Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Björk, Game of Thrones e Matrix são temas de cursos no MIS-SP

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

29 de May, 2019

Share

Apresentado por

O MIS – Museu da Imagem e do Som de São Paulo – lançou hoje a agenda dos cursos que vão rolar nas férias de julho. Eu quase caí pra trás com a programação super criativa e chorei bem chateada porque não estarei aqui quando os que eu adoraria fazer acontecem.

O museu escolheu a dedo temas e/ou personas da cultura da pop para estrelar a programação. Björk, Game of Thrones e Matrix são três deles e já sabemos: vai bombar. A programação conta também com cursos nas áreas de fotografia, cinema e literatura.

Cursos que queremos fazer

A Björk será tema do curso “Björk: Paradigmas do Pós-Humanismo.ex”, que integra a programação paralela da exposição “Björk Digital”, que abre as suas portas na segunda quinzena de junho. Se prepara porque o conteúdo é cabeçudo.

Björk é tema de curso de férias no MIS-SP. Foto: Felipe Santiago / Wikimedia
Björk é tema de curso de férias no MIS-SP. Foto: Felipe Santiago / Wikimedia

De 11 a 23 de julho(04 encontros)
Terça e quinta-feira, das 19h às 22h
Local: Auditório LABMIS (64 lugares)
Valor: R$120,00

Sinopse: “A cultura pop é um espelho social dos valores éticos e estéticos do contemporâneo. Björk é um dos ícones culturais mais importantes do século 20. Em quatro décadas de carreira, a islandesa desafiou o status quo musical ao se posicionar como uma artista transmídia – seu legado trata-se de um complexo conglomerado estético que flui entre videoclipe, cinema, poesia, moda, tecnologia, fotografia e filosofia.

Importante enquanto ícone feminista, Björk sempre denunciou a estrutura machista da indústria e mudou para sempre as perspectivas do que significa ser mulher no contemporâneo – com frequência, seus shows, seus vocais e seus figurinos alteram nossas percepções acerca de dualidades prostéticas e ficções biopolíticas como masculino e feminino, humano e animal, natureza e cultura, real e virtual.

À luz de teóricas feministas como Donna Haraway, Judith Butler e Paul Beatriz Preciado, bem como pensadores como Deleuze, Nietzsche e Foucault, o curso explora tópicos relacionados à indústria cultural, o devir-ciborgue, a tecnocultura, e a desterritorialização dos corpos – em uma jornada tão pulsante quanto uma música de Björk.”

Aula 1 – A construção do ícone POP
Aula 2 – Música e Tecnocultura
Aula 3 – Remixando Nietzsche: a contrassexualidade em Björk
Aula 4 – Constelações experimentais: artistas pós-Björk

Sobre o professor: Alisson Prando é filósofo pesquisador pelo CNPq das temáticas de gênero, sexualidade e feminismo, principalmente através de perspectivas de Judith Butler. Atua também como blogueiro e jornalista nos portais Disco Punisher e What Else Mag, onde entrevistou mais de 200 ícones pop – de Caetano Veloso a Charli XCX, de Elza Soares a Pabllo Vittar, de artistas da nova MPB e MPBicha. Criou o curso Politizando Beyoncé: Raça, Gênero e Sexualidade, que versa sobre estudos de mídia, estudos raciais e transviados, e foi considerado pelo HuffPost como “tudo o que você precisa e não sabia”.

Para quem quiser mergulhar no universo do Matrix, o curso oferecido é “Matrix e a Ficção Científica”.

O filme Matrix é tema de curso de férias no MIS-SP
O filme Matrix é tema de curso de férias no MIS-SP

De 17 a 26 de julho (04 encontros)
Quarta e sexta-feira, das 19h às 22h
Local: Auditório LABMIS (64 lugares)
Valor: R$120,00

Sinopse: “Um dos filmes mais emblemáticos do fim dos anos 1990, Matrix marcou gerações pelo seu grande apelo visual, temática intrigante e abordagem pop de temas filosóficos. Após 20 anos desse lançamento, o curso propõe quatro encontros para discutir diversos aspectos do longa.”

Aula 1: Introdução à Matrix
Aula 2: Matrix e a filosofia
Aula 3: Matrix e religião
Aula 4: Tecnologia e sociedade

Sobre a professora: Cláudia Fusco é jornalista e mestre em Science Fiction Studies pela Universidade de Liverpool, Inglaterra. É pesquisadora de mitos, folclore, contos de fadas e literatura especulativa. Colaborou para o especial de ficção científica da revista Mundo Estranho e foi colunista do site Contraversão, escrevendo semanalmente. Já participou de conferências internacionais. Ministrou aulas na USP, Casa do Saber, Youpix (por voto popular), entre outros.

Para matar as saudades do Game of Thrones, o curso é “Como conquistar o trono de ferro”, bem focado em comunicação.

Game of Thrones é tema de curso de férias no MIS-SP
Game of Thrones é tema de curso de férias no MIS-SP

De 22 de julho a 01 de agosto (04 encontros)
De segunda e quinta-feira, das 19h às 22h
Local: Auditório LABMIS (64 vagas).
Valor: R$120,00

Sinopse: “Considerando que Game of Thrones é uma série que estabelece as relações sobre política e poder, podemos destacar características tanto de Maquiavel como de Thomas Hobbes, por exemplo, a partir de posições tomadas por diferentes personagens, como Tyrion Lannister, Daenerys Targaryen ou Eddard Stark. Podemos vê-los como heróis, vilões ou anti-heróis. Game of Thrones é um bom exemplo sobre a política contemporânea, suas relações e seus atores políticos. A partir dessas relações, delimitamos alguns pontos a ser discutidos em quatro aulas”:

– o poder como forma de comunicação;
– o poder é um truque, uma forma de comunicação manipulada;
– o poder como uma ilusão e um mito;
– o poder como poder e sua capacidade de uso da violência;
– o poder como meio de conquistar as massas ou uma hegemonia para o uso da coerção;
– o declínio e queda do poder nas mãos de quem não age de forma implacável com seu adversário.

Sobre o professor: Eduardo Molina é professor e palestrante graduado em História e pós-graduado em Política e Relações Internacionais. Já colaborou com especiais para a revista Mundo Estranho, rádios 97 e Estadão, além de jornais e revistas. É criador do Canal Geek História e da empresa Molinart Treinamento e Desenvolvimento, que utiliza a cultura pop – histórias em quadrinhos, filmes, séries e músicas – para levar conhecimento para empresas e instituições de ensino através de palestras e treinamentos.

Para conhecer os cursos e fazer inscrição, basta acessar www.mis-sp.org.br/cursos.

*Foto destaque: Björk por Maisie Cousins / MixMag

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

29 de May, 2019

Share

Apresentado por

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.