Jet Lag: posturas de yoga para te ajudar quando o sono não vem

Quem escreveu

Luciana Guilliod

Data

15 de April, 2018

Share

Quem fica rolando na cama antes de dormir quando chega em outro país levanta a mão \0/. O jet lag é um distúrbio temporário do sono, que ocorre quando o relógio biológico do corpo está fora de sincronia com um novo fuso horário. Além da sonolência diurna e da vigília noturna, pode haver desorientação relacionada à exposição à luz e aos horários das refeições.

Um sono reparador para recarregar as energias ao final de cada dia é essencial numa viagem. Se você tem dificuldade para dormir com frequência, procure um médico ou terapeuta para avaliar se tem algum distúrbio sério.

Para pegar no sono quando você está sofrendo com jet lag, é superimportante evitar o uso do celular e computador na cama. A luz artificial emitida por esses equipamentos gera uma reação no cérebro que faz com que seu corpo produza menos melatonina, hormônio responsável por ajudar a adormecer e regular o ciclo de sono. Se precisar ler alguma coisa antes de dormir, prefira livros e uma luminária com luz amarela.

Para acalmar a mente e relaxar o corpo, a instrutora Alice Rafful sugere que você faça a seqüência de yoga a seguir na cama do seu hotel. Cada postura deve levar de 40 segundos a 1 minuto, chegando a cinco 5 minutos na última. Que tal investir menos de 15 minutinhos do seu dia para melhorar a sua viagem?

1. Inicie em sukasana (sentado com as pernas cruzadas) com os olhos fechados. Relaxe e encontre o melhor assento para o seu corpo. Concentre-se na sua respiração e, aos poucos, deixe que ela fique cada vez mais lenta e profunda.

Sukasana

2. Em seguida, erga os braços acima da cabeça e, a partir do seu quadril, flexione o tronco à frente em yoga mudra. Existem algumas variações para essa postura. Faça a que for mais adequada para o seu corpo.

Yoga Mudra: variação

3. Passe para adho muka svanasana (postura do cachorro olhando para baixo).

Adhomukha-svanasana

4. Descanse em balasana (postura da criança). Com a testa apoiada no chão, leve o quadril para cima dos calcanhares e descanse os braços para trás.

Balasana

5. Passe para paschimottanasana (postura da pinça). Sentado, com as pernas estendidas a frente, flexione o seu tronco sobre as pernas. Mantenhas os ombros longe das orelhas e cuide para não arredondar as costas a partir da base.

6. Deite de costas no tapete e com as mãos apoiadas na lombar, leve os pés em direção ao chão e  atrás da cabeça para entrar em halasana (postura do arado).

7. Volte desenrolando as pernas e quadril lentamente e abrace os joelhos. Faça uma automassagem na coluna, numa espécie de ‘balancinho’ lateral com os joelhos.

Automassagem lombar

8-Passe para torção lateral deitada, mantendo os braços abertos na altura dos ombros e as palmas das mãos voltadas pra cima, gire os dois joelhos para a direita e olhe na mão esquerda. Toque de lado.

Torção lateral deitada.

9- Deite de costas no tapete, relaxe todo o seu corpo em savasana (postura do cadáver) e relaxe o corpo, sua respiração e a mente. Essa é a postura da entrega.

Savasana

Os benefícios de cada grupo de ásanas utilizados na seqüência sugerida são:

Flexões para frente (sentados ou em pé) – Yoga Mudra, Balásana (postura da criança) e Paschimottanasa (ou postura da pinça)

Ajudam a melhorar a digestão, acalmam o organismo e a mente. Eliminam a fadiga e estimulam o sono tranquilo. Promovem a flexibilidade da zona lombar e alongam a musculatura das pernas. São ótimas para o fim do dia devido ao seu efeito tranquilizador.

Inversões – Halasana (postura do arado) e Adho MuKha Svanasana (postura do cachorro olhando para baixo)

Como invertem a gravidade, levam sangue à cabeça e ao coração, refrescando a mente e o corpo, principalmente as pernas. Tonificam órgãos internos e o sistema endócrino. Diminuem o estresse e a fadiga, além de ser um ótimo remédio para insônia. São consideradas posturas rejuvenescedoras.

Torções

Promovem a flexibilidade da coluna vertebral e da região dorsal, ajudando a aliviar dores nas costas, ombros e pescoço, e estimulam os órgãos internos. As torções deitadas induzem o relaxamento, em preparação para savasana.

Se o Rio de Janeiro está na sua agenda, saiba que Alice tem um Studio de Yoga em Santa Teresa onde, aos sábados, promove a prática orientada de yoga seguida de um café da manhã delícia.

Aulas de yoga seguidas de café da manhã com Alice Rafful
Grupos de até 3 pessoas por aula

Rua Almirante Alexandrino, 1734, Santa Teresa
Informações: 21 99356-8089

*Fotos post: Fernanda Precioso /// foto destaque: Matthew Kane – Unsplash

Quem escreveu

Luciana Guilliod

Data

15 de April, 2018

Share

Luciana Guilliod

Carioca da Zona Norte, hoje mora na Zona Sul. Já foi da noite, da balada e da vida urbana. Hoje é do dia, da tranquilidade e da natureza. Prefere o slow travel, andar a pé, mala de mão e aluguel de apartamento. Se a comida do destino for boa, já vale a passagem.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.