Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Natura no SXSW

A Natura participou do Festival SXSW, maior evento de economia criativa do mundo, fazendo parte do movimento #BrazilInspiresTheFuture.

Todo mundo pelado no museu

Quem escreveu

Dani Valentin

Data

26 de March, 2018

Share

Enquanto a discussão por aqui é em torno a nudez em performances ou obras de arte, em Paris, o museu Palais de Tokyo se juntou à associação de naturistas da cidade para um experimento inédito no país: no dia 5 de maio, das 9:30h ao meio dia, as pessoas deverão visitar o museu nuas. Por lá, estará acontecendo a temporada de Discorde, Fille de la Nuit, que reúne 5 exposições de gente como Neïl Beloufa, George Henry Longly e Marianne Mispelaëre, entre outros. Essa temporada, aliás, já está rolando desde o dia 16 de fevereiro e fica até dia 13 de maio.

Neïl Beloufa
Exposição Neïl Beloufa. Reprodução Paleis de Tokyo

O intuito da Association des Naturistes de Paris (ANP) é difundir e democratizar a prática. Eles são bem ativos pela cidade e têm eventos cada vez mais constantes, como competições de boliche que acontecem mais de uma vez por ano ou sessões de natação naturista três vezes por semana na piscina municipal Roger de Gall. Paris ainda ganhou em novembro do ano passado seu primeiro restaurante naturista, o O’Naturel.

Para a visita, haverá a participação de um orientador cultural da instituição, que também estará nu. Embora a entrada seja de graça, para participar, era preciso se inscrever na associação. Porém, as vagas foram preenchidas em menos dois dias, quando ainda faltava quase dois meses para a data. Na página do evento do Facebook, mais de 20 mil pessoas mostraram interesse. Com esse sucesso, já estamos esperando uma segunda edição!

* Foto de capa: Palais de Tokyo por Paulo Valdivieso

 

 

Quem escreveu

Dani Valentin

Data

26 de March, 2018

Share

Dani Valentin

A Dani gasta todo o seu dinheiro com viagens. Um de seus maiores orgulhos é dizer que já pisou em cinco continentes. É do tipo sem frescura, que prefere localização a luxo e não se importa de compartilhar o banheiro de vez em quando. Adora aprender palavras no idioma do país que vai visitar e não tem vergonha de bancar a turista.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.