De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

Festival Path: em busca dos seus propósitos

Quem escreveu

Jo Machado

Data

01 de May, 2017

Share

Patrocínio

Nossa relação com o trabalho, com as pessoas em nossa volta, enfim, com a vida, sempre vai ser um pouco conflituosa. A gente sempre vai se perguntar o que estamos fazendo aqui, o que poderíamos fazer de melhor ou o que podemos mudar. E, para isso, nada melhor do que ouvir histórias inspiradoras e ganhar uma nova e melhor perspectiva sobre tudo que nos cerca. É com esse intuito que o Festival Path 2017 traz uma série de palestras com craques no assunto para nos mostrar o caminho para nos conhecermos melhor e entender as razões que nos tiram da cama todos os dias.

Para começar, o jornalista Alexandre Teixeira conversa com Paulo Chiamulera no debate ‘Felicidade, amor e sanidade em empresas de alta performance: uma utopia possível?‘, sábado às 14h15 (Centro Cultural Rio Verde, sala 2). O Alexandre é autor dos livros Felicidade S. A., De Dentro para Fora, e Rotinas Criativas, e trabalha para desvendar como reorganizar a nossas vidas com o trabalho para que ele não seja o foco principal, mais sim uma ferramenta, e para repensar o modelo econômico vigente de forma a encontrar um propósito que vai além de ganhar dinheiro. O Paulo é ex-atleta olímpico, e agora se dedica a desenvolver softwares que unem de forma criativa a diversidade de tecnologia, inteligência analítica e pessoas.

Alexandre Teixeira

No festival, eles vão falar de trabalho. Sabe aquela escolha que quase todo mundo já teve que fazer entre se manter em um emprego que não curte só pela grana, ou sair em voo solo para fazer o que realmente gosta, mas provavelmente passar perrengue no fim do mês? Pois é, para eles é possível unir lucro, eficiência, sanidade e bem-estar. Vão explorar as possibilidades que existem (pode acreditar!) para equilibrar nossa vida pessoal com o trabalho de forma complementar, e não como antagonista.

Já no domingo às 9h30 (no Teatro), o Henrique Pistilli faz a palestra ‘Na onda da vida, qual o seu propósito?‘ A carreira dele não poderia ser mais diversa: é conhecido como um dos maiores bodysurfers do mundo, mas também trabalha como apresentador de TV, empreendedor, life coach, consultor de empresas e palestrante inspiracional. Já atendeu mais de 5.000 pessoas de diversas idades, em organizações dos mais diversos portes e setores, desde empreendedores, executivos até empresários, consolidando um método único de aprendizagem com base em estudos das ciências modernas do Goetheanismo e da Antroposofia.

Henrique Pistilli

O Homem Peixe, como é conhecido, já surfou as 5 maiores e mais perigosas ondas do mundo, sem pranchas, somente com um par de nadadeiras. Desenvolveu também o estilo de natação submersa denominada “natação peixe”, inspirada nos golfinhos. Na sua apresentação, ele mostra com sua própria história de vida como o autoconhecimento é uma das mais potentes ferramentas para alcançar a prosperidade.

Por último, uma das palestras mais aguardadas praticamente fecha o Festival Path. O guru Sri Prem Baba faz uma conversa sobre propósito de vida no domingo às 18h, no Teatro. Sabe aquele momento em que você acha que nada da vida faz sentido? Que você é uma migalhinha no universo que não tem capacidade de mudar nada? Pois ele vai te mostrar que sim. Cada um de nós tem seu motivo de estar aqui, vivo, e que quando sabemos a razão que acordamos pela manhã, desperta em nós a fonte de entusiasmo e de motivação. Nos sentimos pertencendo, encaixados. Sabemos por que estamos naquele lugar e para quê. E essa percepção de estar no lugar certo e na hora certa gera satisfação e prosperidade.

Sri Prem Baba
Sri Prem Baba

Se você não sabe quem é o Sri Prem Baba, precisa saber já. Ele é um mestre espiritual criador do movimento Awaken Love, que tem o propósito de restabelecer e elevar os valores humanos para despertar a consciência amorosa. Discípulo do mestre indiano Sri Sachcha Baba Maharaj Ji, da linhagem Sachcha, fundou o método psicoespiritual de autoconhecimento chamado Caminho do Coração. Dedica-se também ao Yoga e a técnicas de meditação e expansão da consciência. Escreveu os livros “Transformando o Sofrimento em Alegria”, “Amar e Ser Livre: A Base para Uma Nova Sociedade”, “Propósito – A Coragem de Ser Quem Somos” e “Flor do Dia”, e hoje dá cursos, palestras e organiza retiros entre o Brasil e a Índia. Deu para sacar que o cara é entende tudo sobre propósito, né?

Festival Path 2017
Dias 6 e 7 de maio, sábado e domingo
Ingresso: R$ 199* (dá acesso a toda a programação, em ambos os dias)

*Este preço já contempla o desconto de 50% sobre o valor total do ingresso, aplicável aos casos de meia entrada e para quem levar 1 kg de alimentos não perecíveis ou 1 agasalho.

assinou nossa newsletter? Quem nos segue aqui no Chicken or Pasta, além de informações exclusivas, também poderá receber desconto por email!

Credenciamento: 05 de maio, sexta-feira, das 12h às 20h; 06 e 07 de maio, sábado e domingo, das 8h às
19h.
Palestras: sábado (06/05) e domingo (07/05), das 9h às 18h45.
Shows no Centro Cultural Rio Verde: sábado (06/05), a partir das 21h.
Shows na Praça dos Omaguás: sábado (06/05) e domingo (07/05), das 12h às 14h e das 17h30 às 19h30.
Filmes: sábado (06/05) e domingo (07/05), das 20h à 0h.
Feira Gastronômica: sábado (06/05) e domingo (07/05), das 12h às 20h.
Feiras de Startup, Maker e Games: sábado (06/05) e domingo (07/05), das 9h às 18h45
Foto destaque: Vans Bumbeers

*Foto do destaque: pexels.com

Quem escreveu

Jo Machado

Data

01 de May, 2017

Share

Patrocínio

Jo Machado

O Jo é do tipo que separa pelo menos 30% do tempo das viagens para fazer o turista japonês, com câmera no pescoço e monumentos lotados. Fascinado pelas diferenças culturais, fotografa tudo que vê pela frente, e leva quem estiver junto nas suas experiências. Suas maiores memórias dos lugares são através da culinária, em especial a comidinha despretensiosa de rua. Seu lema de viagem? Leve bons sapatos, para agüentar longas caminhadas e faça uma boa mixtape para ouvir enquanto desbrava novos lugares. Nada é melhor do que associar lindas memórias à boas canções.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.