De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

Copa do Mundo: para torcer e comer – Parte 2

Quem escreveu

Tava Passando

Data

10 de July, 2018

Share

A Copa do Mundo já está na reta final e, mesmo sem o Brasil concorrendo ao título, isso não quer dizer que entre um jogo e outro a gente não possa desfrutar das tão variadas e apreciadas culinárias das seleções do mundo, mesmo das que mal participaram do torneio.

Nessa segunda e última edição, entram em campo as delícias portuguesas, polonesas, colombianas e brasileiras – todas infelizmente já eliminadas da competição, mas não dos nossos corações!

PORTUGAL

– Papai, tô com fome!
– Sou lindo!

Casa Mathilde

35162284_2087450767992300_4845032622411218944_n
Foto: divulgação

Se a culinária portuguesa fosse resumida em dois pratos eles seriam o bacalhau e o pastel de Belém. Sobre o peixe falaremos mais adiante, pois as opções são muitas, mas para comer um pastel com receita vinda diretamente de sua cidade natal portuguesa, Belém, só na sempre lotada Casa Mathilde. Com massa perfeita, recheio com doçura na medida – e cheia de ovos – e aquela casquinha queimada, é o mais próximo que podemos chegar do original por aqui. Se estiver quentinho então, é coisa para comer de joelhos!

Casa Mathilde. Segunda a sexta-feira, das 09h00 às 19h30 e sábados e feriados das 09h30 às 16h30
Praça Antonio Prado, 76, Centro

Francesinha

1170015_1092379920781750_1587524641_n
Foto: @tavapassando

A francesinha é um prato farto e bem calórico, uma adaptação feita por um cozinheiro da cidade portuguesa do Porto para o clássico prato francês croque madame. Trata-se de um sanduíche de bife, linguiça, salsicha, presunto e queijo, coberto com mais fatias de queijos e levado ao forno para derreter. Em cima disso tudo vai um molho feito com cerveja, molho de tomate e vinho do Porto, finalizando com um ovo frito e batatas fritas. Se você quiser provar esse delicioso enfarte em forma de acepipe, recomendamos A Quinta do Marquês (esse da foto) e também um lugar inusitado, onde nunca imaginaríamos que fizesse francesinha – e muita boa, por sinal – a Cachaçaria do Rancho, ali do lado da Galeria Metrópole.

A Quinta do Marquês. Segunda a segunda das 6h às 22h.
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1853, Jardim Paulistano
Cachaçaria do Rancho. Segunda a sábado das 12h às 0h.
Praça Dom Jose Gaspar, 86

Bacalhau do Ita

Foto: São Paulo Antiga
Foto: São Paulo Antiga

Existem muitas versões, receitas e preparos do nosso querido bacalhau, então eleger o melhor da cidade é uma tarefa tão ingrata quanto injusta. Resolvemos escolher o Ita como nosso queridinho pois trata-se de uma receita familiar, feita com muito carinho, bacalhau de primeira e muito azeite! Esta delícia só é servida às sextas e enquanto durar na panela, ou seja, chegue cedo para garantir seu pedaço e senti-lo se desfazer na boca, acompanhado de batatas cozidas e arroz branco. Um prato simples, muito saboroso e com aquela vibe de comida feita em casa, como tudo no Ita.

Restaurante Ita. Terça a sábado das 11:30 às 18h.
Rua do Boticário, 31, Largo do Paissandu

POLÔNIA

A gente nem lembra da participação deles na Copa, mas a comida é inesquecível.

Maria Escaleira

Foto: @tavapassando
Foto: @tavapassando

Um dos nossos lugares preferidos na cidade! O Maria Escaleira mistura comida polonesa e do leste europeu, e além dos pierogis e strogonoffs tem umas coisas maravilhosas como o bigos, que mistura 3 carnes de porco – lombo, linguiça calabresa e bacon – cozidas com chucrute, cebola, tomates, vinho tinto e geleia de ameixa. Ah, peça as entradinhas da foto também: placki e langos bread, com muita cebola caramelizada!

Maria Escaleira. Terça a sexta das 12h às 15h e das 19h às 23h (sexta até 23:45h), sábados das 12h às 23:45h e domingos das 12h às 17h.
Rua Mourato Coelho, 53, Pinheiros

Polska295

Foto: @tavapassando
Foto: @tavapassando

O Polska295 é daquelas portinhas, com pratos pra comer nos banquinhos ou na calçada, sem frescura, e cheio de gostosuras polonesas. A especialidade é o pierogi (ou varenikes), o tradicional raviolinho polonês com cinco tipos de recheios: Batata e cebola, Ricota, Carne, Repolho com cogumelos e Ricota com espinafre. Todos cobertos por uma deliciosa cebola caramelizada!

Polska295. Segunda a sexta das 9h às 22h, sábados das 9h às 20h, e aberto no segundo domingo do mês.
Rua Simão Alvares, 295, Pinheiros

Paca Polaca

Foto: @carolinaoda
Foto: @carolinaoda

A Paca Polaca abriu uma lojinha há alguns meses ali em Pinheiros/Sumaré, depois de ficar por muito tempo apenas itinerante e por encomenda. Com mais cara de deli judaica, tem várias opções pra comer no balcão ou levar pra casa: os clássicos pierogis, pickles, geleias, pastramis, bolos e muito mais.

Paca Polaca. Segunda a sexta das 10h às 18:30
Rua Amália de Noronha, 339, Pinheiros

COLÔMBIA

Comida deliciosa e, ao contrário da culinária dos hermanos argentinos e peruanos, não tão fácil de encontrar em São Paulo.

Sabores de Mi Tierra

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Entramos na página do querido Sabores de Mi Terra e tivemos a péssima notícia que ele está temporariamente fechado, desde o fim do ano! Mas como (teoricamente) a coisa é temporária, e ainda dá pra provar as delícias deles – como como arepas,  empanadas e patacóns – por encomenda, resolvemos recomendar mesmo assim. Um dos primeiros representantes colombianos da cidade, e um dos mais gostosos!

Sabores de Mi Tierra. Fechado temporariamente, encomendas por telefone: 997894971.
Rua Lisboa, 971, Pinheiros

BBQ Locombia

Foto: divulgação
Foto: divulgação

O BBQ Locombia é um food truck que geralmente fica no Butantã mas também tá sempre por aí, como um bom food truck deve ser. Eles são especializados no autêntico churrasco no carvão com molho BBQ artesanal e sabores colombianos, com destaque para a costela suína no BBQ. Também tem sanduíches, arepas e deliciosas batatas pra acompanhar isso tudo!

BBQ Locombia. Acompanhar a programação de lugares e horários

Café Colombiano

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Esse aqui a gente tem que admitir: nunca fomos, mas tá na nossa lista faz tempo! Aqui, a especialidade é o que dá nome ao lugar – o café colombiano, um dos melhores, mais famosos e mais bebidos cafés do mundo, e que costuma ser bem diferente do nosso. Além disso, todo dia tem um prato típico colombiano, como arepas, patacones, empanadas e chips de raízes diversas.

Café Colombiano. Segunda a sexta das 10:30 às 21h, sábado das 10:30 às 20h.
Rua Três Rios, 363, Bom Retiro (dentro da Oficina Cultural Oswald de Andrade)

BRASIL

Lógico que a seleção de comidas brasileiras não poderia ficar de fora, como nossa seleção ficou na Copa. Aqui tem um pouquinho de tudo, são lugares que a gente adora e vai sempre. E que venha o hexa em 2022!

Tabuleiro do Acarajé

13267353_1147864188578357_18465481_n
Foto: @tavapassando

Praticamente uma refeição completa, o acarajé é nosso competidor mais forte na “Copa do Mundo das Comidas de Rua”.  Encontrado em qualquer esquina em Salvador (e por toda a Bahia), aqui em São Paulo não é muito fácil achar um bem feitinho, sequinho e com recheio generoso. Nosso preferido é o feito com muito amor e carinho pelas irmãs do Tabuleiro do Acarajé. O bolinho de feijão não é muito massudo e é frito no dendê, recheado com vatapá cremoso, camarão seco e tomate verde, como manda a receita original. Isso sem contar a good vibe do lugar e o atendimento super simpático da Fátima e da Miri.

Tabuleiro do Acarajé. Segunda a quinta, 18h às 21h, sábados das 13h às 17h.
Rua Doutor Cesário Mota Júnior, 611, Vila Buarque

Fitó + Jesuíno Brilhante

14280313_340881276267472_3640504590366932992_n
Foto: @tavapassando

A rica culinária brasileira constantemente nos traz boas surpresas. Dois estados brasileiros com cozinhas menos celebradas que a baiana ou paraense, Rio Grande do Norte e Piauí ganham excelentes representantes em terras paulistanas. O Jesuíno Brilhante já é velho conhecido de quem acompanha o SP24hrs, pelo simples motivo de ser um dos restaurantes mais gostosos da cidade, com sua cozinha simples e cheia de sabores marcantes como o arroz de leite, feijão de corda e pirão de queijo, tudo vindo direto do Rio Grande do Norte. Já o Fitó é menos tradicional e mais moderninho, levando os sabores poucos conhecidos do Piauí para o Largo da Batata, em forma de drinks incríveis como o “Cabeça de Cuíca” que leva fermentado de caju, e pratos como a peixada (de pirarucu, pescada amarela ou cambucu), com arroz, farofa e abacaxi, tudo cheio de afeto!

Fitó. Segundas das 12h às 15h, terça a sexta das 12h às 15h e 19h às 23h30, sábados e feriados das 12:30 às 16:30 e 20h às 23h30, domingos das 12h30 às 17h.
Rua Cardeal Arcoverde, 2773, Pinheiros
Jesuíno Brilhante. Segunda a sexta das 12h às 15h, sábados das 12h às 16h.

Rua Arruda Alvim, 180, Pinheiros

Sagrado Mineiro

Foto: @jeanbritto27
Foto: @jeanbritto27

A feijoada é tipo o “Nirvana” dos pratos tradicionais brasileiros, uma receita que une todas as tribos (já que existe até sua versão vegana). E para quem não aguenta a ditadura do “quarta e sábado”, o Sagrado Mineiro tem uma feijoada bem boa, servidona e sem frescura todos os dias da semana! Saborosa, com todos os acompanhamentos principais e com preço bem honesto, a feijuca é a estrela principal do Sagrado Mineiro, que ainda tem outros pratos gostosos como escondidinho de carne de sol e picanha na pedra.

Restaurante Sagrado Mineiro.  Segunda a sexta das 11h às 23h, sábado das 12h às 23h, domingos das 12h às 18h.
Rua Araújo, 87, República
Para conhecer os representantes da Alemanha, Peru, Coréia do Sul e outros, aqui está o volume 1.
*Foto do destaque: pastel de nata da Casa Mathilde – Divulgação

Quem escreveu

Tava Passando

Data

10 de July, 2018

Share

Tava Passando

Tavapassando e cliquei. Danilo Cabral e Flavia Lacerda registram seu dia a dia e todos os lugares por onde estão passando, em um mini-guia de shows, restaurantes, ruas e pixos no Instagram.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.