De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

SXSW 2018: 5 bandas que você nunca ouviu mas deveria

Quem escreveu

Chicken or Pasta

Data

27 de March, 2018

Share

Você já deve ter lido por aqui e por aí vários motivos para ir para o SXSW, mas se tem algo em que ele é imbatível, é na seleção de novas bandas. É sem dúvida o maior palco de bandas independentes que existe hoje no mundo. Grande parte dos mais de 2 mil artistas escalados para tocar nos sete dias oficiais de música tem 2 ou 3 álbuns, e muitos deles tem só 1 álbum ou apenas EPs, e isso é ótimo!!

Bandas novas vem sempre com uma energia, uma entrega e uma vontade de tocar incrível que, somados à audiência certa, fazem com que uma simples aposta numa banda “honesta” no Spotify se transforme numa experiência memorável de sair com a alma lavada.

Para ajudar a dar uma renovada na playlist, apresento cinco bandas novas que fizeram barulho em Austin esse ano. Para ser mais criterioso, escolhi apenas aquelas que tem no máximo um álbum lançado.

Shame

Molecada na faixa dos 20 anos que acabou de lançar o seu primeiro álbum, “Songs of Praise”, e já recebeu 5 estrelas pela NME e o título de “Britain’s most exciting new band” pelo The Guardian. Nada mal né? Post punk de primeira que consegue unir bem a urgência das guitarras com uma sofisticação difícil de se encontrar num primeiro álbum. A banda foi também escalada para tocar nos festivais Leeds e Reading este ano.

Touts

Trio irlandês que deve lançar seu primeiro álbum em breve, o Touts é descendente direto da veia mais visceral e punk do Clash. Precisa falar mais?

Naked Giants

A banda de Seattle vai lançar seu primeiro álbum no próximo dia 30. O disco, intitulado “Sluff”, foi produzido por Steve Fisk que, entre outros, já trabalhou o Nirvana. Naked Giants é uma banda difícil de não gostar. Reúne três músicos muito bons, com um simpático estilo displicente e pegada pop no grau certo para conseguir ótimos reviews, lotar a agenda de shows e entrar na sua playlist.

*repeat repeat

Surf, rock, candy. Essas são as três palavras que o próprio vocalista Jared Corder utiliza para definir o som da banda de Nashville. Não poderia definir melhor. O primeiro álbum “Floral Canyon” foi lançado em 2017. A banda foi escalada para tocar no festival Bonnaroo.

Warbly Jets

Banda de Los Angeles com alma britânica, o Warbly Jets traz uma pegada sessentista, mas com energia e guitarra mais garageira do que outras bandas novas, que tem a mesma influência, como Temples, por exemplo.

Além dessa lista, recomendo algumas outras com mais de um álbum no currículo, como Pkew Pkew Pkew, Drab Majesty, Ringo Deathstarr, Foreign Resort e Dentist, além das veteranas de SXSW recomendas aqui. O destaque vai para White Reaper, banda que fez o show mais intenso desse ano com pessoas voando pela sua cabeça enquanto você tentava sobreviver dentro do grande mosh pit que foi o show.

*Este texto foi escrito por Carlos Borges, nosso super roqueiro de plantão.
Foto destaque: banda *repeat repeat – divulgação

Quem escreveu

Chicken or Pasta

Data

27 de March, 2018

Share

Chicken or Pasta

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.