Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

SXSW

Cobertura pré e pós do SXSW 2020 com as melhores dicas: quais são as palestras, ativações, shows e festas imperdíveis no festival.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Um sushi inesquecível no Yasuda, Nova York

Quem escreveu

Sarah Galvao

Data

05 de April, 2016

Share

Viagem marcada para Nova York? Provavelmente você já está caçando quais são os melhores hambúrgueres da cidade. Pois saiba que alguns dos melhores sushis do mundo também estão na cidade. E o melhor deles é o do Sushi Yasuda. Como o restaurante é muito tradicional, aí vão algumas dicas para você se preparar para comer um dos melhores sushis da sua vida.

A RESERVA

Como qualquer restaurante famoso de Nova York, a reserva deve ser feita com muita, mas muita antecedência. No caso do Yasuda, no mínimo 15 dias antes, correndo o risco de não conseguir mesa para os horários mais concorridos. A pessoa responsável pela reserva fala inglês com um sotaque puxadíssimo de japonês, então já é difícil entender o que ele fala. Quando finalmente chega-se a um consenso sobre o dia, hora e quantidade de pessoas, ele passa um código alfanumérico. Um ou dois dias antes da reserva, alguém do restaurante liga para confirmar que você vai aparecer no horário previsto. Guarde bem o código, pois sem ele, você não sentará na sua mesa. É impossível comer no Yasuda sem reserva.

ONDE SENTAR

Na hora de fazer a reserva, peça para sentar no balcão. Em restaurante japonês, sempre é mais legal sentar de cara para o gol. Ver como o sushi man trabalha, observar o ritual, conversar com ele, pedir o peixe mais fresco do dia… No Yasuda, isso não será diferente.

Foto: Yelp
Foto: Yelp

SERVIÇO

Tirando essa burocracia da reserva e o mau humor dos hosts, os garçons são super educados. Um sushi man é mais falante que o outro, porém todos são muito atenciosos. Vários restaurantes só tem um ou dois sushi men na barra e, por isso, o sushi pode demorar uma eternidade. Mas no Yasuda, existem vários deles.  Se você sentar no balcão, vai ter um sushi man quase para você. Por isso, nada demora.

MANDAMENTOS DO SUSHI MAN

O seu quase-privado sushi man dá as instruções logo de cara:

Primeiro mandamento: Não molhe o niguiri no molho shoyu. O sushi man já dá uma pincelada de shoyu no peixe, a quantidade certa para que o gosto do shoyu não ofusque o do peixe ou o do arroz.

Segundo mandamento: Não coloque wasabi no niguiri, nem no maki. O sushi man também já coloca a quantidade correta de wasabi na peça de sushi. Se você não gostar de wasabi ou é louco por ele, avise ao sushi man, ele vai respeitar o seu paladar. Mas se você quiser mais wasabi, tudo bem: O sushi man diz que você pode colocar um pouco no hashi – e pronto. Porém, siga o terceiro mandamento na hora de colocar mais wasabi no seu sushi:

Terceiro mandamento: Não misture wasabi ao molho shoyu. O sushi man explica que os sabores do arroz, peixe, shoyu e wasabi não são para serem misturados antes que você os prove. A mistura só rola na sua boca.

DETALHES QUE FAZEM TODA A DIFERENÇA

Foto: Sarah Galvão
Foto: Sarah Galvão

A primeira coisa que você vai reparar no balcão do Yasuda é que os sushi são servidos em pequenas quantidades, 3 ou 4 no máximo. Segundo eles, isso faz com que você coma o sushi na temperatura ideal. O arroz é ligeiramente morno e o peixe, fresco. Nem frio, nem quente. Se você recebe uma barca de sushi na sua frente, provavelmente o arroz e o peixe vão perder a temperatura ideal antes que você chegue na metade. Se você sentar em uma mesa normal, receberá os sushis em maiores quantidades. Por isso, sentar no balcão é o ideal. Nunca tinha comido sushi com o arroz morninho e o resultado é sensacional.

O arroz do Yasuda é 100% japonês, além do sal e do vinagre. O arroz, apesar de morninho, não é nada empapado e tem um gosto levemente adocicado, delicioso. Parece mágica, mas é uma técnica do restaurante, quase de laboratório. Até a água que cozinha o arroz é purificada com carvão japonês.

Grande parte do peixe servido no Yasuda vem do Japão. Segundo o restaurante, peixe recém-pescado muitas vezes não é ideal para sushi, e cada tipo de peixe recebe um tratamento especial de maturação para ressaltar seu sabor.

A alga que envolve os makis também vem diretamente do Japão e são fabricadas exclusivamente para o Yasuda. Ou seja, detalhes e tradições que são difíceis de achar em qualquer restaurante japonês.

O QUE PEDIR

Foto: Yelp
Foto: Yelp

Bem, o que lhe der vontade!

O Yasuda tem uma variedade de peixes absurda. Só de atum (maguro), são 8 diferentes.

Uma opção para quem está com a carteira recheada é o Omakase, menu do dia feito só com sugestões do chef. Custa entre 80 e 130 dólares.

Se a maré não estiver para peixe, peça o combinado de sushi com 5 peças e 2 rolls por 22.50 dólares. Se ainda quiser mais, peça os sushis à la carte. Como minha maré nunca está para peixe, sempre saio com gosto de quero mais, principalmente em relação ao sushi de ouriço, atum gordo ou enguia.

VIBE

O Yasuda é um lugar ultra tradicional, então não espere nenhuma badalação ao estilo Sushi Samba ou Nobu. Decoração minimalista e sóbria no total estilo japonês, música tranquila e nada de ver e ser visto.

O Sushi Yasuda tem uma estrela Michelin e desde sua abertura em 1999, está sempre no topo das listas de melhores restaurantes de Nova York, não só entre os de cozinha japonesa, mas no ranking geral. Se você for para a cidade e é apaixonado por sushi, não pode perder essa.

Sushi Yasuda: 204 E 43rd St, New York (bem perto da estação Grand Central). +1 (212) 972-1001. Horário: Almoço de segunda à sexta de 12h às 14h30, jantar de segunda a sábado das 18h às 22h15. Fechado aos domingos e feriados.

 

 

 

Quem escreveu

Sarah Galvao

Data

05 de April, 2016

Share

Sarah Galvao

A Sarah morou em 5 cidades diferentes nos últimos 9 anos, seja a trabalho ou no sabático que tirou em Barcelona. Na hora de planejar uma viagem, gasta 70% do tempo pensando onde vai comer, porém tenta queimar as calorias conhecendo as cidades de bike . Já teve que renovar passaporte por falta de espaço para novos carimbos mas ainda tem a África e Oceania como pendências. Também escreve para o Almostlocals.com, site com dicas bacanas por gente quase local.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.