De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

As boas do fim de semana em São Paulo: 11.05

Quem escreveu

Tava Passando

Data

10 de May, 2018

Share

Novas exposições no MAM

O Museu de Arte Moderna de São Paulo inaugura 3 novas exposições essa semana! O artista Ismael Nery ganha a mostra “Feminino e masculino”, que não é para especialistas, mas sim pensada para os novos públicos que não conhecem sua obra, reunindo nus, figuras, retratos e autorretratos, danças, cenários e obras surrealistas, pioneiras do gênero no Brasil. “A marquise, o MAM e nós no meio” é um conjunto de obras do acervo do museu que se articula com uma agenda de performances, oficinas e shows na Marquise, misturando história e presente. Já o “Projeto Parede Crepe Garden” é uma obra de Gustavo Rezende que multiplica personagens em situação de vigilância e de confronto físico, utilizando fita crepe.

Novas exposições no MAM. A partir de quarta (09.05) até agosto. Terça a domingo, das 10h às 18h. Ingressos: R$ 7.
MAM. Parque Ibirapuera, Avenida Pedro Alvares Cabral, s/nº, Vila Mariana

Glu-Glu – Amelia Toledo

A renomada artista Amelia Toledo, que faleceu ano passado, criou nos anos 60 uma de suas mais celebradas invenções: a icônica escultura em vidro e líquido com tensoativo “Glu-Glu”. A obra, um “chocalho” com um líquido espumante que cria bolhas quando é agitado, foi criada para gerar essa relação tátil com o público e agora, 50 anos depois, ganha 50 múltiplos em uma edição certificada e assinada!

Glu-Glu – Amelia Toledo. Quinta (10.05) às 19h. De terça a sexta das 11h às 19h, sábados das 11h às 17h. Gratuito.
55SP. Rua Barão de Tatuí, 377, Santa Cecília

Todos os Gêneros – Mostra de Arte e Diversidade

Por 10 dias no Itaú Cultural acontece a Todos os Gêneros – Mostra de Arte e Diversidade, em sua quinta edição, dessa vez com o tema “vida soropositiva”. O evento convida o público a tratar do assunto – e de outras questões ligadas ao corpo, à afetividade, à sexualidade e à diversidade. Tem muita coisa que vai rolar: mesas de debate (como “Desconstruindo o HIV” e “Novos Rumos do Tratamento do HIV/Aids“), performances, peças de teatro, cinema (com uma mini-mostra com 10 curta-metragens), lançamento do livro “Tente Entender o que Tento Dizer – Poesia HIV/Aids” e ainda festa e show do cantor Almério.

Todos os Gêneros – Mostra de Arte e Diversidade. De quinta (10.05) até 20.05, vários horários. Gratuito.
Itaú Cultural. Avenida Paulista, 149, Paraíso

Peraí que tem mais

Instalação interativa que mixa os sons dos batimentos cardíacos dos participantes e os reverbera no ambiente.
Empatias Mapeadas. Até domingo (13.05), quinta a sábado das 9h às 22h, domingos das 10h às 19h. Gratuito.
Sesc Avenida Paulista. Avenida Paulista, 119, Paraíso

O fotógrafo traz uma linha de fotos impressas de movimentos das águas, diferente de sua linha urbana.
MECAIntro | Fernando Martins Ferreira. Até 02.06, segunda e terça das 13h às 19h, quarta a sexta, das 13h às 22h, sábados das 11h às 22h.
MecaSpot. Rua Arthur de Azevedo, 499, Pinheiros

Roda de conversa, espetáculos infantis e vários shows, como Fernanda Abreu, Juçara Marçal, Maria Gadu e mais.
Mães Amplificadas. Sábado (12.05) a segunda (14.05), vários horários. Gratuito.
CCBB. Rua Álvares Penteado, 112, Centro

A artista multimídia fala sobre sua obra, sua linha de pesquisa e seu processo criativo.
O Artista em Processo – Conversa com Dora Longo Bahia. Sábado (12.05) às 11h. Gratuito.
IMS Paulista. Avenida Paulista, 2424, Consolação

Quem foram as artistas que, mesmo antes da Semana de 22, estavam presentes e produzindo arte?
Brasil e as Mulheres na História da Arte. Sábado (12.05) às 13h. Inscrições: R$ 80.
Adelina Galeria. Rua Cardoso de Almeida, 1285, Perdizes

Bonsais, kirigami, oshibana-e, workshops, apresentações, estande de produtos e tudo da cultura japonesa.
12º Bunka Matsuri – Festival da Cultura Japonesa. Sábado (12.05) e domingo (13.05) às 10h. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia).
Pavilhão Japonês. Parque Ibirapuera, Avenida Pedro Alvares Cabral, s/nº (portão 3 e 10), Vila Mariana

3ª edição da revista, dessa vez artistas e escritores do mundo inteiro contribuem com textos e imagens sobre erotismo.
Nascimento NIN#3. Sábado (12.05) às 16h. Gratuito.
Auroras. Avenida São Valério, 426, Morumbi

A quarta individual do artista na galeria.
Rodrigo Bivar: É Umas. Sábado (12.05) às 12h. Gratuito.
Galeria Millan. Rua Fradique Coutinho, 1360, Pinheiros

Mais uma oportunidade de entrar em contato com o processo dos artistas em residência na Pivô.
11º Ateliê Aberto Pivô. Sábado (12.05) das 13h às 19h. Gratuito.
Pivô. Edifício Copan, Avenida Ipiranga, 200, Bloco A, loja 54, Centro

Painel, discotecagem, shows e intervenções para ressaltar a força criativa e inovadora da comunidade negra no passado, presente e futuro.
Festival Pretas Potências. Domingo (13.05) às 14h. Gratuito.
CCSP. Rua Vergueiro, 1000, Paraíso

Passeio por bairros com forte história negra, que sofreram tentativas de apagamento.
Liberdade e Bixiga: História de Escravizados e Imigrantes em SP. Domingo (13.05) às 9h. Ingressos: a partir de R$ 40.
Saída a partir do Sesc Santana. Avenida Luiz Dumont Villares, 579, Santana

Visita guiada para famílias e espetáculo com história cantada entre pinturas.
PinaFamília & PinaCanção. Domingo (13.05) das 10h às 16:40. Gratuito.
Pinacoteca. Praça da Luz, 2, Bom Retiro

Quem escreveu

Tava Passando

Data

10 de May, 2018

Share

Tava Passando

Tavapassando e cliquei. Danilo Cabral e Flavia Lacerda registram seu dia a dia e todos os lugares por onde estão passando, em um mini-guia de shows, restaurantes, ruas e pixos no Instagram.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.