Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Lugares de séries de TV que existem de verdade

Quem escreveu

Renato Salles

Data

29 de June, 2015

Share

Na última semana, para comemorar a estreia de todas as temporadas da série clássica Seinfeld no Hulu, eles montaram uma exposição no Meatpacking District, em Nova York, onde o ponto alto é uma recriação fiel do apartamento do personagem principal em que os visitantes podem entrar espalhafatosamente pela porta, roubar comida dos armários da cozinha e falar muito sobre nada. A exposição foi um sucesso nos 5 dias que ficou aberta, e já teve até casos de incidentes causados por gente tentando emular o Kramer. Bom, eu sou suspeito para falar de qualquer coisa sobre essa série, já que sou fã de carteirinha de Jerry, Kramer, George e Elaine. Mas umas coisa é inegável: esse foi um dos primeiros programas de TV a mudar a percepção de um lugar e arrastar muitos turistas para desvendar o Upper West Side. Já se passaram 17 anos desde que a série terminou, e ainda hoje muita gente que vai a Nova York quer conhecer o famoso Tom’s, o diner onde a turma sempre se reúne (e que virou tema de música da Suzanne Vega), e o meu personal favourite, The Original Soup Man, onde supostamente trabalhava o Soup Nazi. <3

A lista de lugares desbravados pelo quarteto é longa, e o New York Times fez um roteiro gastronômico de Seinfeld para comemorar. Mas outras séries de sucesso também acabaram virando referência para fãs enlouquecidos, querendo viver um dia dentro dos cenários que acabam ficando tão familiares. Alguns lugares tiveram seu dia-a-dia transformado depois de aparecerem na telinha, e acabaram até se desvirtuando e cedendo ao dinheiro fácil dos turistas. Mas todo mundo tem um lado cafona de querer ver os cenários na vida real, mesmo que essa experiência venha com o combo fila+preços altos+serviço e comida meia boca. C’est la vie.

Aqui estão alguns dos roteiros de séries famosas que você pode colocar na sua agenda para as próximas férias:

Friends: impossível não começar com essa comédia besta que, pelo menos para a minha geração, era praticamente obrigatória. Os seis amigos viviam em Tribeca, mas a maioria dos lugares que apareciam na série era fictícios. Mas no final do ano passado, comemorando 20 anos da estreia da série, montaram um verdadeiro Central Perk em Manhattan. Além do café com o conhecido sofá laranja, o espaço ainda tinha fotos dos bastidores, peças do vestuário (como a calça de couro do Ross e a blusa transparente da Monica) e um monte de memorabilia dos 6 amigos. Pena que durou um mês só.

Central Perk (foto: The Guardian)
Central Perk (foto: The Guardian)

How I met your Mother: MacLaren’s Pub, o bar onde acontecem metade das cenas da série, na realidade não existe. Maaaaaaas, ele foi fartamente copiado inspirado em um bar de verdade, o McGee’s. Reza a lenda que os criadores da série Carter Bays e Craig Thomas, enquanto ainda eram roteiristas do David Letterman, se encontravam sempre no McGee’s para tomar umas e outras. Mas fãs da série não vão se decepcionar. O pub também tem o grande balcão de madeira escura, os sofás em cabines e a lareira. No cardápio, os drinks receberam nomes do programa, e todos os atores já estiveram no McGee’s e deixaram a foto do grupo assinada. E, claro, tem uns malucos que ainda vão lá para encenar partes da história. Sempre tem.

McGee's Pub (foto: NY Post)
McGee’s Pub (foto: NY Post)

Sex and the City: nenhuma série marcou tantos lugares diferentes em Nova York como a panelinha da feminista fashion Carrie. Alguns estabelecimentos, por aparecer em um único episódio, bombaram de uma forma que acabaram lotados, como é o caso do Pastis, ou abrindo outras unidades pela cidade, como aconteceu com a Magnolia Bakery da Bleecker St.. Existem várias listas de lugares marcantes da série (aqui, aqui e aqui), mas quase todos mencionam um lugar que é velho conhecido dos brasileiros-sacoleiros, a Century 21 no Financial District. Quem nunca?

Magnolia Bakery (foto: WestportWiki)
Magnolia Bakery (foto: WestportWiki)

Gossip Girl: ainda falando de Nova York, uma série que marcou também pelo glamour da cidade é a das patricinhas endinheiradas fofoqueiras. Para acompanhar essa lista, pode separar o melhor salto alto que tiver, clarear as madeixas para ficar com a cara da Blake Lively, e ainda ligar para o banco e aumentar o limite do cartão de crédito. Mas curiosamente, quem aparece por lá? Century 21, bombando. Ponto para nós de novo!

Nashville: migrando agora para o interior, desembarcamos na capital do estado do Tennessee, que também cede seu nome para uma série que trata, óbvio, de música country. Muitas cenas do programa se passam no Bluebird Café, que não só existe de verdade, como é uma referência na cena musical da cidade. Por lá foram descobertas celebridades do calibre de Garth Brooks e Taylor Swift. Desde a estréia da série, o movimento na casa aumento exponencialmente, e Vulture fez um ótimo infográfico mostrando o que mais aconteceu.

Bluebird Café (foto: divulgação)
Bluebird Café (foto: divulgação)

Breaking Bad: Walter White deixou órfãos pelo mundo todo. E ainda criou um novo negócio: transformar o Novo México em destino-fetiche para os (muitos) fãs da série. Para entrar no mundo de Heisenberg, não basta um ou dois lugares. É preciso explorar a cidade de Albuquerque toda. E para isso, o que não faltam são roteiros prontos. Nós mesmos já fizemos o nosso, e uma busca rápida me devolveu mais dois, aqui e aqui. Se alguém te perguntar onde você achou essa dica, não diga meu nome.

Outros bares e restaurantes que existem de verdade:

Girls: o bar onde a Hannah trabalhou se chama Café Grumpy, a unidade de Greenpoint, no Brooklyn.

Café Grumpy (foto: www.sightny.com)
Café Grumpy (foto: www.sightny.com)

Orange is the New Black: a Piper vai visitar o restaurante da Red, que na série se chama Dmitri’s, mas na verdade o nome desse lugar é Rosario’s. Fora isso, existe todo um roteiro para visitar da série em Astoria, NY.

Rosario's (foto:  John T.)
Rosario’s (foto:
John T.)

Louie: essa pizzaria não tem como passar despercebida, porque ela aparece logo na abertura do programa, em todos os episódios. A Ben’s Pizzeria é conhecida como ótimo lugar para um drunk food.

080906sign11LIZ
Ben’s Pizzeria (foto: nypost.com)

Mad Men: essa é fácil! Entre tantos bares e copos de whisky que Don Draper toma, em um episódio da primeira temporada, ele vai com o Roger ao PJ Clarke’s. Além de 3 unidades em NY e uma em Washington, tem também no Rio e em São Paulo.

Cheers: essa vem de bem antes da TV a cabo, e pouca gente deve lembrar, mas nos anos 80 o bar Cheers, em Boston, deu nome a uma série que fez um sucesso estrondoso. Ficou conhecido pela música de abertura que diz que é o bar ‘onde todo mundo sabe o seu nome’, que até o Joey de Friends canta na série.

The Sopranos: segundo Tony Soprano, essa é a melhor lanchonete do estado de Nova Jersey. O Holsten’s é conhecido pelo sorvete feito na casa, mas os reviews do Yelp recomendam a porção de onion rings.

Holsten's (foto: Jason Perlow)
Holsten’s (foto: Jason Perlow)

New Girl: muitas das cenas do bar onde o Nick trabalha foram filmadas no The Prince Bar, em Los Angeles. Fica em Korea Town, se quiser visitar.

Dexter: pelo visto aparecer em série famosa nem sempre traz boa sorte. O Jimbo’s Place, na Flórida, fechou em 2012. Acho que ter um serial killer matando alguém no local não é boa propaganda.

Jimbo's Place (foto: http://www.floridarambler.com/)
Jimbo’s Place (foto: http://www.floridarambler.com/)

Twin Peaks: outro clássico, o Twede’s Café, no estado de Washington, marcou muito a série cult de David Lynch, mas quem ficou famosa mesmo foi a torta de cereja.

Twede's Café
Twede’s Café

Grey’s Anatomy: quando os médicos da série iam encher a cara no Emerald City Bar, eles estavam na verdade no 72 North, em Pasadena. O bar, apartentemente, já foi locação de vários programas de TV e filmes, mas em Grey’s Anatomy ele é quase parte da história.

Nem vou falar de Game of Thrones, porque já postamos sobre isso aqui, aqui, aqui e mais em alguns outros.

E por último, se você quer se vingar de alguém de forma muito cruel, ou quiser só pagar uma pinta de milionário no melhor estilo Emily Thorne, você não vai conseguir ir nos lugares exatos onde filmaram Revenge. Mas esse roteirinho aqui indica alguns lugares para pelo menos entrar no clima. Cheers!

revenge

Foto do destaque: http://addictedtoradio.com/

Quem escreveu

Renato Salles

Data

29 de June, 2015

Share

Renato Salles

Para o Renato, em qualquer boa viagem você tem que escolher bem as companhias e os mapas. Excelente arrumador de malas, ele vira um halterofilista na volta de todas as suas viagens, pois acha sempre cabe mais algum souvenir. Gosta de guardar como lembrança de cada lugar vídeos, coisas para pendurar nas paredes e histórias de perrengues. Em situações de estresse, sua recomendação é sempre tomar uma cerveja antes de tomar uma decisão importante. Afinal, nada melhor que um bom bar para conhecer a cultura de um lugar.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.