De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do feriado no Rio de Janeiro: 31.05

Data

30 de May, 2018

Share

Comida Di Buteco (campeões)

O petisco Marmita do Cabral, com bacalhau, batata, cenoura e requeijão, do Buteco do Portuga | Foto: Fernando Salles

Saiu o resultado da etapa fluminense do Comida Di Buteco. As primeiras colocações são surpreendentes. Para quem achava que o Centro e a Zona Sul se firmavam como redutos de endereços favoritos, o copo ficou vazio. Três dos cinco endereços campeões neste ano são da Baixada: Buteco do Portuga (1° lugar), em Nova Iguaçu; Boteco do Teixeira (2° lugar), em Duque de Caxias; e Colarinho Branco (5° lugar), também em Nova Iguaçu. A premiação inspira os baratoneiros de plantão, com o perdão do neologismo raso, a viagens para fora do eixo etílico tradicional. Torceu o nariz e reclamou da distância? Nada que um Uber ou táxi resolva. Recomendamos fortemente o petisco com lascas de bacalhau, batata e cenoura cozidos no requeijão, do Portuga.

Buteco do Portuga (1º lugar). Rua Coronel Francisco Soares, 1352 – Centro, Nova Iguaçu.
Boteco do Teixeira (2º lugar). Rua General Venâncio Flores, 594 – Jardim Vinte e Cinco de Agosto, Duque de Caxias.
Folia do Boi (3º lugar). Rua Cachambi, 253 – Cachambi.
Empório Quintana (4º lugar). Cadeg. Rua Capitão Félix, 110 – Benfica.
Colarinho Branco (5º lugar). Rua Ocidental, 10 – Rancho Novo, Nova Iguaçu.

Noo Cachaçaria

O rodízio de acompanhamentos da Noo Cachaçaria | Foto: Divulgação

Não é novidade que a Praça da Bandeira se tornou um point gastronômico efervescente na cidade. Mas algo ainda bate forte no peito – e no estômago – quando circulamos pela pacata Rua Barão de Iguatemi. O cheiro de comida é forte por ali e esconde, muito bem, obrigado, toda a fumaça de poeira levantada na Avenida Radial Oeste logo na quadra seguinte (nem parece!). Num desses passeios gordos de fim de semana, depois de cruzarmos com o Botto Bar, o Aconchego Carioca, o Hop Lab Pub, o Bar da Frente e o Dida Bar, reparamos, enfim, num endereço pequenino ao lado de uma simpática vila. Algo frenético acontecia lá dentro. Descobrimos: na Noo Cachaçaria, todo sábado é dia de rodízio de acompanhamentos. Sentamos para conferir o esquema. Funciona assim: por R$ 42, você escolhe uma proteína (há galinha ensopada, peixe frito, bife no alho, costela de boi e carne de porco) e tem direito a uma lista ilimitada de opções para acrescentar no prato (arroz, feijão, purês, batatas, ovo frito, polenta, abóbora, baroa e outras tantas receitas com gostinho caseiro). Tudo é oferecido pelos garçons, num vai e vem delirante de bandejas que acaba estabelecendo um ritmo acelerado (por vezes, descompassado) ao almoço. Satisfeitos, levamos para a casa apenas a barriga cheia – incrivelmente, o cheiro não impregnou na roupa. Uma dica: não deixe de puxar conversa com a proprietária Vanessa Marzano. Boa de prosa, ela certamente dará ótimas indicações de cachaça para acompanhar a refeição. Conquistou a gente.

Noo Cachaçaria. Rua Barão de Iguatemi, 358 – Praça da Bandeira.

Festival de Ceviche

Ceviches da House of Food | Foto: Divulgação

O restaurante Pop Up Peru prepara um festival de ceviches exóticos, inspirados na cultura do país latino-americano, neste fim de semana. A ideia, na verdade, é estabelecer um intercâmbio criativo entre ingredientes de lá e de cá. Por isso, haverá opções com peixe (tilápia) e carvão comestível, mas também com açaí, maracujá e cogumelos. Todos acompanham batata doce e chips de banana. Cada um custa R$ 18. Honesto.

Festival de Ceviches na House of Food. Sexta-feira (01.06), do meio-dia às 22h.
House of Vood (Void Botafogo). Rua Voluntários da Pátria, 31 – Botafogo.

Hell’s Burguer

Novo combo do Hell’s Burguer | Foto: Agência Abacateiro

Há um novo combo no Hell’s Burguer: por R$ 29, dá para levar um sanduíche com hambúrguer de 100g e cheddar, porção de batata canoa e bebida (refrigerante ou mate). Na unidade da rede em Botafogo, outra promoção tem chamado a atenção. De segunda a sexta-feira, das 14h às 17h, quem compra qualquer sanduíche da casa leva – de bandeja! – uma generosa porção de batatas fritas. Bora aproveitar o feriadão…

Hell’s Burguer. Rua Muniz Barreto, 805 – Botafogo.

Data

30 de May, 2018

Share

Filipe Isensee e Gustavo Cunha

Filipe nasceu em Salvador, mudou-se aos 9 anos para Belo Horizonte e, aos vinte e poucos, decidiu encarar o Rio de Janeiro. Há quatro anos conheceu Gustavo, cria da capital fluminense. Jornalistas culturais, gostam de receber amigos em casa e ir ao cinema. Cada vez mais são adeptos de programas ao ar livre - sempre que podem, incluem no passeio Chaplin, esperto vira-lata adotado há um ano.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.