De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Os 10 melhores ceviches de São Paulo

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

26 de June, 2017

Share

Apresentado por

Peixe cru, cebola crua, coentro, pimenta: estão aí quatro ingredientes que são bastante rejeitados por muitos paladares. Mas quem ama, ah… como ama! A comida peruana demorou para chegar em São Paulo, com um ou dois restaurantes, mas quando chegou… abriram logo vários (e bons) nos últimos anos! Dos Jardins aos Campos Elíseos, do Butantã ao Itaim, a cidade lotou de opções para provar esse tradicional prato peruano.

Ceviche que é ceviche tem apenas uma regra: o cozimento do peixe (ou frutos do mar) é feito a partir da acidez dos sucos cítricos. De resto, há variações para qualquer gosto. Por isso selecionamos 10 dos nossos ceviches favoritos em São Paulo: só não vale pedir “sem coentro”, tá?

1. Ceviche de Polvo al Olivo – Inkahuasi

Ceviche de Polvo al Olivo - Inkahuasi
Ceviche de Polvo al Olivo – Inkahuasi. Foto: divulgação

Essa jóia escondida no Butantã tem um ambiente simples, mas a comida é estrela da casa. O atendimento faz você se sentir em casa. O ceviche de polvo com azeitona, tão fácil de errar a mão, é servido na textura perfeita!

Inkahuasi
Av. Vital Brasil 711 (Próximo Metrô Butantã)
(11) 3578-1012

2. Ceviche de Peixe do dia com Cumbuci – Comedoria Gonzalez

Ceviches. Foto: Comedoria Gonzales / divulgação
Ceviches. Foto: Comedoria Gonzales / divulgação

A já consagrada banquinha no Mercado de Pinheiros é o balcão mais cool para se tomar uma cerveja artesanal para acompanhar seu peixinho no fim de semana. Os ingredientes frescos, do próprio mercado, é o segredo do lugar! Ceviche de Peixe do dia com Molho de Cumbuci vem com o suco do cambuci, limão, tomate, cebola-roxa, pimenta dedo-de-moça, milho verde e farofa de milharina.

Comedoria Gonzales
Rua Pedro Cristi, 31 – box 85 – Pinheiros
(11) 3813-8719

3. Ceviche de caju – Maní

cevichecajumani

Para um dia e$pecial, o Maní é um restaurante incrível, liderado pela Helena Rizzo, considerada uma das melhores chefs do mundo. O ceviche de caju é tão famoso que já ganhou inclusive programas de TV em sua homenagem. Se não puder ir ao Maní, que tal tentar em casa? (Não sabemos se o prato ainda é servido no restaurante).

Maní
Rua Joaquim Antunes, 210 – Jardim Paulistano
(11) 3085-4148

4. Ceviche Tropical – Ají Cevicheria

Ceviche no Aji Cevicheria. Foto: divulgação
Ceviche no Aji Cevicheria. Foto: divulgação
A mais nova das casas, o Ají fica m uma esquina privilegiada em Pinheiros. Com sorte, você consegue a mesinha na calçada, e os donos são super simpáticos. O ceviche tropical vem com uma salsa de maracujá, combinando com o docinho de um pisco sour. Já que está lá, né? Que mal tem?
Rua Francisco Leitão, 285 – Pinheiros
(11) 3375-8739

5. Ceviche del Huaco – Huaco Restobar

Huaco. Foto: divulgação
Huaco. Foto: divulgação

Saiu da Vila Madalena e se mudou para os Jardins. A casa moderninha tem agora decoração mais moderna e sóbria. No Ceviche del Huaco, um dos nossos favoritos, vai camarão, lula, polvo e peixe do dia, com o tradicional leche de tigre. Peça o Ají amarelo para acompanhar!

Huaco Restobar
Alameda Ministro Rocha Azevedo, 1057, Jardins
(11) 3064-0642

6. Ceviche de Salmón – Riconcito Peruano

Ceviche de Salmão do Riconcito Peruano. Foto: divulgação
Ceviche de Salmão do Riconcito Peruano. Foto: divulgação

Lembro como se fosse ontem quando a portinha ao lado da Cracolândia caiu nas graças dos hipsters e foodies de São Paulo – de repente, o público do Riconcito Peruano mudou completamente. O dono, nada bobo, aproveitou a onda e hoje já são várias unidades espalhadas por São Paulo. A pedida lá é o ceviche de salmón, com o leche de tigre tradicional e ají. O Riconcito é um dos poucos que fazem ceviche com esse peixe.

Riconcito Peruano
R. Aurora, 451 – Santa Ifigênia – 
(11) 3361-2400
Rua Serra de Bragança, 626 — Tatuapé – (11) 2539-2033

Av. Vieira de Carvalho, 86 — Campos Elíseos –  (11) 3221-5621
Rua Guaianazes, 167 — Campos Elíseos – (11) 32222-8310
Rua Tripoli, 144 — V. Leopoldina – (11) 2129-6002
Av. Sabiá, 733 — Moema- (11) 4323-4103
R. dos Pinheiros, 832 – Pinheiros –  (11) 3361-2400
Rua Dr. Cardoso de Melo – 1639, Perdizes (11) 3842-4453
Rua Joaquim Floriano, 211 – Itaim Bibi
Alameda Campinas, 656 – Jardins
+ endereços checar aqui

7. Ceviche Mixto com Ají Amarillo – La Cevicheria

La Cevicheria Peruana. Foto: divulgação
La Cevicheria Peruana. Foto: divulgação

La Cevicheria é uma nova casinha em Pinheiros, com ambiente moderno e simples. As “conchas” são as entradas perfeitas para o Ceviche Mixto, com peixe e camarões. Entre os ingredientes adicionais, vale pedir o ají amarillo, mas há outras opções, como o rocoto, hucatay ou parmesano.

Rua dos Pinheiros, 444 – Pinheiros
(11) 39693893

 8. Ceviche Mixto – Sabor Latino

Ceviche Misto do Sabor Latino. Foto: divulgação
Ceviche Misto do Sabor Latino. Foto: divulgação

Outro com ambiente simples mas comida primorosa. No meio dos Campos Elíseos, o Ceviche Mixto, feito com filé de Saint Peter em cubos, camarões e lula marinados ao limão, levemente apimentado, é servido da maneira tradicional: com cebola roxa, batata doce e canchita (milho torrado). 

Sabor Latino Eventos
Alameda Ribeiro da Silva, 762 Campos Elíseos

(11) 3661-0399 (Abre apenas aos sábados e domingos, das 12 às 16)

9. Ceviche de La Casa Atum – Suri

Suri Ceviche Bar. Foto: divulgação
Suri Ceviche Bar. Foto: divulgação

Unanimidade entre os ceviche-cionados da nossa capital, o Ceviche de la Casa Atum leva camarão, lula e atum, e vem acompanhado de um molho incrível com emulsão de abacate, leite de coco, coentro e chips de banana. Não dá para falar em ceviche em São Paulo sem falar deles.

Suri Ceviche Bar
 R. Mateus Grou, 488 – Pinheiros
(11) 3034-1763

10. Ceviche Chalaco – La Mar

Cebicheria Peruana La Mar. Foto: divulgação
Cebicheria Peruana La Mar. Foto: divulgação

O La Mar está menos para cevichería, que seria algo mais simples no Peru, que para um restaurante upscale. O ceviche-assinatura Chalaco vem na picância exata junto com chicharrón de lulas. Ótimo para um jantar de trabalho ou com amigos.

La Mar Cebicheria
Rua Amauri, 348, Itaim Bibi
(11) 3073-1213

*Foto destaque: Ceviche Suri

Deixamos seu favorito de fora? Não esqueça de deixar nos comentários para irmos experimentar, os estômagos da redação agradecem! Esse post foi reeditado em 27 de dezembro de 2018.

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

26 de June, 2017

Share

Apresentado por

Vanessa Mathias

Seu exacerbado entusiasmo pela cultura, fauna e flora dos mais diversos locais, renderam no currículo, além de experiências incríveis, MUITAS dicas úteis adquiridas arduamente em visitas a embaixadas, hospitais, delegacias e atendimento em companhias aéreas. Nas horas vagas, estuda e atua com pesquisa de tendências e inovação para instituições e marcas.

Ver todos os posts

Comentários

  • Como mencionado por várias pessoas, o La Peruana é ótimo. Conheci outras casas que nem valem serem mencionadas, sendo que, apareceu como melhores em uma revista de nome curto muito conceituada (V....a). Acho que os críticos que opinaram nem sabem o que é "leite de tigre". Fazem ceviche com limão, coentro e uma ou outra especiaria e pensam que isso é o suficiente (Ainda acham bom!).
    - Wilson Shimoyama
    • Oi Wilsonn! Realmente o post é baseado em experiência pessoal, assim como 90% do que existe no nosso blog. Fiquei de ir no La Peruana por dicas dos leitores - que realmente não entrou no hall de experimentação para atualizar o post. Se tiver outra dica, ficarei feliz de ir experimentar e atualizá-lo, já que esse post está velhinho realmente. Meu leche de tigre tem um certo viés chileno, por ter aprendido com chefs de lá (e sim, inclui coentro, limão dentre outros..). Mas se você quiser me ensinar ou convidar para experimentar o seu, adoro aprender coisas novas. Se vocês tiverem outras dicas pelas viagens que fazem pela Pan Andes Turismo, nosso blog está sempre de portas abertas. Um beijo!
      - Vanessa Mathias
    • Oi Wilsonn! Realmente o post é baseado em experiência pessoal, assim como 90% do que existe no nosso blog. Fiquei de ir no La Peruana por dicas dos leitores - que realmente não entrou no hall de experimentação para atualizar o post. Se tiver outra dica, ficarei feliz de ir experimentar e atualizá-lo, já que esse post está velhinho realmente. Meu leche de tigre tem um certo viés chileno, por ter aprendido com chefs de lá (e sim, inclui coentro, limão dentre outros..). Mas se você quiser me ensinar ou convidar para experimentar o seu, adoro aprender coisas novas. Se vocês tiverem outras dicas pelas viagens que fazem pela Pan Andes Turismo, nosso blog está sempre de portas abertas. Um beijo!
      - Vanessa Mathias
  • La Peruana é otimo e entrou na lista da Michelin de Bib Gourmand Otimo tbB
    - Su
  • Tem o ceviche do bar Exquisito, na rua Bela Cintra!
    - Andrea
  • O Aji...Sou super exigente com a minha alimentação (uma chata!), alérgica a pimenta e nem um pouco fã de coentro...ou seja, ceviche seria um prato complicado de comer... #soquenão! No Aji Inspiração Peruana o atendimento é magnífico (e personalizado), os alimentos são frescos e servidos em generosas porções, e o ambiente é descontraído e acolhedor. E isso para mim, a chata, é a equação mais simples e perfeita que define a alta gastronomia do século XXI. Sucesso!
    - Chris Buzzi
  • O Squilla (antigo Killa), em Perdizes tem ótimos ceviches! Fica na esquina da Rua Tucuna com Rua Coronel Mello de Oliveira.
    - Julia
  • A julgar por esse site, não existe mundo fora de Pinheiros.
    - Willian Kury
    • Willian, é uma pena que você pense assim. Pode ser porque você não tenha acompanhado o nosso site. Já publicamos guias e dicas de muitos lugares, como Mooca, Santa Cecília, Perdizes, Moema, Bom Retiro, Pompeia, Jardins, e vários outros bairros, além de muuuuita coisa sobre o Centro. Com certeza Pinheiros é um dos bairros mais efervescentes de São Paulo hoje em dia, e tem coisa nova quase todo dia por ali. Então acaba sendo natural que surjam pautas bacanas do bairro. Se você quiser nos mandar dicas de outros lugares que acha que os outros leitores vão gostar, teremos muito prazer em divulgar. Um abraço.
      - Renato Salles
  • Faltou aí com certeza o Ceviche Nikkey do Lima RestoBar que fica no Itaim!! É incrível.
    - Paulo Felicio
    • Hummmmm, ficamos curiosos! Anotado para as próximas! Obrigado!
      - Renato Salles
  • O ceviche da Dona Berta do Sabor Latino é realmente espetacular!!! Aproveitem para tomar também a chincha morada.
    - Diego
    • Muito obrigado pela dica! Sabe onde fica ele?
      - Renato Salles
  • O ceviche quente, do Cór Restaurante, em Alto de pinheiros , é maravilhoso. Para comer de olhos fechados! Isso mesmo ceviche quente! Nunca tinha ouvido falar, o restaurante é novo e abriu com essa preciosidade no menu.
    - Gilmara Almeida
    • O Cór é relativamente novo, né? Está na nossa lista para ir conhecer!
      - Renato Salles
  • O rl e i he que eu mencionei é do restaurante Ajo y Ají, que fuca na Av. Rio Branco 439, Centro. Ceviche de pescado R$30 Ceviche mixto R$37
    - Mariana Caso
    • *O ceviche.
      - Mariana Caso

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.