De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

Os melhores eventos gratuitos em São Paulo pra driblar a crise: 13 a 20.11

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

13 de November, 2018

Share

Feriado super prolongado e só fica em casa quem quer. A cidade está pulsando com tantos festivais, shows, festas, exposições, mostras, palestras. Neste momento em que o tema diversidade se mantém na lista de prioridades das nossas pautas, a semana traz ótimos eventos para reflexão sobre grupos que se sentem ameaçados. Tem o Festival Mix Brasil com a programação totalmente gratuita e muitos eventos para celebrar a cultura negra, por exemplo. Essa é hora! Não vamos apenas dar as mãos e não soltar, vamos resistir, vamos lutar para não perder as poucas conquistas que fizemos nas últimas décadas.

Caso tenha algum evento gratuito pra indicar, é só incluir nos comentários. Vem comigo!

Festas e shows

Elza Soares. Foto: Stéphane Munnier/ Divulgação

A abertura do 26º Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade rola com show gratuito do Johnny Hooker na plateia externa do Auditório Ibirapuera.
Johnny Hooker. Quinta (15.11) às 17h. Gratuito.
Auditório Ibirapuera. Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, Portão 2, Parque do Ibirapuera

Música eletrônica das boas na rua.
Sintetica na Rua. Quinta (15.11) a partir das 12h. Gratuito.

Rua Barão de Itapetininga, 263, Centro

Tropicalismos e músicas de diversos lugares do mundo. No sábado rola a festa NoFriends.
¡Venga-Venga! Quinta (15.11) a partir das 21h. Gratuito.

MECA. Rua Artur de Azevedo, 499, Pinheiros

Shows do Diego Moraes, Mel e Liniker.
Rainbow Cities Tour. Sexta (16.11) às 19h. Gratuito.

Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1000, Paraíso

O novo nome do hip hop.
Edgar. Sábado (17.11) às 20h. Gratuito.

Casa de Cultura Hip Hop Leste. Rua Sara Kubitscheck, 165, Guaianazes

Programação com shows de Elza Soares e Luedji Luna, Rincon Sapiência, Slam das Minas; festa Batekook, aula de dança, bate-papo, yoga, e muito mais.
Feira Preta 2018. Domingo (18.11), segunda (19.11) e terça (20.11) a partir das 12h. Gratuito.

Praça das Artes, Centro.

Dispensa apresentações.
Nação Zumbi. Terça (20.11) às 15h30. Gratuito.

Sesc Itaquera. Avenida Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1000, Itaquera 

Exposições

Sekai Machache - Invocation // IMS. Foto: Divulgação
Sekai Machache – Invocation // IMS. Foto: Divulgação

Panorama sobre as diferentes facetas do trabalho artístico realizado pelo multiartista Lourenço Mutarelli, que transita entre as artes visuais, cênicas, cinema e literatura.
Meu Nome Era Lourenço. A partir de quarta (14.11) até 17.02. Gratuito. 
Sesc Pompeia. Rua Clélia, 93, Pompeia

Última expo do ano, traz videoinstalações, fotografias, quadros e outras peças de sete artistas e coletivos que têm trabalhado com processos narrativos.
“Do Silêncio à Memória”. A partir de quarta (14.11) até 13.01, de terça a sábado, das 12h às 20h, domingos e feriados das 11h às 19h. Gratuito. 
Paço das Artes (MIS). Avenida Europa, 158, Jardim Europa

Programação integrante da Feira Preta, a série Invocation, da artista Sekai Machache (Zimbábue), apresenta uma obra multidisciplinar usando diversos meios, incluindo a fotografia. No dia 20, às 18h, rola um bate-papo com a artista.
Sekai Machache: Invocation. De 15 a 20 de novembro, das 10 às 20h. Gratuito.
IMS. Av. Paulista, 2424, Cerqueira César.

Nova expo de fotos da artista Simone Cupello, uma “Estratégia para fazer florescer fotografias de jardins”.
Jardim de Yeda – Simone Cupello. Até 26.01, de segunda a sexta das 11h às 19h, sábados das  11h às 17h. Gratuito.
Central Galeria. Rua Bento Freitas, 306, Vila Buarque

Cinema, teatro e dança

No espetáculo de dança Partilhas Poéticas em Contato, a Cia. de Dança Damas em Trânsito e os Bucaneiros inova ao convidar quatro instrumentistas para compor individualmente a trilha sonora durante a apresentação.
Partilhas Poéticas em Contato. De 13 a 16 de novembro, às 20h; 17.11, às 18h. Gratuito.
Oficina Cultural Oswald de Andrade. Rua Três Rios, 363, Bom Retiro.

Especial de uma das cias de dança paulistana mais bacana da cidade.
Balé da Cidade – IllumiNattions. Dias 13 e 14 de novembro, às 19h.
Biblioteca Mário de Andrade – Auditório Rubens Borba de Moraes. Rua da Consolação, 94, Centro.

O espetáculo de dança Sob A Pele traz uma reflexão da relação entre corpo e mente para um dos lugares menos explorados do centro de São Paulo, a Galeria Formosa. O espetáculo faz parte da programação da XII Mostra do Fomento à Dança.
Sob a Pele, T.F. Style Cia de Dança. Quarta-feira (14.11), às 19h. Gratuito.
Galeria Formosa. Baixos do Viaduto do Chá, s/nº, Centro.

Exibição do filme Central do Brasil seguido de bate-papo com o ator Vinícius de Oliveira.
Cineclube: Central do Brasil. Quarta-feira (14.11), das 18h30 às 21h30. Gratuito.
Oficina Oswald de Andrade. Rua Três Rios, 363, Bom Retiro.

O espetáculo “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro” conta a história de Natanael, uma espécie de anti-herói que habita as periferias. Dividido em três atos, o Nóis de Teatro, de Fortaleza – CE, narra a saga de um menino negro que, inserido num contexto de opressão e violência, é levado a tomar decisões que lhe custarão um julgamento popular.
Todo Camburão tem um pouco de Navio Negreiro. De 15 a 20 de novembro, às 19h15. Gratuito.
Caixa Cultural São Paulo. Praça da Sé, 111, Centro.

A 26ª edição do Festival Mix Brasil traz uma agenda bem extensa com filmes, teatro, música, conferências e literatura.
Festival Mix Brasil. De 15 a 25 de novembro. Gratuito.
Diversos locais e horários. Programação completa aqui.

Cinema de graça no feriado, com “Paixão” de Godard, “Educação Sentimental” de Julio Bressane, entre outros!
Cine35mm. Sexta (16.11), sábado (17.11) e domingo (18.11), várias sessões. Gratuito.
Sesc Avenida Paulista. Avenida Paulista, 119, Paraíso

Workshops, palestras e bate-papos

Bob Wolfenson conversa sobre Irving Penn, no IMS. Foto: divulgação
Bob Wolfenson conversa sobre Irving Penn, no IMS. Foto: divulgação

Teatro, oficina, literatura, música e muito mais em homenagem à cultura negra.
Afrobrasilidades. Até 08.12, vários horários. Gratuito.
Sesc Santo Amaro. Rua Amador Bueno, 505, Santo Amaro

Um mestre falando sobre outro mestre.
Conversa com Bob Wolfenson sobre Irving Penn. Quarta-feira (14.11), das 19h30 às 22h30. Gratuito por ordem de chegada. 
IMS. Av. Paulista, 2424, Cerqueira César.

A obra mais famosa de Virginia Woolf, Mrs. Dalloway narra um único dia da vida da famosa protagonista Clarissa Dalloway, que percorre as ruas de Londres dos anos 1920 cuidando dos preparativos para a festa que realizará no mesmo dia à noite.
Clube de Leitura: Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf. Quarta-feira (14.11), das 19 às 20h30.
Biblioteca Mário de Andrade. Rua da Consolação, 94, Centro.

Curso de arte contemporânea brasileira a partir do acervo da biblioteca. Aulas com Rafael Vogt Maia.
Curso Arte Contemporânea Brasileira. Dias 13, 20 e 27 de novembro, sempre às terças-feiras, das 19 às 20h. Distribuição de ingressos com 1h de antecedência.
Biblioteca Mário de Andrade – Auditório Rubens Borba de Moraes. Rua da Consolação, 94, Centro.

Já falamos, mas vale repetir

Exposição apresenta retrospectiva e homenagem aos 100 anos de nascimento do fotógrafo norte-americano Irving Penn. A programação conta com uma agenda gratuita de oficinas diversas.
Irving Penn: Centenário. Até 25 de novembro. Gratuito. 
Instituto Moreira Salles. Av. Paulista, 2424 – Galerias 2 e 3.

Exposição que discute a identidade através do rosto.
A Origem do Rosto, de Arthur Omar. Até 1.12. Segunda a sexta, das 11 às 21h30; sábados e feriados, das 10h30 às 18h30. Gratuito.
Sesc Consolação. Rua Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque.

Uma das maiores bienais de arte do mundo.
33ª Bienal de Artes de São Paulo. Até 9 de dezembro. Gratuito. 
Pavilhão da Bienal. Parque Ibirapuera.

O Sesc Pompeia se juntou com o Goethe-Institute para apresentar a exposição sobre a Escola Bauhaus, que analisa se alcance e influência a partir de diversas escolas e universidade além da Europa.
bauhaus imaginista: aprendizados recíprocos. Até 6 de janeiro (horários do Sesc Pompeia). Gratuito.
Sesc Pompeia. Rua Clélia, 93, Pompeia.

Instalação imersiva do duo japonês Nonotak.
Nonotak: Dimensão. Até 06 de janeiro 2019. Terça a sábado, das 10 às 22h; domingos e feriados, das 10 às 18h. Gratuito.
Japan House. Av. Paulista, 52, Piso Térreo.

Retrospectiva de 70 anos de produção gráfica do gênio Millôr.
Millôr: Obra Gráfica. Até 27 de janeiro 2019. De terça a domingo e feriados (exceto segunda), das 10h às 20h. Quinta, exceto feriados, das 10h às 22h. Gratuito.
Instituto Moreira Salles. Av. Paulista, 2424.

Exposição imersiva com realidade virtual visitando 10 bibliotecas no mundo, reais e imaginárias.
Biblioteca à Noite. Até 10 de fevereiro 2019. Gratuito, mas necessário agendamento prévio disponível a partir de 2.10.
Sesc Av. Paulista. Av. Paulista, 119, Bela Vista – Arte 1 – 5º andar.

*PS: A Biblioteca Mário de Andrade tem investido pesado numa programação bem extensa e interessante. São aulas de arte, fotografia, literatura, além de espetáculos diversos, exibição de filmes, dança, etc. Vale a pena seguir a fanpage e ficar de olho na agenda deles. A programação é sempre gratuita.

**Foto destaque: Johnny Hooker / Divulgação

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

13 de November, 2018

Share

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.