria Maddam. Sábado (12.05) às 22h. Ingressos de R$ 10 a R$ 20.
Dez Dez Pub. Rua do Lima, 100, Santo Amaro, Centro.

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

10 de May, 2018

Share

Júlio Cavani

Durante três meses em Nova York em 2010, Júlio não trabalhou e nem estudou. dedicou todos os dias e noites da viagem a shows, exposições e cinemas. Na verdade, a vida dele é assim o ano inteiro, todos os anos, em qualquer cidade onde esteja. Quando trabalha, procura sempre algo relacionado a arte, filmes e música. Quando tem tempo livre, busca as mesmas coisas (ou ambientes com muita natureza). Também desenvolve os próprios projetos artísticos, influenciado por tudo o que vê e ouve. Ele ainda é conhecido por conseguir provar que sempre é possível encontrar coisas legais para fazer no Recife e por estar em vários lugares ao mesmo tempo.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.