Música & Diversão

17 festivais de música para curtir no Brasil ainda em 2017

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

06 de October, 2017

Share

Faltando apenas três meses para 2017 dar adeus, os festivais de música começam a dar as caras no lado de cá dos trópicos. O Brasil não decepciona no trimestre com uma variedade de festivais espalhados por vários cantos do país. Ainda dá tempo de comprar ingressos (se não for gratuito) e preparar a viagem para alguns deles. Gosta de rock? Tem. Gosta de música eletrônica? Tem também. Prefere mesmo é a boa música brasileira? Não falta na lista. Vem com a gente que são pelo menos 17 festivais de música rolando até 2017 acabar.

Outubro

Fora da Casinha 2017
07 de outubro, Largo da Batata, São Paulo

Bárbara Eugênia, um dos destaques do Fora da Casinha. Foto: divulgação

A terceira edição do Festival Fora da Casinha agora acontece embaixo da asa do Mês da Cultura Independente e vai rolar no amplo Largo da Batata, em São Paulo. Com dois palcos montados, o Fora da Casinha selecionou os artistas que irão se apresentar com extremo cuidado e montou um excelente panorama de novas bandas e sonoridades brasileiras. Além do patrono Maurício Pereira – presente em todas as edições até agora – sobem ao palco Bárbara Eugênia + Tatá AeroplanoVitreauxGiovani CidreiraAloizio e a Rede + BratislavaEma StonedRaçaGlue TripTagore e Negro Léo. Serão mais de 10 horas de som de graça e na rua!

Link —> www.facebook.com/events/177988416082037

Tribaltech
7 de outubro, Curitiba, PR

Nastia, um dos destaques do Tribaltech. Foto: divulgação

Impossível não se surpreender e se render ao festival Tribaltech, que chega na sua 23ª edição em novo lugar, uma antiga fábrica desativada no Prado Velho, em Curitiba, de 49 mil metros quadrados. Serão 8 palcos, mais de 100 artistas dos mais variados estilo. Nomes como Criolo, Nastia, Selvagem, Bixiga 70, Margaret Dygas, Daniel Bell, entre outros.

Link —> www.facebook.com/TribaltechOfficial

Ultra Rio Festival
12, 13 e 14 de outubro, Sambódromo, Rio de Janeiro

Richie Hawtin, um dos headliners do Ultra Rio Festival

Apesar de não ser fã de EDM não dá para deixar o Ultra Rio Festival de fora. O festival faz sua edição “Resistance” no meio do feriadão de 12 de outubro, no Rio de Janeiro. É o festival perfeito para quem quer ver os grandes nomes que figuram a lista de 100 maiores DJs do mundo de acordo com a DJ Mag (aliás, a lista de 2017 sai no dia próximo 17 de outubro). Os headliners desta edição são Adam Beyer, Jamie Jones, Joseph Capriati, Richi Hawtin, The Martinez Brothers, entre outros.

Link —> ultrabrasil.com

No Ar Coquetel Molotov
21 de outubro, Recife, PE

No Ar Coquetel Molotov. Foto: I Hate Flash

O No Ar Coquetel Molotov é um festival focado na nova cara da música brasileira, que acontece anualmente em Recife. Em 2016 o festival rolou por um dia durante doze horas, levando mais de 20 atrações, de norte ao sul do Brasil, para tocar em um de seus três palcos. Além da música, o NOARCM também apresenta intervenções e performances, feira cultural com produtos de moda e design. No line-up tem Arnaldo Baptista, Lia de Itamaracá, O Terno, Mamba Negra, Luiza Liam, NoPorn, Linn da Quebrada, Curumin, entre outros. E entre os dias 25 e 28 de outubro rola a edição em Belo Jardim, Pernambuco.

Link —> www.facebook.com/NOARCM

Novembro

Balaclava Festival
5 de novembro, São Paulo

Washed Out

A Balaclava Records está comemorando seu quinto ano de vida com uma série de pequenos festivais ao longo de 2017. O Balaclava Fest anunciou seus primeiros nomes da edição de novembro: Washed Out (EUA), Homeshake (CAN) e os brasileiros Cinnamon Tapes. Aguardamos ansiosos as próximas atrações.

Link —> www.facebook.com/events/115250582507632

FIME – Festival de Música Experimental
10 a 19 de novembro, São Paulo

Duo Nunzio Porres no último FIME. Foto: divulgação

A música experimental tem (finalmente) ganhado cada vez mais espaço aqui e no mundo. Festivais para celebrá-la e apresentá-la ao público tem ganhado cada vez mais força, tanto aqui quanto no mundo. O FIME é um deles. Teve duas edições e avança para a sua terceira. E nele a música é experimental em todo o seu âmbito, relacionando, por exemplo, aos limites físicos do intérprete e do instrumento; aos limites entre a música e o silêncio, música e ruído, e por aí vai. A programação do FIME é feita por meio de uma chamada de propostas, o que o torna um festival altamente democrático. Dá uma conferida no que rolou no ano passado e fique atento para descobrir novas sonoridades na próxima edição.

Link —> www.fime.art.br

xxxperience – a nonsense journey is coming
11 de novembro, Parque Maeda, Itu, SP

Chris Liebing. Foto: divulgação

A xxxperience chega aos 21 anos toda cheia de energia e rebolante para uma edição cheia de DJs veteranos no line-up. Serão quatro palcos e quase 50 atrações ao longo do festival. Tocam nomes como Chris Liebing, Oliver Heldens, Art Department, Raja Ram, Lee Foss, que já passaram em edições anteriores, e estreiam Dennis Cruz, Solardo, Richy Ahmed, The Him, Anna, Cat Dealers e Klingande.

Link —> xxxperience.com.br

Festival DoSol
11 a 12 de novembro, Via Costeira, RN

O Festival DoSol anunciou a saída da Ribeira e a mudança para a Via Costeira, . Imagina um festival de rock com pé na areia? Agora temos por aqui, pois o DoSol rola desta vez na praia. E a edição promete só pelo teaser que o festival fez. Quem já foi, garante que o festival é um dos melhores do país. O DoSol foca no cenário da música independente no Brasil, em especial a produzida no nordeste do país. Tocam Terno Rei, Dusouto, Plutão Já foi Planeta, Deaf Kids, entre outro.

Link —> www.facebook.com/DosolCultura

Festival SeRasgum
13 a 18 de novembro, Belém, PA

SeRasgum 2016. Foto: Bruno Carachesti

O Festival SeRasgum é tão bacana, que leva um monte de gente do eixo RioSão Paulo para acompanhar suas edições. O festival conta com onze edições no currículo focando na música brasileira, também de norte a sul do país, além de atrações internacionais. O SeRasgum é uma plataforma de cultura e música que movimenta Belém ao longo do ano com shows, cursos, mostra de cinema e audiovisual. Ele é hoje um dos festivais independentes mais importantes no Brasil. Tocam nesta edição: Ava Rocha, Cidadão Instigado, Emicida, BaianaSystem, Afrika Bambaata, João Brasil, Maglore, Francisco, el Hombre, entre outros.

Link —> www.festival.serasgum.com.br

Popload Festival
15 de novembro, Memorial América Latina, São Paulo

PJ Harvey, uma das headliners de 2017.

O Popload Festival chega ainda mais robusto este ano, acontecendo num novo lugar e trazendo nomes de peso como PJ Harvey, Phoenix, Daughter, Neon Indian e Carne Doce. São esperadas dez mil pessoas nesta próxima edição, que acontece bem no feriado para todo mundo poder ir. O festival tem sido um dos mais aguardados do ano por conta da surpresa que sempre traz ao anunciar seu line-up. Nós aqui mal podemos esperá-lo. Aproveita e anota também que no dia 29 de novembro tem um show imperdível do Sigur Rós, no Popload Gig.

Link –> www.poploadfestival.com

Kino Beat
15 a 19 de novembro, Porto Alegre

O francês Alex Augier no Kino Beat 2016. Foto: divulgação festival

O Kino Beat é um festival que une a música, performances audiovisuais multimídia e artes integradas, apresentando artistas e atividades multidisciplinares que usam a tecnologia em suas criações. O festival surgiu em 2009 em Porto Alegre como uma mostra de filmes relacionados à música eletrônica. Paralelamente foi criada uma programação com shows ao vivo e, em 2015, tornou-se um festival multimídia, unindo música e cinema. O resumo é “o som em movimento”. O festival é gratuito e tem parceria com o Sesc-RS, além de apoio de um monte de gente bacana. Vale acompanhar o blog do festival, que mostra um pouco essa cena mundo afora. Por enquanto a única confirmação é a dupla Selvagem, de São Paulo. 

Link —> www.facebook.com/kinobeat

Mimo Olinda
17 a 19 de novembro, Olinda, PE

Manel Cruz, confirmado no MIMO Olinda.

O MIMO Festival é considerado o maior evento de música instrumental gratuito do Brasil. Com edições em outras cidades, como Paraty, Ouro Preto, Tiradentes e Rio de Janeiro, ele retorna em novembro à cidade-mãe do festival: Olinda. O line-up ainda não foi divulgado e a única atração confirmada é o artista português Manel Cruz. Anota aí!

Link —> www.facebook.com/movimentomimo

Festival Música Estranha
23 de novembro a 2 de dezembro, São Paulo

Embrulho – Bella. Performance Sonora no Música Estranha 2016. Foto: Divulgação

A definição do Festival Música Estranha não poderia ser mais adequado: combustível sonoro para mentes inquietas. E bota combustível nisso. O festival aposta em artistas que exploram novos caminhos e abordagens musicais sem medo de correr riscos, que transitam entre gêneros e linguagem distintas para expandir os limites da criação. Na programação espere por diversos estilos musicais, da música contemporânea, eletroacústica, eletrônica​, pop experimental, instalações e intervenções sonoras a vídeo performance e até mesmo a poesia. Em 2016 foram 15 apresentações, metade delas gratuita, reunindo artistas nacionais e internacionais. Para quem busca extrapolar os limites da música, não pode deixar esse festival fora da agenda.

Link —> www.facebook.com/musicaestranha.me

Dezembro

Novas Frequências
4 a 10 de dezembro, Rio de Janeiro

David Toop – Chelpa Ferro – 2016. Foto: I Hate Flash

O Festival Novas Frequências é outro festival que também explora novas sonoridades apresentando sempre a música de vanguarda em sua programação. Ele não traz nomes conhecidos do grande público, mas é exatamente aí que acerta ao apresentar o que ainda vai despontar, seja no Brasil ou mesmo fora daqui. O que o melhor o define é “festival de música exploratória”. Para curiosos que tem ouvidos bem abertos, o Novas Frequências é, com certeza, um dos melhores festivais do gênero por aqui.

Link —> www.facebook.com/novasfrequencias

Mareh
26 de dezembro a 2 de janeiro 2018, Cumuruxatiba, Bahia

Amanhecer no dia 1/1/17 em Cumuruxatiba. Foto: Face Hunter

A badalada festa de virada de ano com a Mareh toma conta anualmente de algum pedaço do costa do belo litoral nordestino. Este ano rola repeteco em Cumuruxatiba, no sul da Bahia, entre Porto Seguro e Prado. A festa dura uma semana e foi considerada pelo Resident Advisor o festival nº 1 no top 10 novembro/dezembro.  No line-up já tem confirmadoTim SweeneyEric DuncanMárcio VermelhoJoutro Mundo / Jonas RochaDJ Nuts e Tahira Tahira, entre outros. Prepare a roupa de banho para sete dias regados a boa música eletrônica com um ótimo toque tropical.

Link —> www.mareh.com.br

Vai Tapajós 2018
27 de dezembro a 1 de janeiro 2018, Alter do Chão, Pará

Selvagem. Foto: divulgação

Quem quer mesmo se embrenhar pela Floresta Amazônica nesta virada de ano e tomar muito banho de água doce, a festa Vai Tapajós é a boa pedida deste revéillon. A edição acontece em Alter do Chão, no Pará, por seis dias ininterruptos. O line-up deste ano está puro deleite com Selvagem, Gop Tun DJs, Lumen Craft, Giu Viscardi, entre outros.

Link —> www.facebook.com/vaitapajos

**

Faltou algum festival? Então me conta, vou adorar saber e conhecer.

*Foto destaque: PJ Harvey, que toca no Popload Festival – por Paul Robicheau (abril 2017)

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

06 de October, 2017

Share

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter